Cláusulas Sociais são discutidas nas negociações

As reuniões de negociação entre as representações da empresa e dos trabalhadores continuaram durante toda esta semana, entre os dias 21 e 23 de julho. A principal discussão foi sobre as Cláusulas Sociais. Este é mais um passo para fechar o Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016.

O ACT do ano passado trouxe muitos avanços na questão em pauta, e foi construído entre os Correios e as federações. As Cláusulas Sociais do acordo estão em consonância com as dimensões da empresa, e são reconhecidamente inovadoras perante outras instituições governamentais.

Durante as reuniões, a representação dos Correios apresentou evidências da efetividade das cláusulas por meio de vídeos, relatórios e outros documentos, que demonstram as ações realizadas durante o período de vigência do ACT 2014/2015.

Foi proposta uma nova disposição do título das Questões Sociais, com a criação de um subtítulo denominado “Diversidade, Inclusão e Direitos Humanos”. Destacando-se alteração do título da clausula 04 para Promoção da Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo e clausula 05 para valorização da diversidade humana e respeito às diferenças.  As novas disposições foram aceitas por unanimidade.

A empresa, além de negociar as cláusulas nesta semana, também apresentou os motivos de cada uma delas e ouviu os representantes das trabalhadoras e dos trabalhadores sobre os temas.

Ressalta-se que as cláusulas negociadas farão parte do ACT, mediante acordo entre as representações da empresa e dos trabalhadores.

Acompanhe as notícias e a publicação das atas por este Blog da Negociação Permanente, na sessão “Documentos”.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

87 respostas a Cláusulas Sociais são discutidas nas negociações

  1. Terezinha disse:

    E o que realmente interessa, quando será discutido?

    Falo de salários, aumento/redução conforme, porque reajuste abaixo da inflação não chega nem a corrigir o salário, quanto mais aumentar.

    Precisamos manter nosso poder de compra, ultimamente deixo todo meu salário para o supermercado, apesar o tickt ser bom, não é sufucuente para alimentar minha família.

    Aguardo pelo menos a reposição da inflação em forma de salário, e não em forma de Gratificação.

    • Atendente disse:

      Concordo com o nosso colega, assuntos que não precisam de resultados financeiros deveriam ser discutidos durante todo o ano (logo após a assinatura do acordo vigente), já que informaram anteriormente, que isto iria acontecer….e assuntos, a exemplo de salários, deveriam começar a ser discutidos em junho do ano corrente, se estendendo a julho, para qd chegasse em Agosto, o acordo fosse devidamente assinado. Mas, como sempre, todo ano a mesma coisa.

    • Jaiminho O carteiro disse:

      Eu acho que eles estão querendo evitar a fadiga 😉
      Por isso a negociação vai demorar como em anos anteriores…
      Segredo é pipoca e chimarrão na mão. Vai começar a novela.

    • Simone disse:

      Concordo com vc, não podemos aceitar menos que a inflação!

    • Carvalho disse:

      Abra uma Entidade Filantrópica e começe a arrecadar alimentos. Pois sua família deve ser muito grande pra não ser sustentada somente com o Ticket, devo concordar que um pouquinho do seu salário é gasto sim, MAS TODO aí já é demais.
      Sinto muito, mas meça suas palavras parça..

    • seuMoço disse:

      Tá tudo com a agenda pronta, greve em setembro, no TRT um mêszinho, talvez na folha de outubro já venha alguma coisa.

    • Sensato disse:

      Isso mesmo Terezinha, devemos cobrar que negociem primeiro as clausulas econômicas, que é de interesse geral, já aprovando através de atas ou termos, liberando o pagamento já para a folha de agosto. Deixem para discutirem clausulas especificas para o final, com assinatura ou não do ACT. Evitem os movimentos paredistas que é prejudicial para a empresa e a classe trabalhadora.

    • ADELAIDE disse:

      TEREZINHA… quantas pessoas voce alimenta??? ou melhor, qual a alimentação que voce adotou para sua familia??? somos em quatro pessoas e nos alimentamos muito bem só com o tíckt, incluindo frutas e legumes, leite, ovos , pães, tudo escolhido e comprado por mim.

    • Mauri disse:

      Pergunto aos Diretores da ECT: Porque novamente se perde tempo com discussões de clausulas sociais, quando aono passado se disse que seriam discutidos todos os mese por mesas tematicas esses temas e agora , como todos anbos se atrasa o pagamento do dissidio no mes de Agosto, pois garanto que não será pago sem atrasos como sempre e sem greves. Cade a eficiencia da ECT e a valorização aos seus funcionários? Somente desmotivaçãop constantes .Cade os convenios medico hospitalares no Parana? e no Brasil? Vergonhoso esse Bla Bla Bla de sempre pela ECT.

    • ANDRE FERNANDES disse:

      ESSA CONVERSA DE CLAUSULAS SOCIAIS E MOLE. ISSO JÁ TEM AMPARO CONSTITUCIONAL E NA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA. ELES ESTÃO GANHANDO TEMPO E ENROLANDO PARA NÃO DISCUTIR O QUE REALMENTE INTERESSA AO EMPREGADO E A SOCIEDADE. QUANDO NA VERDADE TEM ATENDENTE FECHANDO A AGENCIA DE MEIO PARA ENTREGAR CARTA POR DÉFICITE DE PESSOAL. ALÉM DE TRABALHAR NA CONDIÇÃO DE BANCÁRIO. O SINDICATO TA DANDO AS COSTA PARA NÓ. É HORA DE FUNDAR UM SINDICATO QUE TENHA COMPROMISSO COM A CATEGORIA.VAMOS A LUTA!!!

  2. antonio jabuca city disse:

    como falo sempre, falta respeito por parte dos mandatarios e dos sindicatos. e a proposta de empresa, ela não tem ou nao quer mostrar???????!!!!!!!

  3. JURA disse:

    A onde existe Social nos Correios, gostaria de saber?
    O que deveria ser descutido é nossos Beneficios, Salarios porque deixar para ser discutido no final do mes, isso é só para desgastar a Categori, a Empresa e a Fentect, deveria Inovar só deixa a categoria rachada nervosa, acorda para vida.

  4. JURA disse:

    ” Categoria”, desculpe.

  5. Lucilene disse:

    Nada mais social que a questão da casa própria. Conheço vários colegas (inclusive eu), que não possui esse tão sonhado patrimônio. ECT, ajude-nos a transformar esse sonho em realidade.

  6. Sergio disse:

    A previsão da inflação esse ano já está em 9.50%. Certamente vai passar dos 10 no mundo real, no mundo do mercado, do posto, do busão e do colégio.

    É só uma pena que nada disso importe, nenhum das opiniões escritas em todo esse blog. NINGUÉM que pudesse fazer alguma diferença em prol dos empregados lê e se importa. Para que somos todos antagon!stas.

  7. Ana disse:

    Quando não der mais tempo para discutir NADA!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. NESTOR SERVEZÓIO disse:

    PARA DE ENROLAÇÃO E VAMOS AO QUE INTERESSA $$$$$$…

  9. Leandro disse:

    E o “FAZ ME RI” quando será debhatido?
    sempre a mesma coisa… discutem coisas que nao são de competencia da empresa,
    para isso existem leis ja feitas, parem de enrolar…

  10. j disse:

    precisamos de aumento REAL nos salários de todos dos correios mas principalmente para a area de tratamento e suporte pois sem ser chefe ou ter uma remuneração diferenciada como os carteiros não tem mas nada nos salários. e menos ainda para os Reabilitados que são tirados de funções e lotações que não recebem mais nada alem .

  11. j disse:

    na realidade os que pedem de todos os lados são os reabilitados pois perdem funções, cargos e lotações que se tivessem na ativa receberiam . são os excluídos

  12. Jonas disse:

    Seria aqui o local mais apropriado para deixar minha sugestão?

    Bom, sugiro então incluir o benefício de auxílio creche para os papais também. Porque só as mulheres tem esse benefício? Ora, se o homem tem um filho e sua esposa NÃO trabalha nos Correios, nada mais justo do que ele ter esse auxílio para seu filho.

    Obrigado.

    • Carvalho disse:

      Amigo, sou a favor da sua sugestão, porém brasileiro você sabe como é né. Se mães dos Correios já agem de má fé com esse benefício, imagina os homens. Exemplo, tem mulheres que recebem o auxílio babá, e deixam as crianças na creche pública. Homens por exemplo poderia colocar a esposa dona de casa para cuidar do bebê e receber pelo benefício. A má fé das pessoas que fazem perder nossos direitos.

      • Pedro Henrick disse:

        Carvalho, para. O argumento correto não é esse!
        Ora, quem recebe o auxílio creche sabe que precisa de notas fiscais para comprovar o benefício, uma simples babá não preenche os requisitos!
        Essa é a maior de todas as desigualdades de gênero aqui na ECT.
        Precisamos parar com o preconceito e colocar homens e mulheres em pé de igualdade.

        • Carvalho disse:

          Correto, na sua situação (Auxílio Creche). O caso citado foi o Auxílio Babá. A mulher arruma “uma laranja” pra registrar seu recolhimento junto a Guia da Previdência Social, recebe o valor do benefício, paga o GPS da “laranja”, coloca seus filhos numa creche pública e fica com o restante do dinheiro. Entendeu agora?

          • Pedro Henrick disse:

            Carvalho,
            De onde você tirou esse “auxilio Babá”??
            Aqui estamos falando do ACT da ECT.
            Auxílio Creche!

          • Carvalho disse:

            Pedro, tá difícil ein amigo.. Por isso que a Empresa não paga bem seus funcionários… Como pagar altos valores pra um
            funcionário que não consegue entender um texto?
            Não vou discutir contigo mais, já vi que é perca de tempo tentar explicar.

            Abraços

  13. ronaldo PS disse:

    O QUE NA VERDADE EU ESPERO, DEPOIS DO ACORDO 2015/2016, É PODER COMPRAR O MESMO QUE COMPREI COM MEU SALÁRIO E TICKT EM DEZEMBRO DE 2014.
    SERÁ QUE VOU CONSEGUIR?

  14. Mara disse:

    Graças aos esforços do pessoal do sindicato estamos conseguindo alcançar acordo coletivos bons, nos últimos anos.

    Este ano pelas pautas apresentados tudo caminha para um bom acordo coletivo.

    Quero parabenizar a todos da comissão de negociação.

    Confiamos em vocês por nos representar tão bem.

  15. Mara disse:

    Os acordos coletivos estão a cada ano melhorando nossa condição.

    Li todas as pautas e são ótimas, foram muito bem elaboradas.

    • Atendente disse:

      Aff 2…

    • daniel carteiro disse:

      Bom Mara, ja sei que vc não é carteira. Os acordos no papel são uma maravilha, interessante é que a empresa não cumpre e NUNCA CUMPRIU NENHUM DOS ACORDOS ATÉ HOJE!!!!!!!! Falta de tudo, desde material de expediente até os EPI’S para carteiros, que está no acordo coletivo, que vc acha tão bom.

      • Atendente disse:

        Não é carteira nem atendente. kkk. Só pode ser do sindicato e vai aderir à greve, curtir férias prolongadas.

      • Mara disse:

        Dani,

        O artigo 37, inciso II da constituição federal diz que o servidor público, incluindo ai o empregado público, deve prestar concurso para o cargo público, correlacionado com o seu grau de escolaridade, em igualdade de condições com outros cidadãos Brasileiros.
        Não adianta você ficar reclamando da vida, se não estuda e não melhora as suas condições profissionais, não presta concurso.

        As pautas são ótimas sim e o pessoal do sindicato a cada ano tem melhorado, mas quem não ajuda são pessoas que só reclama e não fazem nada para mudar a realidade, tanto da empresa, quanto do próprio cargo.

        Qual trabalhador brasileiro ganhou de presente 30% do salário para fazer entrega?

        Um técnico de Correios ganha R$ R$ 1.800,00 e não tem 30%. Um empregado de nível superior nos Correios ganha R$ 3.800,00.

        As pessoas reclamam da ECT mas não tem coragem de buscar algo melhor, que tanto insistem em dizer que tem ai fora, no mercado.

        Disse Roberta Miranda: – Vá com Deus! Vá com Deus!

        • SÉRIO disse:

          Bom dia, não gosto de perder tempo com esse blog que nunca resulta em nada. Mas antes de falar de “presente de 30%”, vai dar uma estudada nas leis trabalhistas, nas NR’s 15 e 16 se quiser, lá explica o que é insalubridade e periculosidade.

          • Mara disse:

            Se está lá na NR ( norma regulamentadora )querido, por que precisou de toda aquela greve?

            Foi um presente sim, por que nenhum correio do mundo, nenhuma empresa paga 30% de gratificação para fazer aquilo que é o trabalho.

            Nenhuma empresa do Brasil ou do mundo paga 30%, além do salário, além do vale alimentação, vale cesta.

            Reclama, reclama, reclama mas não larga o ossinho. Por isso estou proponto que até 2022 não deveria ter aumento salárial para equilibrar as contas da empresa.

          • Mara disse:

            Senhor Sério,

            Qual o grau de escolaridade do seu cargo mesmo?

            hã.

            Que tal o senhor da uma estudada no artigo 37, inciso II da constituição federal e acho que é bem melhor do que estudar as normas regulamentadoras.

          • SÉRIO(Felipe Werner) disse:

            Pois bem se uma NR não tem valor algum para VOCÊ, o que posso fazer? Também não vou ficar discutindo com uma “porta”.

          • SÉRIO(Felipe Werner) disse:

            Fiz concurso para carteiro pq eu quis, estou concluindo o superior, tenho TST e Inglês. Me dedico no que faço na empresa, ms assim que tiver formado salto fora para algo melhor. E nem por isso fico criando intrigas entre as categorias, é isso que a empresa qr. Empresa dividida objetivos jamais alcançados!

        • Márcio disse:

          Mara você é leiga no assunto e aposto que não sabe o que o sol de 40 graus faz no corpo de um trabalhador,que passa 4 e até 5 horas sob ele,justissimo o salário deles,o que você queria que fosse??,só queremos o que é de direito nosso,condições de trabalho,não perdermos nosso poder de compra e tratarem a empresa com respeito,divulgando a realidade,sabemos que o correio está muito longe de está em crise,os carteiros sabem muito bem disso,somos nós que levamos todo a riqueza dessa empresa!!

    • Sergio disse:

      Repito: blog errado. Aqui é do Correios, não do Banco do Brasil ou Petrobrás.

    • Mauri disse:

      As pautas podem ser boas, mas são uma palhaçada, sindicatos sonham com cada proposta indecente. Deveriam colocar propostas reais e que possam ser realizadas e q

  16. Fabricio disse:

    Pra mim mudança da nomenclatura da cláusula não representa avanço nenhum. Cadê o auxílio creche para os homens? Cadê o auxílio para os “dependentes” com necessidades especiais? O acordo hoje prevê o auxílio para “filhos com necessidades especiais”, e se for outro dependente não tem direito? Dependente e dependente seja filho ou não, e aqueles que cuidam de conjuge, avós, tios, etc. Pesa no bolso do mesmo jeito!

  17. zonaro disse:

    AS REUNIÕES SÃO PARA DISCUTIR INTERESSES DOS TRABALHADORES, O QUE INTERESSA MESMO É O AUMENTO REAL, E NÃO ACOMPANHAR A INFLAÇÃO.

  18. Trabalhador que merece respeito disse:

    Banho Maria, por parte da ECT, claro!

  19. G K. disse:

    E a tal da “mesa permante de negociação”, não era pra discutir estes assuntos???
    O Colaborador quer saber é do $$$$$$

  20. Ana disse:

    “DR/SPM rumo aos 7,4 Bi
    Agradecemos e parabenizamos a todos os empregados pelo trabalho realizado com tanta dedicação e profissionalismo, pois, mais uma vez a DR SPM comprova sua “ Vocação para o trabalho e compromisso como os resultados” superando novamente as metas de receita, qualidade operacional e despesas . É momento de celebrarmos as ótimas conquistas de SPM e acreditarmos no potencial de nossas equipes por meio dos excelentes resultados obtidos: da meta de Receita prevista para o 1º semestre – 3,47bi conquistamos 3,51bi realizando 101,3 % da meta; em relação a meta do mês de junho de Qualidade ao Cliente (IQC)- que é de 97,2 atingimos 98,2; e, quanto a meta de redução de Despesas economizamos 1,25 mi, superando a meta em 0,60% neste semestre. E, para mantermos a excelência dos resultados é preciso continuar a querer Mais, fazer Mais e ser cada vez Mais!”

    GENTE O QUE ACONTECE???????? SE SÓ A DR/SPM CONQUISTOU 3,5 BI, CADÊ O LUCRO????????????????????????????????????

    • Zeh Tenório disse:

      Quanta inocência, sobre o desempenho comercial da DR SPM:

      1 – O fato da receita entrar no caixa da DR SPM não significa lucro imediato, pois a encomenda postada na SPM tem que ser entregue em outras diretorias regionais.

      2 – A cada 5% que a receita aumenta o custo de produtos e serviços vendidos na ECT aumenta 15%.

      Por isso está havendo a reestruturação, para acabar com essa miopia da SPM, pois o que importa é o lucro final da empresa, pois é ilusório achar que basta receber o dinheiro no caixa da DR SPM e não contabilizar os custos com o tratamento e distribuição na ponta.

      Agora com a reestruturação vai acabar essa ilusão, pois o valor vai ser contabilizado para a ECT e ao final teremos o lucro liquido.

      Quanto ao acordo coletivo: O que importa é o reajuste salarial.

      MODERADOR NÃO CENSURE ESTE COMENTÁRIO, POIS É RESPEITOSO E ESTÁ DENTRO DO ASSUNTO TRATADO.

    • daniel carteiro disse:

      pergunta lá no posto Ipiranga!

    • Márcio disse:

      Ana,voçês alcançaram resultados graças a outros estados,pois vocês são produtores,este ano já dei mais de 200 reais a DR/SP,poderia ter escolhido outro estado pra comprar,mas resolvi fazer minha compra ai,não sejam tão arrogantes,se o resto do Brasil não comprar nada ai,a receita vai para o espaço e a tal DR/SP não será nada!!

  21. FRAN disse:

    E o boato da PLR de R$19,00? Só rindo. E ainda vem e-mail com campanha e meta pra bater com Dia Banco POstal, Dia do Combo. kkkkk

  22. Atendente disse:

    O que houve com as atas desta semana que ainda não foram publicadas?

  23. Bil CAC disse:

    Quero saber é do salário que é uma miséria e não questões sociais.

  24. Ana disse:

    CONCORDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  25. jorge disse:

    é a velha historia mudaram a nossa data base de dezemvo para agosto e agora a empresa tem tempo de nos cozinhar ate perto de dezembro , foi um pessimo negocio para nós trabalhadores dos correios .

  26. PCCS disse:

    CORREÇÃO DA TABELA SALARIAL JÁ
    R$1134,00 X R$44000,00 NÃO DÁ

    • João pedro disse:

      Tão bom amigo, você quer que um carteiro ganhe o mesmo salário de um profissional de nível superior???

      • Bil CAC disse:

        Creio que quando fomos comparar questões salariais temos que nos comparar a outras estatais a cargo nível médio ou seja com o mesmo grau de instrução e sem sombras de duvidas os Correios é a estatal que paga menos a seus colaboradores por exemplo um cargo de nível médio TJ é em média R$ 4.500,00 e como falei é o mesmo grau de instrução de estudo nosso. Sei que o salário não terá esta alavancada de uma vez só até porque este salário deste órgão citado chegou neste valor gradativamente com o tempo a questão é que eles não pararam no tempo ao contrário dos Correios e isso também é culpa do nosso sindicato onde não adianta agora pedir aumento exorbitantes de R$ 1.200 para piso de R$ 3.500 não porque não merecemos mas sim que hoje o salário deveria estra neste patamar mas conquistado de forma gradativa durante o tempo, pois só deputados que conseguem aumentar seus próprios salários da noite para o dia com um reajuste de 80%.

      • Não resisti disse:

        Não né , ele só quer que tenha menor diferença, afinal nada justifica tamanha diferença salarial.

  27. G M disse:

    Já estou me dando por satisfeito com a redução de horário, pois acredito que talvez seja reposta a inflação na forma de gratificação, os cargos distribuídos conforme acordados (se realmente houver essa negociação, não afirmo pois não posso provar) e estará tudo resolvido mais uma vez.

  28. PAULO1111 disse:

    CUIDADO COM ELES DEIXARAM AS CLASULAS ECONOMICAS POR ULTIMO PARA QUE OS TRABALHADORES PRESONEN OS SINDICATOS HA ACEITAR QUALQUER COISA VEJAM SO NO ANO PASSADO DEPOIS DE ANO AUMENTOU 50,00 REAIS NO SALARIO BASE FIQUEM ATENTOS

  29. altair disse:

    Na minha opinião a um conchavo entre sindicato e empresa e nós trabalhadores somos todos manipulados,depois faz uma greve e o sindicato enche o peito dizendo que a categoria saiu vitoriosa pura balela

    • Sergio disse:

      Desculpe-me discordar.
      Como os empregados são “manipulados” se são os empregados que elegem democraticamente os seus representantes sindicalistas?

      Quer que mude, faça a coisa certa: não vote em gente ruim.
      Do contrário a responsabilidade de estar acontecendo o que está acontecendo é de quem colocou esses “representantes” lá.

      Qualquer semelhança com o atual cenário político no Brasil é mera coincidência.
      S.Q.N.

      • Mauri disse:

        Democraticamente escolhidos: Mentira, se fosse isso verdade os candidatos iriam em todas agencias se identificar e colocar suas ideias em exposição. Só mentiras, tudo manipulação total. Conchavos todos anos iguais. Como os não sindicalizados podem ser representados pelos sindicatos no Acordo? Isso deveria ser proibido, só para não serem pagos a PLR que temos direito.

  30. Estes na minha humilde analise,equivale aos antigos quilombos em tempos modernos.Sendo omissos em relação aos seus representados,pois estão se vendendo por migalhas e o tempo mostrará isso já que em ultimo caso quem paga nossos salários são os clientes.Isso em respeito a confiança que os mesmos tem ao trabalho exercido diariamente com a população em geral.Chega de enganação com números e lero lero o mercado financeiro bota o preço ,basta fazermos as contas.

  31. Super disse:

    precisamos dos debates economicos, e ECT e representantes lembrem-se dos supervisores que não tem aumento há anos …. também fazemos parte desta Empresa !

  32. Super disse:

    todos os anos peço para olharem para a nossa classe de supervisores …mas nunca temos atenção !!!

  33. Alo correios disse:

    Correios deveriam é autorizar a contratação de MOT. pois, tem agência fechando 12:00 para atendente entregar carta. Pior ainda tirando atendentes de outras unidades para fazer isso também prejudicando a unidade vizinha. O pior que não manda carteiro pelo fato da gerae não ser responsável pela distribuição naquelas unidades. Aqui no norte de minas ta duro.

  34. Mauri disse:

    Acorda para vida real e não imaginaria de desenho animado, pautas sempre imaginarias e não realistas. Grves são para conseguirmos ganhos reais e não desistir no meio por causa de cargos ganhos depois por sindicalistas, como todos sabem, para se calarem e acabarem com greves futuras. Vamos buscar nossos direitos esse ano, chega de palhaçada com greves sem nexo algum.

  35. Mauri disse:

    Espero que os que estão discutindo o ACT deste ano realmente pensem em serem justos nos valores aprovados e realmente avaliem os percentuais aprovados para os funcionários, poius todos anos se resume nas mesmas rotinas: Atraso na aprovação de valores condizentes, Greve, Intimidação por parte da ECT aos funcionários, Desmotivação total, Prejuizos, Atrasos nas entregas, dissidio pago com meses de atraso e com injustiça.
    Reflitam Diretores da ECT e sindicalistas nas suas decisões este ano, pois espero já terem aprendido com as aulas praticas dos anos anteriores em como se faz um ACT.Que Deus os abençoem, pois só com muita Fé poderemos esperar algo justo este ano.

  36. Aroldo José Piacesi disse:

    Carmo do Cajuru, MG, 10.08.2015

    QUEM NÃO DEVE NÃO TEME.
    Não deveria ser permitido (questão de coerência e bom senso) anonimato ou nomes que não identifiquem seu autor e a cidade.
    “Pois não os temais; porque nada há encoberto que se não venha a revelar-se; nem oculto que se não venha a saber.” – Mateus 10:26.
    Faz muitos anos que sindicatos e patrões discutem rótulos e esquecem-se (propositadamente pelo lado dos empregadores, ingenuamente pelo lado dos sindicatos) do conteúdo.
    Solicita-se, negocia-se, compactua-se corruptamente benefícios, auxílios, acessórios e outros melindres mais e esquecem-se do real valor monetário da produção. Empresas de qualquer gênero, número e graus precisam do capital humano para a produção de bens e serviços em todos os setores que atuam.
    Reduzir-se a jornada de trabalho para 6 horas/dia sem a redução salarial eleva, de imediato, em 22,42% o valor-hora. Reduz-se a jornada em 25%, no entanto, os ganhos serão maiores: diminuição e até mesmo extinção de absenteísmo; diminuição e até mesmo extinção de licenças para consultas médicas (que dessa forma serão realizadas no horário livre do funcionário) entre outros ganhos para ambos os lados – capital humano e capital empresarial.
    A redução e até mesmo a extinção de benefícios valorizará sobremaneira os salários. Enquanto o governo mantiver os ridículos benefícios (adicional 30% de férias; 40% multa FGTS; 8% recolhimento do FGTS; o famigerado e inútil 13º salário; auxílio-creche; auxílio-babá; entre outras bengalas e muletas sociais) o trabalhador não progredirá.
    Sou favorável à extinção de todos os benefícios aos quais estamos sujeitos por imposição. Extingua-se todos eles e o valor percentual deles sobre a folha converta-se em salário.
    Esses “benefícios” representam cerca de 20% de acréscimo ao salário do trabalhador. Assim a redução da jornada para seis horas/dia e a extinção dessas bengalas trabalhistas representam um ganho de aproximadamente 45% no salário. Salário é renda – é poder de compra. Melhora a receita individual e a economia coletiva, como um todo.

    Aroldo José Piacesi – Carmo do Cajuru – MG.

    • TITANICorreios disse:

      Tem lógica o que você disse. Mas, como conhecemos nossos líderes isso nunca vai ser colocado em prática. Pois, nunca farão aquilo que é bom para o “povão”!

    • Pedro Henrick disse:

      Não entendi mano… reduzir para aumentar?
      Retirar todos os benefícios citados por você e colocar os valores no salário base? É isso?
      Não entendi mesmo… como que você me tira o terço de férias? o Décimo terceiro salário?
      Multa de 40% do FGTS? Já há demissões a torto e a direita com todas estas proteções, já imaginou se elas não existissem??

  37. Pedro Henrick disse:

    Claro que existe um exagero por parte do sindicato, contudo há algumas propostas boas no documento da FENTECT como:

    * Folga no dia do ANIVERSÁRIO;
    * Folga no dia do empregado ecetista;
    * Direito a 5 folgas não justificadas;
    * 6 horas diárias para os bancários (atendentes de Banco Postal);
    * Licença sem remuneração de 2 anos sem justificativa; (precisei ano passado e me foi negada)

    Além das Econômicas claro:
    *103% de Gratificação de férias
    * Quebra de caixa no valor de 55% da NM34; (sou atendente e o Quebra hoje é irrisório =[ )
    * Vale Café da manhã no valor de 10,00 reais/dia
    * 13º e 14º em Ticket
    * 30 vales extras cada vez que completar 1 ano de serviço
    * 100,00 reais de Vale Cultura
    * Licença prêmio remunerada de 3 meses a cada 5 anos de empresa; (Os empregados estaduais aqui em Goiás já possuem este direito)

  38. Luiz disse:

    Convenio Farmacia aos dependentes,com os mesmos ou novos compartilhamento.

Deixe uma resposta para antonio jabuca city Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *