Áudio: Correios focados no e-commerce

Ouvir       Baixar

Comércio eletrônico trouxe bons resultados para o segmento de encomendas dos Correios 

Continue lendo

Repórter –  Os resultados de encomendas dos Correios em 2016 comprovam a importância do comércio eletrônico para a empresa e sinalizam o foco de atuação para os próximos ciclos. Só no ano passado, a estatal recebeu a postagem de 16 milhões de objetos a mais comparado a 2015.

Na Black Friday, principal ação promocional do e-commerce, o volume de encomendas nos Correios cresceu em torno de 10%. O número demonstra que a empresa continua operando bem neste segmento, principalmente se for considerado o crescimento de 4% do número de pedidos da Black Friday deste ano em relação a 2015, conforme dados do e-BIT.

Atualmente, todos os serviços de encomendas, seja de entregas expressas ou não, são utilizados pelos lojistas virtuais e pelos consumidores finais para o envio e recebimento dos produtos adquiridos via web, atendendo às diferentes necessidades de preços e prazos.

Para reforçar o compromisso de parceria dos Correios com este setor, em 2017 serão direcionados esforços para desenvolvimento de soluções e adequação da oferta de serviços de encomendas para o e-commerce.

De Brasília, Amanda Madureira


Esta entrada foi publicada em Áudio e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Uma resposta a Áudio: Correios focados no e-commerce

  1. Consumidor Insatisfeito disse:

    Concordo plenamente !!!
    Os Correios precisam realmente concentrar esforços para reforçar o compromisso com este setor em 2017, porque o ultimo trimestre de 2016…. foi lastimável.

    Vários amigos não receberam encomendas natalinas que adquiriram em sites de compras no exterior. Os objetos foram postados em novembro e dezembro e, segundo rastreio dos Correios, logo foram liberados pela RF em Curitiba mas depois… simplesmente “sumiram”.

    Como assim ?
    A resposta dos Correios é sempre a mesma: “não localizado no fluxo postal”.
    Eu mesmo não recebi 03 objetos, pois foram extraviados e “fiquei a ver navios”.

    Quem aposta que em 2017 este serviço dos Correios vai ser mais eficiente ?
    E quem aposta que não ?

    Um “Feliz Natal” para os Correios !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *