Mostra endossa respeito aos direitos humanos e amplia debate contra a homofobia

O Espaço Cultural Correios Fortaleza apresenta, a partir desta sexta-feira (15),  a exposição “Condenados – no meu país, minha sexualidade é um crime”, que exibe 50 autorretratos e depoimentos contra a discriminação sexual. Colhido em pesquisas e contatos realizados em 80 países pelo fotógrafo e jornalista francês Philippe Castetbon, o material reúne imagens com rostos encobertos por mãos ou objetos, aliadas a fortes testemunhos do que enfrentam – ou têm que driblar – os retratados, habitantes de países como Bangladesh, Uganda, Síria, Iémen, Líbano, Etiópia e Granada, onde a homossexualidade é crime e destrato cotidiano.

Por meio de sua arte, Castetbon conseguiu exprimir a dualidade entre a necessidade de exposição dos retratados para encontros amorosos fortuitos, mesmo diante do medo de serem reconhecidos, e a discriminação, nada velada, que lhes pode tomar os direitos civis, quando não, as próprias vidas. Impactante e discriminatória, esta realidade também permeia e predomina nas histórias que acompanham as fotos, nas quais o jornalista e fotógrafo mostra como esses homens, condenados ao terror, humilhação, exclusão, prisão, violência, fuga ou morte, convivem com regimes de opressão e perseguição, e como a internet virou um escapatório alento.

Além da exposição, o projeto também amplia as discussões, por meio de outras atividades e visitas guiadas, incluindo duas monitorias especiais, realizadas pelo próprio curador, Philippe Castetbon, e abertas ao público nos dias 02 e 03 de junho, às 15h. Já no dia 23/06,  haverá o lançamento do livro “Condenados – no meu país, minha sexualidade é um crime”, às 19h, no Auditório do Dragão do Mar, seguido de debate em torno da temática “Os Direitos Humanos e a homossexualidade no Brasil e no mundo”. Ainda acontecerão outros dois encontros com as abordagens “Saúde física e psíquica das minorias sexuais” e “O papel social da arte”, nos dias 30/06 e 07/07, respectivamente, também às 19h, no Auditório do Dragão do Mar.

A exposição pode ser visitada gratuitamente até 8 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, de 8h às 12h.  O Espaço Cultural Correios Fortaleza fica na R. Senador Alencar, 38 – Centro.


Esta entrada foi publicada em Agenda cultural e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

3 respostas a Mostra endossa respeito aos direitos humanos e amplia debate contra a homofobia

  1. Cléber disse:

    Que interessante, a exposição seguirá depois para algum outro espaço ou centro cultural dos Correios ou será apenas em Fortaleza?

  2. Correios disse:

    Cléber,

    Ainda não temos essa informação. Caso a exposição siga para outra cidade, será informado aqui no Blog dos Correios.

  3. Leonardo disse:

    Seria legal…..tragam pro centro cultural daqui de Brasília…..