Seminário internacional sobre Desenvolvimento Urbano

Os Correios patrocinaram o Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Urbano, promovido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José do Rio Preto e Região. O evento, que ocorreu nos dias 26 e 27 de abril, em São José do Rio Preto (SP), debateu as políticas de desenvolvimento urbano e as soluções para os problemas de moradia, saneamento, transporte, meio ambiente, entre outros temas sociais.

O diretor Regional de São Paulo Interior dos Correios, Joseph de Faro Valença, participou da abertura do seminário e destacou a importância dos Correios estarem presentes nas discussões sobre gestão e desenvolvimento sustentável no País.

A troca de experiências e o diálogo sobre temas relativos ao desenvolvimento urbano são importantes para a reflexão do futuro das cidades cada vez mais populosas. Os Correios possuem um importante papel neste contexto, que é o levar aos bairros recém-criados a inclusão postal.


Esta entrada foi publicada em Negócios e Mercado e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

2 respostas a Seminário internacional sobre Desenvolvimento Urbano

  1. JR disse:

    De novo… , … será que ao patrocinar este evento a ECT, tinha em pauta a discussão de desenvolvimento postal integrado as necessidades urbanas, ou simplesmente patrocinou… não seria mais conveniente os correios promoverem um seminário próprio, com o temo: “Desenvolvimento Postal Sustentável – Desafios e Soluções”.

  2. Carlos Reike disse:

    Para a melhoria do desenvolvimento urbano são necessários investimentos no transporte, saúde, educação, saneamento básico e politicas públicas de segurança. Para isso, além das boas idéias e intenções é necessário investimentos, ou seja, dinheiro.
    Uma das maiores fontes de arredação dos municípios são os impostos, em especial ISSQN.

    Nesse contexto a Sociedade de Educação e Cultura de Rio Preto, a Unirp, local onde ocorreu o referido Seminário, foi executada pela Prefeitura Municipal de Rio Preto, e terá que pagar impostos atrasados no valor de 18 milhões de reais. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Jose do Rio Preto).

    Com esse dinheiro quanto poderia ter sido feito em prol do desenvolvimento urbano de Rio Preto, não é mesmo!!!