Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

16 respostas a VIGEP participa de reuniões com sindicatos em São Paulo

  1. paulo pp disse:

    É FACIL COBRAR DOS EMPREGADOS. MAS OLHAR PARA DENTRO DE SI É CONPLICADO POR QUE NÃO CORTAM DESPESAS ACABANDO COM OS CARGOS COMICIONADO E PESSOAS QUE VEM DE OUTROS MINISTERIO DIZEM QUE ESSE ANO É UM ANO DECISSIVO PARA OS CORREIOS POR QUE SERA QUE VÃO PRIVATIZAR A ENPRESA,SÓ SEI DE UMA COISA NÃO DA PARA COBRAR DOS FUNCIONARIOS MELHORIA SE VC NÃO FAZ SUA PARTE

  2. Sergio disse:

    Deixa eu adivinhar: estavam negociando para o próximo acordo coletivo a diminuição dos 70% da gratificação de férias para os 33% que determina a CLT. Acertei?

    • Carteiro disse:

      Sérgio, mas pra que iso ocorra tem que haver o consentimento da representação dos trabalhadores, não é de forma arbitrária, unilateral,isso é lei. E os trabalhadores não vão querer isso.

      • Sergio disse:

        Caro Carteiro, os trabalhadores (130 mil) aprovaram o aumento irrisório do último acordo?

        Como sempre acontece, apenas a meia dúzia de sempre aprova e o restante (muitos omissos) reclama.

        Também há manipulação dos dados. Por exemplo, em uma DR na última assembléia do último acordo coletivo compareceram muitos colegas da área administrativa (nível médio técnico e superior, com e sem função) e que votaram contra a proposta. Na ata do sindicato há a anotação de “100% de aprovação da proposta”… ou seja, todos os que votaram contra a proposta foram solenemente ignorados.

        Não se iluda com o(s) sindicato(s) ou com a(s) federação(ões). Eles só tem um objetivo: interesse próprio. São vendidos por definição: se não presta para estudar ou trabalhar, vira sindicalista.

        Aguardemos agosto/setembro/outubro e veremos quem está mais perto da realidade.

        • roberto disse:

          sabias palavras Sergio sabias palavras.

        • HIBRIDO disse:

          Concordo Roberto, o sindicato daqui nunca se reelege porque sempre sai do sindicato para pegar uma diretoria de departamento, suspeito para quem deveria bater de frente com a chefia. Ilusão acreditar que temos força. O termo pelego muitas vezes é usado como o colega que nega a greve, mas o correto é ser o sinônimo dos sindicatos a fora.

  3. antonio jabuca city disse:

    questão não é privatizar ou não, a questão é rumos, atitudes e principalmente decisões. porém tem uma meia duzia de tres ou quatro que vem com ideias de girico, e ai faz a ca…..

    • Costa disse:

      Caros colegas ecetistas, a Empresa teria que barrar definitivamente os cargos comissionados ou limitar no máximo em 10,pois cada cargo desse,gera um custo de 20.000 mensal.ou seja não adianta sacrificar os trabalhadores e ficar colocando esse povo só para ganhar a grana ,muitas vezes se qualificação na área postal,empresarial ou mesmo do local que vai trabalhar,fica simplesmente ganhando o dinheiro de boa, fora que ,quem trabalha mesmo não ganha nada e ainda tem que ensinar o serviço para o dito cujo,caso queira fazer algo….caso contrário vai ficar de boa com 20.000 na conta + benefícios, deixa aqui a pergunta?até quando nós funcionários vamos ter que aguentar esse lance de política sangue suga.

  4. FLAVIO disse:

    é so deixar os funcionários tomar conta da empresa,tira os politicos,apadrinhados e corta vice presidencia
    tem muito chefe nas REVENS CORTA UM POUCO ai sim a empresa vai pra frente

  5. luis disse:

    so reduzir o salario dos argos comissionados ao mesmo valor dos atendentes ganhar 1500 reais mensais ai sobra dinheiros pois com o salario de um vice presidente ou de um comissionado da pra pagar o salaro de mais de vinte funcionarios de carreira da empresa entao façam a conta e vejam quem que ta dando prejuizo se não é os cargos de comissao e apadrinhados politicos entao o governo ta embolsdando pra cobrir os rombos dessa ma administração eque e corrupta e sem vergonha

  6. A verdade dói disse:

    Acabar com todos os cargos políticos, mandar todos que têm cargo político para rua, deixar só funcionário comandando.

  7. costa disse:

    boa noite,venho expressar a minha indignação depois que vi no site dos correios um quadro contendo 16 funcionários de outros órgãos e com funções de analista xi,xii e xiii, e outro quadro contendo 13 como assessores com salário de 19.500 somando esse dois quadros dá um total de 500,00 mil por mês para a ect,aí sugiro, por que não devolve esse povo que já tem órgão de origem? e vem ganhar uma fortuna nos correios ,o correio não precisa desse povo, acorda gente,pelo amor de Deus…vamos no movimentar,com essa recessão se a empresa acabar,eles tem o órgãos deles e no fim que se dá mal somos nós ,e ainda porque nem comentei dos vps em.

  8. ze ruela disse:

    tem cidadao que ainda acredita em sindicatos
    sao muitos ingenuos ou estao ganhando algum

    • Noel de Deus disse:

      Concordo colega!

      Vamos aos dados:

      Reino Unido: 109 sindicatos
      EUA: 127 sindicatos
      França: 61 sindicatos
      Alemanha: 102
      BRASIL: 15. 039 sindicatos

      Sindicatos no Brasil atual, é moeda de troca. No Correios, quantos presidentes e delegados sindicais que outrora, iam para as portas da empresa berrarem estupidamente palavras sem nexos e hoje se vendem a troco de cargos dentro da empresa. Temos até “prefeito” dentro da empresa!!! A empresa dá lucro e muito lucro, nosso prejuízo, está relacionado a cargos ocupados por pessoas incompetentes.

  9. ze ruela disse:

    tem mais, deveriamos fazer
    um abaixo assinado para acabar
    com essa contribuiçao obrigatória
    de um dia de trabalho todo o mês de março

  10. j disse:

    como no setor privado, precisamos dimuir a desigualdade no setor publico , como tem funcionarios do setor publico que ganham mas de 30 vezes a mais do que os trabalhadores da base , isso é uma desigualdade nos salarios do setor publico que precisa ser vista e revista pelas estatais em todo o Brasil . e é aumentando os salarios da base .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *