Coleta seletiva solidária dos Correios beneficia mais uma cooperativa

Os Correios firmaram mais um termo de compromisso com cooperativa que trabalha com a reciclagem de resíduos. Desde o início da semana, a Cooperativa de Reciclagem, Trabalho e Produção (CORTRAP) realiza a coleta de resíduos sólidos (papel, plástico, metal, vidro) no edifício-sede e nas unidades vinculadas à Administração Central, em Brasília. O contrato beneficia 40 catadores.

Além de promover a inclusão social e econômica das famílias de trabalhadores, a coleta seletiva e a reciclagem contribuem para reduzir o impacto ambiental das atividades dos Correios. As cooperativas são selecionadas por meio de chamada pública.

A coleta seletiva é praticada nos Correios desde 2002 e tem sido referência para órgãos públicos. Em 2006, ela foi instituída pelo governo federal por meio do Decreto nº 5.940/06. A norma estabelece que os resíduos recicláveis descartados e separados por órgãos e entidades da Administração Pública Federal, direta e indireta, devem ser destinados às associações ou cooperativas de catadores de materiais recicláveis.


Esta entrada foi publicada em Institucional, Responsabilidade Socioambiental e marcada com a tag . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.