Correios e CBHb lançam projeto social em Jundiaí

Os Correios, em parceria com a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), lançaram nesta segunda-feira (8), em Jundiaí (SP), o projeto “Núcleo Correios de Handebol – Preparando Mãos para o Futuro”. A iniciativa, que tem como principais objetivos incentivar a prática esportiva e contribuir para a formação de crianças, contará também com apoio da Prefeitura de Jundiaí e do Jundiaí Handebol Clube.

No evento de lançamento do projeto, realizado no Centro Comunitário do Jd. Tamoio, a diretora do Departamento de Esporte de Formação e Rendimento da Prefeitura de Jundiaí, Rita Orsi, destacou que “este será um marco para o esporte da cidade, ainda mais por ter a chancela da CBHb e por permitir a formação humana, e não apenas esportiva das crianças”.

Representando os Correios, o gerente da Região de Vendas de Sorocaba (SP), Cesar Tadeus Menezes Reis, ressaltou “a satisfação da empresa em ajudar a promover a melhoria da qualidade de vida de crianças, estimulando valores como amizade, espírito de equipe, disciplina e respeito”.

Incentivo – O Núcleo Correios de Handebol – Preparando Mãos para o Futuro atenderá 30 crianças – meninos e meninas entre 9 e 11 anos, que estarão na sede do projeto três vezes por semana. Além do incentivo à prática esportiva, os participantes terão atividades como visita a museus, ida a partidas de handebol, reforço escolar e rodas de conversa, o que lhes proporcionará melhor desenvolvimento e formação cidadã.


Esta entrada foi publicada em Patrocínios e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

5 respostas a Correios e CBHb lançam projeto social em Jundiaí

  1. Carlos Wemerson Alves de Lima disse:

    Sou praticante do Handebol desde os 12 anos. hoje com 41 anos, ainda sinto o mesmo prazer em jogar e praticar essa atividade da mesma maneiro, quando pisei numa quadra pela primeira vez. É um esporte que fascina e que apaixona. Quem conhece e começa a praticar não quer deixa-lo nunca mais.
    O Handebol ensinou-me a trabalhar em equipe e ser mais coletivo na vida pessoal.

  2. ERINALDO MONTEIRO SILVA disse:

    Participei dos Jogos Estudantis Brasileiros (JEBS) 1985 pela seleção Baiana de handebol, em uma época que viajavamos em ônibus precários, pouco insentivo e dormiamos em tatames no chão dentro de colégios. Era uma época romântica que me ensinou muitas coisas. Hoje vejo esse esporte ganhando vulto de reconhecimento nacional e internacional e fico feliz pela empresa em que hoje atuo apoiar iniciativas de valorização

  3. Josenilton Alves Santos disse:

    Bom dia!

    Excelente iniciativa,que pode ser implementado em todos os estados do país.
    Por se tratar de uma modalidade pouco disseminado, nas escolas e clubes como modalidade esportiva.

  4. Lucas Custódio disse:

    Olá, sou atleta de handebol e atuo como auxiliar técnico da a modalidade o feminino em a minha cidade. Como faz para trazer este projeto social para nosso município?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *