Informações sobre o Vale-Cultura

O Vale-Cultura é um benefício recém-criado para todas as empresas e a Administração Central dos Correios vem envidando esforços para concessão aos seus empregados, conforme previsto na legislação que rege a matéria e no Dissídio Coletivo 2013/2014.

Para sua concessão, será necessária a contratação de empresa operadora, por meio de processo licitatório, respeitando-se os prazos e princípios da lei 8.666/93, cujo processo está em processo de construção para sua efetiva implantação.

Conforme previsto no art. 17 do Decreto nº. 8.084/2013, o fornecimento do vale-cultura dependerá de prévia aceitação pelo trabalhador e para o cumprimento dessa determinação legal, os Correios providenciarão formulário de adesão ao benefício, que será oportunamente encaminhado para todos os empregados manifestarem o interesse.

 

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

34 respostas a Informações sobre o Vale-Cultura

  1. VALE CULTURA??? disse:

    QUANTA DEMORA, É BEM DE ASSIM QUE SE PREOCUPAM COM A CULTURA DOS FUNCIONÁRIOS!!!
    QUEM SABE UM ANO DEPOIS IMPLANTEM O VALE CULTURA, SÓ ILUDEM OS COLABORADORES COM A POSSIBILIDADE DE UM NOVO BENEFÍCIO!!!!!!!!!!!!!!!

    • Correios disse:

      Prezado
      Devido ao tamanho da nossa empresa (mais de 125 mil empregados), tivemos que fazer um estudo mais detalhado e estamos em processo de licitação.

    • joão disse:

      Como reclamam, quem tem que se preocupar com a cultura e cada um, hj em dia é facil

      • Diego disse:

        Realmente João, com um salário de 1080 reais cada um tem que se preocupar por conta própria com a cultura. Afinal de contas acesso a teatro por exemplo é facílimo, qualquer 150 por pessoa entra e no final das contas se o cara for levar mulher e filho la se vai quase 50% de seu salário.

        • Alternativas disse:

          Diego, cultura não é só teatro.
          Há outras opções muito mais baratas e algumas até mesmo gratuitas:
          – jornal impresso: quando você encontra um jornal em uma lanchonete ou no ônibus, o que você faz? Lê só a seção de futebol e larga o resto?
          – TV aberta: dos canais disponíveis, o que você assiste na TV? Futebol, novela e BBB?
          – apresentações ao ar livre em parques, praças, ruas fechadas: você sabe onde e quando isso acontece em sua cidade?
          – museus e eventos sobre coisas antigas, como carros: você vai a esses eventos ou prefere um shopping ou ficar em casa?
          – colegas e amigos dentro e fora da empresa: você conversa com seus amigos sobre o quê? Sobre salário baixo, futebol e a gostosona do BBB? Algum deles tem um hobby ou conhecimento específico que você pergunte para aprender?

          Jogar nas costas do “governo” ou da “empresa” a falta de cultura própria é fácil. Mas o que você está fazendo para mudar isso?

      • Paula disse:

        Se está escrito no acordo coletivo que temos direito, temos que reclamar, sim!!!Se vc não quer o seu, abra mão então!!!!Aproveita e abra mão de todos os benefícios conseguidos nos acordos coletivos.Fique só com seu salário!!!

        • Marcos disse:

          Nossa Paula, que discurso sem cabimento..precisa mesmo de cultura

          • Paula disse:

            Marcos, a sua opinião não me interessa! Só quero o que foi estabelecido no acordo coletivo. Se vc não quer, o problema é seu! Com certeza vc deve ser mais um sangue sugassuga da empresa! Porque a empresa é maravilhosa o que estraga são pessoas como vc!!

      • VALE CULTURA??? disse:

        falar é fácil, difícil é realizar!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Edma Aparecida Santos disse:

    Gostaria de receber o vale Cultura.

  3. vicente disse:

    Engraçado é que Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal já estão fornecendo esse benefício. Será que esse benefício para nós será retroativo, isto é, pago desde o mês da assinatura do ACT?

  4. Jurisconsulto disse:

    Já tem o valor??
    Será mesmo R$ 40,00 como deu na rádio?

  5. João disse:

    NA ECT não há coerência entre o discurso e a prática. Não esperem isso.

  6. Sandra Luciana disse:

    O Vale Cultura deveria sim, ser retroativo, afinal já estamos indo para o acordo 2014/2015 e nem recebemos o benefício do acordo anterior!!! Será isso justo mesmo? Os Correios como um dos maiores apoiadores culturais tem que ser uma empresa exemplo, não só marketing!! Pensem nisso!!

