Correios reduz preço de frete e começa operação de e-fulfillment em Brasília

Os Correios anunciaram, nesta quinta-feira (16), o início da operação de e-fulfillment (armazenagem e atendimento de pedidos) em Brasília, destinada ao comércio eletrônico. O anúncio foi feito durante o Ciclo MPE, na sede nacional do Sebrae, e promovido pela Câmara Brasileira do Comércio Eletrônico (Câmara e-net). Com a solução, lojas virtuais podem armazenar seus produtos nos Correios, que farão a gestão do estoque e atenderão aos pedidos realizados na web. Dentre diversas vantagens ofertadas, destacam-se o fornecimento gratuito de embalagens e preços mais baixos para os envios. A redução média no preço do frete é de 50% nas modalidades expressas e econômicas, na comparação com os preços ofertados nas tabelas em que a forma de pagamento é à vista.

fotoO centro de armazenagem de Brasília possui pé direito de 12 metros, 5 mil posições de palete e área de 10 mil m2. A operação, que está em fase de piloto, já foi iniciada com a Kamaleão Color, uma MPE da capital federal. Outras empresas interessadas na solução já podem fazer seu cadastro em http://blog.correios.com.br/correioslog .

“Vamos continuar apoiando cada vez mais o comércio eletrônico no Brasil, como sempre fizemos. Ampliamos nossas etapas de atendimento às lojas virtuais e agora, além de distribuição e logística reversa, estamos oferecendo armazém e atendimento de pedidos a custos baixos e simplificados. Com isso as pequenas empresas ganham competitividade e conseguem se fortalecer no mercado”, afirmou José Furian Filho, vice presidente de logística dos Correios.

O armazém em Brasília é o segundo fulfillment center iniciado pela estatal. Em setembro do ano passado, os Correios iniciaram as operações em Cajamar (SP). As cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e Recife serão as próximas a receberem o armazém dos Correios, ainda neste semestre.

Sobre o novo produto: A solução Correios Log – Comércio eletrônico prevê a oferta do serviço de e-fulfillment às lojas virtuais, desde a armazenagem e atendimento de pedidos até gestão de estoque e distribuição. Sem cota mínima mensal de faturamento, os Correios ainda oferecem gratuitamente as embalagens para os envios. A tabela simplificada permite uma precificação rápida para as MPEs e transforma custos fixos mensais em custos variáveis (R$ 0,72 por item armazenado/mês e R$ 3,53 para cada pedido atendido).


Esta entrada foi publicada em Negócios e Mercado. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Uma resposta a Correios reduz preço de frete e começa operação de e-fulfillment em Brasília

  1. Judite pereira da Rosa disse:

    Parabens para nossa empresa por mais esta conquista deixo abaixo apenas uma frase:

    É pra frente que se anda, é pra cima que se olha e é lutando que se conquista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *