Correios inicia processo de rescisão de contrato com CBDA

Parceiros da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos há mais de 20 anos, os Correios lamentam os últimos acontecimentos envolvendo essa entidade. Para a estatal, já havia sido uma decisão difícil reduzir o patrocínio à CBDA em 2016 por questões orçamentárias, uma vez que esse investimento objetiva apoiar atletas de ponta e também implantar projetos sociais pelo Brasil.

Agora, em razão do impacto negativo e do desgaste à imagem da empresa, os Correios estão tomando as medidas legais cabíveis e previstas contratualmente para rescindir o atual contrato de patrocínio, cuja vigência seria pelo período 2017/2019.


Esta entrada foi publicada em Patrocínios. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

11 respostas a Correios inicia processo de rescisão de contrato com CBDA

  1. afonso celso de carvalho simoes disse:

    Em vez de rescindir o contrato, por que não usar a força dos correios para exigir a punição dos cartolas nas áreas penal e civil?
    O esporte não pode pagar o pato novamente.
    Afonso

  2. Wilson disse:

    Considerando a atual crise que a empresa enfrenta, entendo que todos os patrocínios deveriam ser interrompidos.

  3. carlos marques disse:

    Muito correta essa posição da Empresa.

  4. Os Correios poderiam rever a política de patrocínios tendo em vista a atual conjuntura econômica em que vive o país. O patrocínio para o esporte é importante. Talvez fosse salutar o debate para outras áreas, como por exemplo na cultura e na educação.

  5. BMO disse:

    Eu não sei como esta em questão financeira o correio, porém quem sofre com isso são os atletas menos culpados nessa história.

  6. disse:

    Como uma empresa que incorre em prejuízos anuais pode bancar patrocínio a qualquer coisa? Isso independe de ser para esporte, cultura, educação etc.

  7. Eduardo F da Rosa disse:

    mais uma vez temos a nome da empresa envolvida, seja direta ou indiretamente, a ECT vem perdendo credibilidade não devido aos seus funcionários mas por atitudes dos gestores deste tipo, até quando isso vai durar ?

  8. Acredito que a empresa esta completamente certa

  9. alan disse:

    Uma decisão correta,
    porém acho que a administração por meio de indicação politica,
    causa um prejuízo maior ao cofre da instituição,
    a propinocracia instalou-se em nosso país

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *