Empresa e federações realizam penúltima reunião para o ACT 2016/2017

As negociações entre as representações dos Correios e das entidades sindicais continuaram na tarde de ontem (8).

A organização das negociações neste ano, tanto da empresa quanto das federações, ao realizar o debate democrático e levantar as demandas de forma respeitosa foram determinantes para cumprir o cronograma das reuniões, dando agilidade ao processo.

Foi esclarecido que, dentro da proposta final, os Correios recuaram em diversas cláusulas (como liberação sindical, o Banco de Horas, a flexibilização da jornada de trabalho, a alteração da data de pagamento e a diminuição do número de parcelas de desconto do adiantamento de férias). Já em outras, a empresa trouxe contrapropostas que, no momento, são necessárias para a saúde financeira e sustentabilidade da empresa.

Na reunião de ontem, os representantes dos trabalhadores oficializaram o resultado das assembleias ocorridas até o momento. Hoje (9), continuam as discussões dos pontos pendentes, quando se espera que a negociação avance para o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho.

No cenário de dificuldade financeira atual, fechar o acordo é responsabilidade de todos.

Clique AQUI e veja a ata.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

18 respostas a Empresa e federações realizam penúltima reunião para o ACT 2016/2017

  1. Sucrilhos disse:

    O bom senso manda a ECT alterar as clausulas dos malefícios, e cade o balanço financeiro ? muito estranho, acho que a Policia Federal junto com o TCU deveriam ir lá dar uma olhada nessa “contabilidadedo faz de conta que estamos sem caixa”, e paguem pra ver uma greve com a união também das agências, greveeeeeeeeeeeeeeeeeeeee.

  2. antonio jabuca city disse:

    osa empresa precisaria rever o desconto do vale, e algumas coisinhas mais, pequenas mas que faz diferança, ver ata da reuniao do dia 08/09.

  3. Menino Malukinho disse:

    A greve é desgastante para os grevistas, para os pelegos e também para a população em geral, mas a empresa parece pedir por isso, pois faz muito pouco caso de nós trabalhadores. É muito triste trabalhar assim. Essa empresa tem tudo para ser um sucesso e crescer cada vez mais, porém o que os políticos fazem com ela é uma pena. Estão jogando uma mina de ouro no lixo.

  4. DIEGO disse:

    Já deu. No atual cenário de dificuldades, fechar o acordo é responsabilidade de todos.; A empresa está jogando a responsabilidade para cima dos funcionários. Negociem então. Já que a responsabilidade é de todos, criem responsabilidade e negociem. cortes são bem vindos sim nesse cenário, desde que atinjam também a alta cúpula da empresa.

  5. erci pedro da silva disse:

    td se resolve com dialogos quando tem um bom entendimento a federal ea e empresa e o funcionario ;nao se sinta prejudicado

  6. MARIA disse:

    Vergonha… vergonha…vergonha… é o que falta na cara dos nossos administradores.

  7. Silva Junior disse:

    NO CENÁRIO DE DIFICULDADE FINANCEIRA ATUAL, RETIRAR BENEFICIOS DOS TRABALHADORES E SINÔNIMO DE GREVE; É FALTA DE RESPEITO!
    – O máximo de perdas aceitaveis é somente a correção dos salários e beneficios pela inflação.

  8. FRED disse:

    Ouvir dizer que a Empresa não irá estender o novo período de licença parternidade (20 dias) para os empregados. Agora me digam, porque as mulheres tem o direito ao período de prorrogação da licença maternidade?

    Ressalto que várias empresas que fecharam o ACT deste ano alterou a licença paternidade de 5 para 20 dias….

    • Português correto disse:

      Meu caro, a mulher passa nove meses carregando o filho dentro da barriga, depois é um sofrimento para dá-lo à luz, depois vem a amamentação, limpeza dele, aguenta o choro. E os homens fazem o quê? Não sou a favor dessa tal licença paternidade. Mas sou a favor das 6 horas trabalhadas. E é Fred pra presidente da ECT já!

    • Marcelo disse:

      Fui pai neste ano e senti na pele as dificuldades que a mãe possui nos primeiros dias de vida do bebê, necessário total apoio por parte do pai. Em 5 dias tive que voltar ao trabalho mesmo após a publicação da lei que amplia de 5 para 20 dias a Licença Paternidade. Os Correios andam na contramão não incorporando no Acordo Coletivo a ampliação da licença, que atingiria um percentual pequeno de funcionários, no entanto que trabalhariam cada vez com mais dedicação pois se sentiriam valorizados. Façam as contas, o impacto é muito pequeno. Ninguém é pai todo mês.

    • Odacir disse:

      DEVE BAIXAR A LICENÇA DA MÃE TAMBÉM PARA 20 DIAS????? KKKKK

  9. Mr. Been disse:

    Só rindo mesmo…essas cláusulas q os Correios alardei são direitos que já conquistamos há anos, com muito esforço, lutas, greves…isso não veio de graça; e agora essa atual diretoria acha que está fazendo algo grande em recuar em pontos q já é nosso por direito, querendo desviar o foco das cláusulas econômicas, que é o q de fato interessa. Aumento real já, e nenhum direito a menos! Não somos nós os culpados por má gestão. Uma dica pra essa diretoria atual: comecem a reduzir seus próprios salários! Abraços aos guerreiros q fazem essa empresa ser grande como é. A luta não cessa!!!!!!!

  10. Josenaldo Gomes disse:

    Boa noite,
    Hoje na ultima reunião a empresa recuou e apresentou a melhor proposta, essa é para ser fechada, desejo que os sindicatos que nos representa aceite a proposta que foi sugerido pela empresa agorinha, veja abaixo:

    Reajuste de 6% a partir de 1º agosto,
    Reajuste de 3% a partir de fevereiro;
    Reajuste de 8,74% em todos os benefícios partir de agosto;
    Incorporação da da GIP referente aos lucros da Empresa (R$100,00) a partir de agosto de 2016;
    Incorporação da parcela final da GIP (25%) a partir de setembro, com efeitos retroativos à maio – termo assinado nesta sexta-feira, 9 de setembro.
    Manutenção de todas as cláusulas do ACT 2015/2016 – Sem nenhuma alteração,
    Manutenção da cláusula de Assistência Médica, com constituição de grupo de Trabalho em até 120 dias, com aprovação das assembleias de Trabalhadores para as propostas de redução de custo e melhorias de gestão do Plano de Saúde;

  11. Alex disse:

    No cenario economico que vivemos hoje esta proposta apresentada pela empresa é excelente

  12. 1 – TARIFAS E SERVIÇOS POSTAIS SUBIRAM CERCA DE 12% NO INICIO DE 2016.

    2 – ALTA CUPULA DOS CORREIOS INCHADA COM SALARIOS ALTISSIMOS.

    3 – GESTÃO E LIDERANÇAS ULTRAPASSADAS.(NÃO TODAS)

    4 – VALORES EM LICITAÇÕES E PATROCINIOS PRECISAM SER REVISTAS.

    5 – EMPRESA DO PORTE DOS CORREIOS NÃO SE PODE ASSINAR CARTÃO PONTO, O
    CONTROLE DIGITAL SERIA ESSENCIAL, PARA UM MAIOR CONTROLE DOS EMPREGADOS.

    6 – A EMPRESA PRECISA DE FOCO, E NÃO DE CONVERSA, PAPO FURADO E PERSPECTIVAS.

    7 – AUMENTO CONFORME A INFLAÇÃO É JUSTO (NO BENEFICIO E NO SALARIO), PONTO FINAL.

    8 – CADA UM COLOQUE NO PENSAMENTO QUE A EMPRESA É UMA SÓ.

    9 – FISCALIZAR OS ACONTECIMENTOS FINANCEIROS. (POSTALPREV, POSTAL SAÚDE, LICITAÇÕES) E TAMBÉM COM OS SINDICATOS.

    10 – PARA FINALIZAR SE A EMPRESA DE CORREIOS NÃO ESTÁ BOM PRA VOCÊ O MERCADO DE TRABALHO ESTA AÍ.

    REFLITAM, FISCALIZEM E TRABALHEM PARA QUE A EMPRESA NÃO CAIA NO ESQUECIMENTO E SE TRANSFORME EM PÓ.

  13. Odacir disse:

    Se os senhores de engenho ali de cima fossem competentes que nem os caras que negociam essa empresa seria imbatível, fizeram uma proposta de briga e depois vieram com uma proposta mais ou menos que pareceu maravilhosa diante da primeira!!!
    Eles só não são competentes na hora de cortar gastos, pois pensam que cortar gastos tem que obrigatoriamente fazê-lo em cima do trabalhador. Sendo que há muitas áreas que poderiam cortar gastos simplesmente parando o desperdício e fiscalizando os prestadores de serviço, bem como uniformes hora em demasia, hora faltando, hora defeituosos!!!
    Considerando também que alguns iluminados resolveram utilizar um programa como o SARA para jogar todo o operacional nele, e que já viram que não funciona, mas insistem!
    Levemos em consideração também, que resolveram priorizar a venda em detrimento do operacional. Vendemos e ninguém entrega, já sucatearam esse setor, seja com programa de demissão, onde só sai carteiro ou seja abarrotando os setores administrativos para dar conta de tanta burocracia e controles inventados por alguns alucinados que pensam serem os donos da verdade!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *