Áudio: Cartinhas do Papai Noel dos Correios já podem ser adotadas

Nos últimos três anos, o projeto realizou sonhos de mais de um milhão de crianças em todo o País

 Ouvir      |      Baixar

Repórter: Já começou a edição 2015 da campanha Papai Noel dos Correios. Criado há mais de 20 anos, o projeto tem o objetivo de incentivar a prática da escrita, por meio da redação de cartinhas dirigidas ao bom velhinho, ao mesmo tempo em que procura realizar sonhos de crianças em situação de vulnerabilidade social. Nos pedidos, tem de tudo: de carrinho e boneca a cesta básica e material escolar. Somente nos últimos três anos, a campanha ajudou a atender os pedidos de mais de um milhão de crianças em todo o Brasil. O chefe do Departamento de Relacionamento Institucional dos Correios, Alexandre Case, explica a importância da campanha.

Alexandre Case, chefe do Departamento de Relacionamento Institucional dos Correios: Essa campanha demonstra pra gente, pra sociedade brasileira, os Correios como um grande agente social do país. O Correio já desenvolve algumas campanhas de cunho social junto à população brasileira. E essa é talvez uma das maiores campanhas que nós colocamos em prática a cada ano. A campanha incentiva, principalmente, as crianças a participarem, possibilitando incentivar a educação, a leitura, a escrita, enfim, a cultura.

Repórter: Para participar, basta ir até uma das agências dos Correios participantes da campanha, escolher uma cartinha e comprar o presente pedido pela criança. Depois, o padrinho entrega o presente nos Correios, que vão providenciar o envio até o Natal. Para saber quais são as agências participantes no seu Estado, os horários de funcionamento e o período de adoção das cartas, basta acessar o site www.correios.com.br.

De Brasília, Kleber Farias


Esta entrada foi publicada em Áudio. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.