Trabalhadores dos Correios encerram greve em Goiás

Nesta quinta-feira (27), os trabalhadores dos Correios de Goiás que haviam aderido à paralisação parcial decidiram, em assembleia, encerrar a greve e retornar às atividades. Cerca de 100 trabalhadores haviam aderido à paralisação no Estado, a maioria carteiros.

Contabilizando o retorno das atividades em Goiás, 96% do efetivo dos Correios no Brasil não participa da paralisação — o equivalente a 120.472 trabalhadores. Todas as agências estão abertas e todos os serviços, inclusive o SEDEX, estão disponíveis — com exceção dos serviços de entrega com hora marcada em apenas algumas localidades. No decorrer desta semana, cerca de 300 trabalhadores de outros Estados já haviam retornado às suas atividades normais.

Nos 13 Estados em que há paralisação deflagrada, o movimento está concentrado na área de distribuição — do total de 21.956 carteiros previstos para trabalhar hoje nesses Estados, estão paralisados 4.394 (20%). Foram registradas 64 unidades em que a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) não cumpriu a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de manter efetivo mínimo de 40% por unidade. A multa é de R$ 50 mil por dia.

O TST irá decidir em julgamento se a paralisação é abusiva, em data a ser agendada, já que na audiência de conciliação de segunda-feira (24) não houve possibilidade de acordo — a representação dos trabalhadores recusou a proposta feita pelo Ministério Público do Trabalho.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

43 respostas a Trabalhadores dos Correios encerram greve em Goiás

  1. MAURO CAS disse:

    em goiás não foram só os chefes que foram liberados. os trabalhadores também. soltaram um documento que foi lido nas unidades dizendo que nossa greve era o segundo turno das eleições
    Olha o teor do documento, escrito pelo elizeu, secretario geral do sintect-go:Prezados Companheiros
    Prezadas Companheiras
    Bom dia

    Semana passada nós, passado o período eleitoral e cumprindo nosso papel enquanto Sindicato, chamamos a Assembleia para discutirmos os pontos propostos pela Federação que motivam a atual greve, a saber: Condições de Trabalho, PCCS 1995, Entrega Pela Manhã e Postal Saúde.
    Na quarta feira conseguimos realizar uma reunião, inclusive com a presença de vice presidente da Empresa onde construímos uma Mesa Regional de Negociação, paritária, para Debatermos Condições de Trabalho e Entrega pela Manhã, este último ponto que aliás já faz parte da Mesa Nacional de Negociação Permanente, construímos ainda uma Mesa Temática para tratarmos especificamente do processo de PCCS 1995, Mesa esta que inclusive tinha Reunião marcada para hoje em Brasilia, só que como iremos para Brasilia com este circo armado na praça. Restou para motivar a greve a questão da Postal Saúde.
    No entanto o desenrolar dos acontecimentos da greve na praça, greve com 70 pessoas, falas que em maioria remetem a denegrir a instituição Sindical mostra claramente que estamos diante de uma farsa orquestrada pelos membros da Chapa derrotada na eleição, que imaginam que estamos em um segundo turno eleitoral, enquanto o senhor Demercino entra na justiça e tenta anular o processo, conforme documento anexo.
    O ponto da greve é a Postal Saúde em raros momentos eles lembram de tocar no tema. Há uma clara tentativa de tornar ilegitimo aquilo que 1.136 contra 250 trabalhadores legitimaram no último dia 11, isso ficou bem claro na fala do senhor Demercino na tarde de ontem, ao microfone “Nós temos que montarmos um comando de greve e tomar a frente disso da qui”.
    Diante do exposto conclamamos a categoria principalmente os da grande Goiânia a tomar uma posição. Vamos para a praça ou fazermos uma greve de verdade ou darmos um basta nesta farsa orquestrada por alguém despossuído daquele adjetivo chamado responsabilidade.
    Dê ampla divulgação.

    Saudações Sindicais.

  2. MAURO CAS disse:

    Através da conivencia de parte da diretoria do Sintect Go com a direçao regional que permitiu que gestores e o administrativo abandonassem seus postos de serviço para votarem na assemléia de hoje 27/02 foi decretada o fim da greve. Mais uma manobra de diretores que traem a categoria para facilitar as coisas para a direçao da ECT.

