Entidades do terceiro setor podem receber doações feitas em agências dos Correios

A rede de agências dos Correios, presente em todos os 5.570 municípios do Brasil, pode ser usada para captar doações a entidades do terceiro setor. A solução não exige boleto bancário; basta que o doador utilize um código de barras, fornecido pela entidade, e se dirija a uma agência da estatal. Os Correios cobram R$ 1,38 para cada doação efetivada.

O serviço é apenas um dos benefícios da Solução Integrada para Captação de Recursos, lançada pelos Correios na quinta-feira (18), em São Paulo, durante o 9º Festival ABCR, organizado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos.

O evento, voltado a entidades do terceiro setor, reuniu diversos potenciais clientes. A apresentação do novo serviço dos Correios foi realizada pelo gerente de Marketing Postal e Vendas, Fauzi Tauaf Toute, e contou com abertura do assessor da presidência dos Correios, Geraldo Thadeu Pedreira dos Santos.

A solução logística completa oferecida pelos Correios para entidades realizarem a captação de recursos envolve comunicação com os doadores, gestão completa de brindes de fidelização (incluindo coleta no fornecedor, armazenagem, preparação e atendimento pós venda) e prospecção de novos doadores, entre outros benefícios.

Credibilidade – A apresentação demonstrou como a solução integrada une serviços de eficiência já reconhecida pelo mercado – como a mala direta, a logística reversa e a carta-resposta – a novidades como o Correios Listas, disponível na Grande São Paulo e cidades do litoral, que permite ao cliente selecionar seu público alvo por segmento de negócio.

O gerente apresentou dados de pesquisa realizada pelos Correios em 2015 com clientes de agências, que mostra que a à maior parte prefere receber panfletos e mala direta em casa ao invés de na rua ou nos semáforos, bem como que consideram essa forma de comunicação a mais confiável, em comparação a informações divulgadas em TV, rádio, jornais, revistas e internet ou recebidas por e-mail.

Entre os diferenciais oferecidos pelos Correios, foram destacadas a credibilidade e a presença nacional. No caso do uso das agências como ponto de captação de doações, por exemplo, o doador tem a comodidade de contar com um local próximo e a certeza de que sua doação chegará ao destino, enquanto o captador ganha ao ampliar os pontos de recebimento.

A nova solução lançada pela empresa é mais uma ação que visa rentabilizar a rede já instalada da estatal, gerando mais receita por meio da diversificação dos serviços disponibilizados à sociedade.

 


Esta entrada foi publicada em Negócios e Mercado e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

2 respostas a Entidades do terceiro setor podem receber doações feitas em agências dos Correios

  1. Ana Paula disse:

    Gostaria de informações sobre o processo de doação pelo correio.
    Como a entidade pode participar.

    • Correios disse:

      Ana Paula,

      Recebemos contato do GACC também por meio de nossa regional em São Paulo. A área comercial de São José dos Campos irá entrar em contato com vocês para agendamento de reunião e detalhamento da solução Captação de Recursos em Agência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *