Itens perdidos nos Jogos Rio 2016 ainda estão disponíveis para retirada

Os Jogos Rio 2016 estão chegando ao fim, mas os documentos e objetos encontrados nas arenas de competição ficarão disponíveis para retirada nas agências centralizadoras dos Correios localizadas no Rio de Janeiro e nas cidades-sede do futebol – Manaus, São Paulo, Salvador, Brasília e Belo Horizonte – até 30 dias após o encerramento dos Jogos Paralímpicos.

Até o momento, a estatal está armazenando cerca de cinco mil itens recuperados dentro das instalações Olímpicas e Paralímpicas. Os mais comuns são óculos, carteiras, chaves, aparelhos celulares, casacos e bandeiras. Mas há também objetos inusitados, como skates, alianças de casamentos, mamadeiras, carrinhos de bebê, dentaduras, muletas e até uma cadeira de rodas.

Para saber se um documento ou objeto perdido na Rio 2016 está nos Correios, o torcedor pode contatar o call center da estatal pelo número 3004-2016. Essa consulta evita idas desnecessárias à agência e reduz o tempo de espera para retirada do item.

No show – Os passaportes e documentos estrangeiros que não reclamados pelos proprietários até a data limite para retirada serão encaminhados ao Centro Integrado de Comando e Controle da cidade onde foram localizados. As prefeituras dessas cidades ficarão responsáveis pelo contato com o consulado ou embaixada do país de origem dos mesmos.

No caso dos documentos nacionais, aqueles que permanecerem sob a guarda dos Correios após o prazo serão devolvidos aos órgãos emissores, e os objetos, ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.


Esta entrada foi publicada em Institucional e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Uma resposta a Itens perdidos nos Jogos Rio 2016 ainda estão disponíveis para retirada

  1. Luana disse:

    Não encontro o site para o cadastro do Jovem aprendiz