  3. MAURO CAS disse:

    TRAIÇAO CONSUMADA:
    Parte da diretoria do Sintect Go junto com a direçao regional traem os trabalhadores e decretam o fim da greve no estado. A categoria ecetista precisa se unir e repudiar que atitudes promíscuas como esta aconteçam novamente. Agora resta a pergunta : Sindicato é pra defender o trabalhador ou o PaTrao???

    • jeferson disse:

      Vai chorar????

    • ASTUTO disse:

      Mauro, veja da seguinte maneira!
      Provavelmente esta assembléia foi marcada para um horário onde não permitiria que o funcionário que estivesse em atividade pudesse deixar seu posto de trabalho e comparecer até lá, certo?
      Neste caso entendo que é uma intenção clara de fazer que esta greve continuasse, pois pela lógica só compareceriam os que já estavam parados em greve, neste caso a decisão seria óbvia.

      O sindicato existe para representar o interesse da maioria, correto? Então podemos dizer que os administrativos, atendentes e demais pessoas que pagam sua contribuição sindical todo mês tem direito a voto, mas normalmente não são ouvidos pois o horário e a minoria não permite participarem, neste caso a jogada foi explendida, de uma inteligência da DR/GO e também de coragem da maioria que assim como eu enxerga a greve neste momento mais como política do que defesa dos empregados.

      Prevaleceu a decisão da maioria, isto é pura e simples democracia, embora o sindicato seja mais ditador, aprendeu uma lição, o sindicato existe para representar a todos, não somente há uma minoria, está claro que a grande maioria não concorda com a greve pelos baixos indices de adesão.

      Isto poderia ser feito por outras diretorias, em pouco tempo acabaria esta baderna. Fica a lição!!!!!!!

      • Oh que lição pelegao! Tu nao tem nada de astuto ou sera o contrário tu e muito e astuto!vai babando vai….agente nao faz greve nao e pq a maioria nao aderiu nao e sim pelo meu direito,mas faz o seguinte conforme for o resultado da greve e se obtivermos êxito sede o teu direito que eu duvido!

      • junior disse:

        Nossa !esse astuto vive direto comentando coisas aqui,esse camarada deve ter um belo salário.Enquanto estou trabalhando igual a um camelo na rua ,o nosso cidadão fica escrevendo no blog em pleno horário de expediente.

      • daniel carteiro disse:

        valeu astuto! mais uma vez és sem noção! fala ai pra nós qual foi a greve que tu aderiu?

    • Cabral gccap disse:

      Eu pergunto, era assembleia geral e aberta para a categoria? Agora não se pode falar mais nada todos foram e fez valer a decisão da maioria, isso é democrácia, precisamos respeitar mesmo quem não concorda!

  4. José disse:

    Hoje fecham 30 dias de paralisação. Muita coisa. Se o TST decidir que a Greve é abusiva serão 30 dias de desconto… Precisamos repensar essa coisa toda…

  5. Roberto do Gueto disse:

    Gente como têm sindicalista despreparado,estão servindo aos interesses políticos de partidos políticos e ainda se dizem politizados.
    Querem fazer análise de conjuntura,mesmo sendo serviçais do PCO,PSTU,PSOL que são partidos nanicos financiados pela DIREITA deste país,numa disputa ideológica viciada e alimentada pela própria IGNORÂNCIA social e cultural,
    Esses dirigentes sem causa,necessitam de uma formação política,para ser claro e objetivo naquilo que estão reivindicando junto a ECT.Sou de São Paulo, e conheço muito bem este “partido”que atualmente dirige a FENTECT, lembro-me que já reivindicaram 94%,69% e 53%, nunca assinaram um acordo coletivo de trabalho, e agora questionam e orientam os sindicatos por “ela” (ANAÍ) representados a entrarem com ações judiciais contra a MESA NACIONAL DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE, uma reivindicação HISTÓRICA DA CATEGORIA que iniciou-se em 2003.
    Após uma DÉCADA de espera,por pura vaidade e divergência política,DESRESPEITAM MEU DIREITO e de aproximadamente 125 mil ecetistas.
    Quem paga os famosos CONREP’S,CONTECT’S E ENCONTROS DESTES SERVIÇAIS DA DIREITA para discutir cláusulas IMPORTANTES como a da MNNP somos nós, agora eles querem JOGAR NOSSO DIREITO NO LIXO APENAS POR NÃO TEREM HABILIDADE E BOA VONTADE PARA NEGOCIAR NOSSOS DIREITOS E MELHORIAS NAS CONDIÇÕES DE TRABALHO.
    É lamentável,aqui em São Paulo não estamos em greve justamente por que o SINTECT/SP toda semana está reunida em uma MESA REGIONAL DE NEGOCIAÇÃO, isto facilita as discussões de cláusulas menos polêmicas e foca as negociações coletivas da data base,nos pontos de maior interesse da categoria que são,CLÁUSULAS SOCIAIS E ECONÔMICAS.

    • ASTUTO disse:

      Parabéns, colocou claramente a realidade que estamos vivendo em relação a sindicato, estou debatendo isto desde que comecei a postar, consigo enxergar claramente que a política esta emperrando nossa categoria, que a MNNP é um tremendo ganho para toda classe ecetista, uma possibilidade de cada sindicato levar seus problemas regionais para conhecimento da ECT, durante o ano passado no período de negociação coletiva fiz um post a respeito disto, pedindo a mesa para que a necessidade de cada região chegasse ao conhecimento da empresa e não algo em nível Brasil que supri necessidades parciais de alguns locais.
      Reforço que o sindicato e principalmente nós empregados que pagamos para sermos representados por eles que comecem a se manifestar contra atual conjuntura que se encontra na Fentect, não é ser a favor de tudo que a empresa oferecer, mas também não se pode ser contra tudo, em algum momento é necessário bom senso, é preciso sentar e dialogar, negociar e buscar pequenos avanços somente assim ainda haverá espaço para o sindicato representar o trabalhador, como está o sindicato esta sendo cada vez mais excluídos ou chamado para decisões que nos afetam.
      Volto afirmar este não é um momento de greve, não ocorreu mudanças no plano ainda, quando ocorrer aí sim podemos ir para luta, agora parece mais uma queda de braço política do que reinvidicação, esperto os sindicatos que estão enxergando isto.

    • Everaldo disse:

      Uma estoria que só tem bandido.
      O empresa cria um novo plano de saúde da noite para o dia, sem o dialogo necessário.
      O sindicato que nunca esta satisfeito com nada.
      Ai de ti Correios.

  6. De acordo com o ASTUTO disse:

    Todos que tem consciência e são contra essa greve tosca, devem ir as assembleias e manifestar sua opinião, ajudando a livrar, talvez, alguns colegas que estão sendo ludibriados pelos sindicatos do contra e garantirmos a sustentabilidade da empresa frente a concorrência. nossos clientes tem cada vez mais opção, CONSCIÊNCIA MEU POVO!!!! A emrpesa precisa de receita para pagar as despesas, principalmente nossos SALÁRIOS……Greve é o ultimo recurso, mas com esses sindicatos é logo o primeiro,,,,,,, que vergonha!!!!!

    • CARLOS ALBERTO NUNES disse:

      POR FAVOR! OS ETERNOS INSATISFEITOS COM A ECT, SAIAM DA EMPRESA!

      NÃO VOMITEM NO PRATO QUE ESTÃO COMENDO. SÓ OS PORCOS O FAZEM!

      SE A ECT É MENTIROSA, SAIAM DELA JÁ .

      A SITUAÇÃO ECONOMICA DE NINGUÉM (PESSOA JURÍDICA OU PESSOA FÍSICA) É ESTÁTICA E TODOS NÓS NOS OBRIGAMOS Á NOS READEQUARMOS COM NOSSA REALIDADE DIÁRIA. ASSIM, SÃO AS EMPRESAS.
      SOU SINDICALIZADO, MAS ESTÃO ABUSANDO.
      SORTE, QUE VIVEMOS NUM PAÍS DE EXCESSIVA DEMOCRACIA.
      MAS CUIDADO, TUDO QUE SE ERGUE PELA MÃO DO HOMEM PODE SER DERRUBADO.

    • Pernambuco disse:

      Concordo com todos que falam em concorrência, em manutenção de Nossos empregos, e que a GREVE deve acabar. A empresa já deixou claro diversas vezes que não fará nenhuma alteração no Plano de Saúde, porquê continuar com esta GREVE ? Pernambuco é das DR com mais Carteiros em greve, isso não pode continuar, todos perdem com essa atitude. Fim da GREVE já.

    • E?! Entao vc nao observou q os correios correm logo para o TST so para nao dar o aumento decente que vc merece! E pra sorrir ou e pra chorar esse teu comentário?!

    • junior disse:

      de fato a empresa precisa de receita e cortar custo deveria começar por vc,vai trabalhar amigo

  7. carteiro sonhador disse:

    Infelismente no meio de tudo esta o plano de saude que esta acabando!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. LUIS disse:

    OS carteiros estão pedindo socorro! Diante das constantes dificuldades vividas e dos baixos salários está difícil permanecer na ECT tenho 6 anos de empresa e não consigo adquirir um imóvel do minha casa minha vida ,pois , o salário de um carteiro , sem horas extras , não consegui pagar uma casa subsidiada pelo governo . Detalhe: não possuo restrições e nem empréstimos acontece que nosso salário e muito ruim o que comprova isto é que o valor o cartão alimentação e refeição somando os valores encosta no salário liquido. Tá difícil se empresa pensa que o carteiro e um mero carregador de bolsa sem qualificação e o valor que esta pagando e compatível com o mercado , sugiro que coloque as próximas seleções para o nível fundamental ,porque a rotatividade na empresa vai começar a subir.

  9. Joao disse:

    Como uma federação que só consegue mobilizar 4% (quatro por cento) dos trabalhadores, pode ser considerada nossa representante? A fentec não representa na prática os ecetistas, esses cinco mil que estão em greve são sindicalistas, eles já não trabalham mesmo, basta ECT parar de pagar os salários?

    • Oh joao tu nao estudou nao?!se e so 4 pq a empresa pediu ao TST q voltasse 80!brincadeira joao daqui uns dias a empresa vai la no TST e pede pra baixar o teu salário pede p tirar teu plano de saude pq vc e saudável demais e ela nao pode ficar se dando o luxo de gastar o “dinheiro público”cmtgo q e minoria!Po joao tm horas que dar vergonha d trabalhar cm colegas q pnsam cmo vc! Tomara q eles facam isso msmo so p ver o teu próximo comentário!

      • !…e diga se de passagem dinheiro público negativo!e o dinheiro do teu suor qd tu ta entrengando carta a nao ser q tu trabalhe de terno e ainda assim seria teu suor! ACORDA JOAO!

        • Joao disse:

          Davi,

          Do meu comentário retiro apenas os sinal de interrogação. E isso de achar que uma empresa federal e gigantesca como os correios vai deixar os empregados a míngua, é paranoia.

    • junior disse:

      e também exigir vc de trabalhar,em vez de ficar aqui postando comentário em horário de trabalho , deve ser aqueles camaradas que ficam só no cafézinho,

  10. Antonio Jabuca City disse:

    bem agora em março, sera descontado 1 dia de nosso suado trabalho para “eles”, vejamos: 120.000 contribuintes, vezes, em media, R$50,00 e igual a r$6.000.000,00, muita grana né? muita coisa involvida nisto tudo sindicatos, fentect, partidos politicos (pco, pstu, pcdob, cut, alternativa… e outras milongas mais….) pense nisto se estou certo.

    • ASTUTO disse:

      Um roubo sem opção, será descontado e pronto, mesmo não sendo filiado terei que contribuir para bancar a reunião em Hotéis de luxo em resorts, para decidirem o que já sabemos, serão contra tudo que a empresa oferecer e se pedissemos um relatório detalhado de quanto a Fentect recebeu em onde foram aplicados o dinheiro, será que teríamos surpresas.

      • junior disse:

        cara estou vendo os horários que vc fica aqui,vou copiar essas tuas mensagens e horários e pedir explicações a direção de brasília,vc não trabalha?

    • Paulo disse:

      Colega,

      Deixa descontar quem quer.

      Vocês vão pagar para esses sindicatos fajutos da ECT que só lutam pelos carteiros??? Sindicatos que só pensam em política???

      Ai vai o passo a passo para o recolhimento. Só para lembrar, quem não pagar R$ 5,70, será descontado o valor de um dia de trabalho no seu contra cheque e esse falor vai para o sindicato fajuto e político da ECT.

      CONTRIBUIÇÃO SINDICAL URBANA

      Passo-a-passo para emissão da Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical Urbana, no site da CEF.

      Esse informação é para o Sindicato dos Administradores, para os demais sindicatos basta procurar saber o

      Acessar: Link: http://sindical.caixa.gov.br Quando abrir nova página, selecione “SITCS CONTRIBUINTE” e clique em “CONFIRMAR”. Insira o código de validação e clique em “CONFIRMAR”. Clique em “INCLUIR GUIA” no canto esquerdo superior da página.

      Abrirá nova tela – preencher:

      – Tipo de Identificação da Entidade: não marque nada
      – CNPJ ou Código da Entidade Sindical: deixe em branco
      – Grau da Entidade: SINDICATO
      – Categoria: Profissional Liberal
      – UF: escolha seu estado
      – Nome da Entidade: escreva o nome de sua profissão (administrador, engenheiro, contador, economista…)

      Clicar em CONFIRMAR

      Na tela seguinte verifique se os dados que aparecem são do sindicato de sua profissão, se sim, clique em “CONFIRMAR”

      Na tela seguinte continuar preenchendo os dados na tela seguinte:

      – Vencimento: 28/02/2014
      – Exercício: 2014
      – Valor da Contribuição: 5,70
      – Nome/Razão Social/Denominação Social: digitar seu nome completo
      – Tipo de Identificação do Contribuinte: CPF
      – CPF/CNPJ/Código do Contribuinte: digitar seu CPF (digitar sem ponto, traço e barra)
      – CEP: digitar e clicar em Buscar
      – Código da Atividade do Contribuinte: 531 (Atividade de Correio)
      – Deixar os demais campos em branco e clicar em “Emitir Guia” / “Confirmar” ou outro ícone que finalize a emissão da guia. Depois, é só imprimir e pagar.

      Chega de dar dinheiro a FENTEC que não faz nada pelos profissionais de nível superior!!!

      • VILA MARIA disse:

        Prezado PAulo. Você poderia explicar o processo para Carteiro e OTT poderem fazer isso ? E outra dúvida : Onde está escrito que esta ação protege a pessoa de pagar 1 dia inteiro ? Pergunto isso para poder ter certeza de que estarei fazendo algo previsto por lei e que será certeira esta tática contra os falsos sindicalistas. Obrigado.

        • Paulo disse:

          Carteiro e OTT não podem fazer isso.

          Essa opção vale apenas para Profissional Liberal (Administrador, Contador, Economista, Advogado, Psicólogo, Médico…) quando atua na condição de empregado, exercendo atividade que o qualifique como liberal, poderá optar por contribuir para o sindicato de sua categoria profissional. Esta opção somente será possível caso o empregado exerça a mesma atividade para a qual esteja habilitado como profissional liberal, conforme o disposto no Art. 585 da CLT.

          Em relação a “proteger a pessoa de pagar 1 dia inteiro”:

          Na hipótese acima, somente com a comprovação do pagamento da Contribuição Sindical, representativa da respectiva profissão, é que o empregador deixará de proceder ao desconto em folha.

          Mais informações: http://intranetect/intranet/noticiario/mostra_noticia.cfm?noticia_codigo=22264&tiponot_codigo=2

  11. Paulo disse:

    CORREIOS:
    EXISTE A INFORMAÇÃO DE QUE PODERÍAMOS VERIFICAR O EXTRATO DO USO DO PLANO PELO SITE DA POSTAL SAÚDE, ISSO É VERDADE?

    • Correios disse:

      Prezado Paulo
      Sim, é verdade. A ferramenta de verificação de extrato do uso do Plano já existe e estará disponível, provavelmente, em abril.

  12. Goiás quer ser dividida como a crimeia,entao vamos chamar os russos dos correios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *