Correios lança guia técnico com recomendações sobre embalagens

Os Correios lançaram, na última semana, o “Guia Técnico de Embalagens Recomendadas pelos Correios – RPC”. O manual, já disponível no site da empresa, visa orientar o mercado quanto à produ­ção de embalagens, de forma a viabilizar a comercialização de caixas e envelopes no padrão Correios pela indústria gráfica, estabelecimentos comerciais e redes varejistas do País.

Além de divulgar as especificações técnicas, a iniciativa fornece recomendações e dicas sobre as melhores práticas de endereçamento e acondicionamento das encomendas. Um dos itens mais importantes do processo de postagem, a escolha de uma embalagem resistente, associada ao seu correto acondicionamento, proporciona segurança, proteção e integridade ao conteúdo, desde o seu encaminhamento até a entrega.

Proibições e restrições de conteúdo – Antes de utilizar os serviços dos Correios, é importante estar atento a algumas restrições, já que a aviação civil internacional e a legislação postal proíbem o transporte de certas substâncias. Em caso de dúvidas quanto à aceitabilidade do objeto para envio, o cliente pode consultar o Fale com os Correios ou solicitar informações em uma das agências de atendimento.


Esta entrada foi publicada em Negócios e Mercado e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

2 respostas a Correios lança guia técnico com recomendações sobre embalagens

  1. Wilson Alves Pereira disse:

    Fico imaginando porque os correios não exigem que os objetos postados estejam em embalagens padrões assim como objetos postados pela FEDEX e pela DHL.

    Sou funcionário já algum tempo e trabalho num CEE há 01 ano. No mês de agosto, especificamente no dia 18, fiz um levantamento sobre o quanto a empresa deixa de arrecadar por não exigir que ela mesma entregue as encomendas em embalagens padrões que fabrica ou que vende, …

    Certamente que o valor que aqui vou informar é um valor aproximado uma vez que usei para os meus cálculos, a média aritmética baseada em dados de que pude me dispor naquela ocasião. São R$ 34.020.000,00 por ano somente em meu estado, Minas Gerais. Certamente trata-se de um valor bruto, mas de qualquer forma é um valor muito significativo, já que, aproximadamente em média, 2% das encomendas que nós entregamos, no CEE Pampulha, Belo Horizonte- MG estão acondicionadas em caixas com o logotipo da empresa ” Correios “.

  2. Carlos Alberto disse:

    Amigo, os correios não conseguem nem abastecer as agências com suas próprias caixas a muito tempo, que dirá obrigar a utilizar as suas caixas como padrão!
    A finalidade da embalagem para que seja possível o transporte e a entrega da encomenda ao seu destino, ponto final. O tempo das vendas casadas acabou