  7. JB disse:

    Sei que a cultura é importantíssima para todos nós. Também acredito que a implantação do benefício irá fazer alguma diferença. Portanto não consigo entender o porquê de tanta demora já que, lei é lei e tem que ser cumprida. Será que é mais uma forma de economizar!?

  8. Joel dos Santos disse:

    O Vale Cultura não será retroativo. Então não poderia estar no Acordo Coletivo sendo negociado pelos Correios. É um benefício do Governo Federal e não dos Correios. Quem quer apostar que só virá daqui a 6 meses.

  9. JORGE disse:

    Toda ação e reação com amor verdadeiro, prevalece para o bem de todos!

  10. Robson disse:

    O acordão do dissídio coletivo de 2013/2014 já constava a inclusão do Vale Cultura. Os primeiros beneficiários (Banco do Brasil e CAIXA) já estão usufruindo dos benefícios. A ECT ainda vai começar a licitação e fazer um levantamento dos empregados interessados. Isso já deveria ter acontecido, pois já fazem alguns meses que houve o acórdão. Acho que a empresa está parecendo o SEDEX, vive atrasando. Depois vão usar o VALE CULTURA como ganho de um novo benefício para a categoria uando começar a negociação do acordo 2014/2015. O valor ainda não será retroativo. Já perdemos 6 meses (agosto/2013 a janeiro/2014). Está na hora de alguém olhar para os empregados dessa empresa, pois nós representamos o capital intelectual e perder pessoas também é perda.

  11. Carteiro disse:

    É simplesmente um absurdo. Atrasa uma correspondência de um cliente para ver o bafafá que não dá.
    Quanto aos maiores interessados a empresa fecha os olhos e vê até quando os empregados vai paralisar para ai sim implantar o sistema que a muito tempo já deveria está funcionando. Licitação ? Ah tá bom, se quisessem isso já estaria funcionando e seus funcionários indo ao cinema pelo menos uma ÚNICA no mês com sua esposa sem ter que desembolsar uma quantia do seu PIFIO salário que recebe.

  12. Lucas disse:

    Depois a ECT não sabe porque têm tantos funcionários estudando pra sair da empresa, por causa desse descaso e falta de interesse em resolver as coisas.. Vem querendo cortar gastos e não lança o PDV que já daria uma grande economia dos altos salários que recebem os aposentados em cargos de gestão que ainda “trabalham”…
    Para nenhuma empresa a rotatividade de funcionários é benéfica, muito memos para uma cheia de entraves públicos como a nossa… Mudanças são necessaárias e urgentíssimas!!!
    Eu só lamento as notícias… :/

  13. Carlos José disse:

    Acho interessante, há colocações contrárias e a favor da empresa
    Minha opinião: Quem é a favor da empresa será que faz alguma coisa para diminuir gastos exorbitantes com coisas supérfluas e a pergunta que não quer calar? Quanto ganham essas pessoas que defendem a ECT? Será que tem um piso de R$ 1.080,00, será que tem um tal de diferencial de mercado de R$ 60,00 que nunca aumentou há mais de longos 10 (dez) anos??? Para estas pessoas minha indignação como Carteiro, e se vocês não sabem esses R$ 50,00 ajudam muito sim na cultura, só quem tem filho é que sabe o quanto custa um cinema e a felicidade de vê-los ao sair de uma sala de cinema, teatro, circo ou qualquer local de diversão e digo ainda, vocês ignorantes que criticam o benefício se não sabem o mesmo acumula podendo ser usado da forma que lhe convier e se estamos no mês de março praticamente a ECT já economizou meros R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões de reais), digo isso multiplicando-se oito meses por seus 125 mil funcionários, e mais se a empresa ofereceu o benefício deveria tê-lo implantado imediatamente.

  14. Robson Pereira Estevão disse:

    Sabendo que o valor é de 50 reais por mes, tenho uma duvida, que pode ser de muitos, 1º vamos receber retroativo a agosto de 2013? e ele e cumulativo?

  15. Aparecida disse:

    Gostaria de saber até qdo realmente iremos receber o vale cultura ? pelo que eu seu o banco do brasil e a caixa economica ja estão fornecendo .

  16. Atendente Interno disse:

    Gostaria de saber como está o processo de licitação do vale cultura, a empresa não está comunicando os empregados de seu andamento. O beneficio já foi implantado em outras empresas publicas. Temos direito a esse benefício desde o acordo coletivo do ano passado, como ficará nossa situação?

  17. marcos disse:

    é galera é sentar e esperar ; e ainda dizem que não sera retroativo

  18. Mateus disse:

    E aí, o vale cultura sai ou não sai?? Várias empresas privadas já implantaram, o que está acontecendo? Quando passarmos a receber será retroativo aos meses que perdemos??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *