Correios usarão capilaridade para conscientizar sobre combate ao Aedes aegypti

Nesta segunda-feira (1º), o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, participou de reunião com a presidenta Dilma e ministros para alinhar ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da Dengue, da Chikungunya e do vírus Zika. Engajada na campanha pela erradicação do mosquito, a estatal adotará as medidas estabelecidas pelo Decreto n° 8.662, publicado nesta terça-feira (2), no Diário Oficial da União.

Entre as ações previstas, está a distribuição de folhetos educativos pelos carteiros em residências e empresas de todo o País. São 60 mil carteiros que atuarão como multiplicadores, reforçando as formas de combate ao mosquito e a consequência da presença de focos e criadouros à saúde da comunidade. Os atendentes comerciais também entregarão material educativo nas mais de 6,4 mil agências próprias da empresa. “Os Correios estão engajados e colocarão seu exército de trabalhadores para ajudar a conscientizar a população nesta guerra contra os focos do mosquito”, assegurou Giovanni Queiroz.

Outra atividade que está sendo implementada pela empresa é a localização e eliminação, em todas as suas unidades, de locais que permitam o acúmulo de água e que possam ser utilizados pelos mosquitos para reprodução.


Esta entrada foi publicada em Institucional, Responsabilidade Socioambiental e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>