Jovens em situação de vulnerabilidade social visitam Museu Correios

Ao longo desta semana, o Museu Correios tem recebido a visita de jovens atendidos pela Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), entidade que possui programas de inclusão social por meio do trabalho. Os grupos são formados por jovens entre 14 e 24 anos que vivem a experiência do primeiro emprego com carteira assinada e direitos assegurados pela Lei 10.097/2000.

De acordo com o professor de formação profissional Cleisson Peres, a experiência é uma forma de aproximar os jovens do universo da arte. “É interessante porque nós trabalhamos com jovens em vulnerabilidade social, em medida socioeducativa, que não têm a oportunidade de ter acesso à cultura. A visita ao Museu é uma forma de mostrar a eles a importância que isso tem na formação humana”, destacou.

Impressões – Na exposição Poteiro Por Inteiro, as telas coloridas do artista chamaram a atenção da turma, bem como as esculturas. A aluna Isabela Linhares conta que foi a primeira vez que visitou uma exposição e se surpreendeu: “Eu achei interessante, porque são opiniões diversas, o artista retrata várias coisas ao mesmo tempo, você encontra um pouquinho do mundo em cada obra dele. Tem que passar um tempinho olhando, pensando, mas é muito bom, é gratificante”, concluiu.

A exposição Poteiro por inteiro reúne esculturas e pinturas de Antonio Poteiro, um dos artistas brasileiros de maior repercussão dentro e fora do país, notadamente no domínio da arte naïf, popular, ingênua e ínsita, na qual se firmou, em seus últimos anos de vida, como o número 1 no Brasil.

A visitação é gratuita e segue até 8 de fevereiro, de terça a sexta, das 10 às 19h e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. O Museu Correios está localizado no SCS quadra 4, bloco A, 256, – Asa Sul, Brasília.


Esta entrada foi publicada em Institucional e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *