Eduarda Amorim é eleita a melhor jogadora de handebol do mundo

A jogadora da Seleção Brasileira de Handebol, Eduarda Amorim, foi escolhida a melhor atleta desta modalidade esportiva em todo o mundo no ano de 2014. Promovida pela Federação Internacional de Handebol (IHF), a votação teve a participação de 55 mil fãs e especialistas, entre 13 e 20 de fevereiro.

Dividida em duas fases, a eleição contou inicialmente com a avaliação de um júri composto por experts e técnicos das cinco seleções melhores colocadas no Mundial de 2013, que selecionaram cinco atletas para concorrer em votação aberta. Em um segundo momento, o público e a imprensa escolheram sua jogadora favorita no site da entidade: Duda recebeu 35,2% dos votos e superou a romena Christina Neagu e a norueguesa Heide Locke, segunda e terceira colocadas, respectivamente.

Além desta premiação, Duda já acumula com a Seleção Brasileira o título mundial de 2013 – quando foi eleita a melhor atleta da competição –,  além do ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007 e de 2011. Em Pequim 2008, ela participou da campanha brasileira que terminou com o 9º lugar nos Jogos Olímpicos. Esta é a segunda vez que o Brasil aparece no topo da premiação realizada pela IHF. Em 2012, a jogadora Alexandra Nascimento foi eleita a melhor atleta de handebol do mundo.

Incentivo ao esporte – Patrocinadores oficiais da Seleção Brasileira de Handebol (CBHb) desde 2012, os Correios já viabilizaram, em parceria com a Confederação, a criação de 15 núcleos do MiniHand, projeto social de iniciação à modalidade que ensina o esporte a crianças de escolas públicas. A iniciativa  já está implantada em seis Estados brasileiros, atendendo 420 crianças. O apoio da estatal ao handebol, esporte mais praticado nas escolas de todas as regiões do Brasil, tem sido fundamental para destacá-lo no cenário profissional e trazer novas conquistas para o País.

O apoio ao handebol também está alinhado ao Plano Brasil Medalhas, do Governo Federal, que tem por objetivo colocar o País entre os dez primeiros colocados no quadro de medalhas.


Esta entrada foi publicada em Patrocínios e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

4 respostas a Eduarda Amorim é eleita a melhor jogadora de handebol do mundo

  1. fabiano disse:

    os correios tem times de futebol,volei,basquete,mas nenhum te handebol,a não ser o torneio do ano passado,porque não montam um?

  2. anderson disse:

    aqui na dr spm,tem time de futebol campo,quadra, volei,e outros mais,treinam disputam campeonatos,mas não tem nenhum time de handebom nem tentam montar? porque? alguem pode falar?

  3. Correios disse:

    Fabiano,

    Geralmente não há equipes formadas, sendo que somente são montadas no momento de abertura dos Campeonatos regionais. Lembramos que caso o empregado tenha interesse em montar equipe, com vistas ao treinamento para participar de futuros campeonatos realizados nos Correios, pode solicitar à Área de Integração que irá orientá-lo quanto às modalidades atualmente disponíveis e outras informações adicionais.

  4. Correios disse:

    Anderson,

    A partir do patrocínio da empresa à modalidade, no ano de 2014 foi montado um campeonato conjunto Correios/Banco do Brasil e para tanto foi aberto inscrições para os empregados que tinham interesse em participar das equipes de handebol e que ficaram abertas até o dia 25/04/2014 conforme Correios Informa (edição 078/2014. Devido ao número de inscritos somente foi possível a montagem de 02 equipes (uma masculina e outra feminina) que foram formadas por nossos empregados.

    A modalidade também não faz parte do calendários de competições, tanto regional como nacional, do Programa Bem Estar no Trabalho e considerando as limitações orçamentárias temos trabalhado somente com as competições do SESI (com as modalidades definidas pelo organizador) e também as definidas pelo DERET (Programa Bem Estar no Trabalho).