Mutirão coloca em dia a entrega de cartas e encomendas

Os Correios realizaram neste final de semana (22 e 23) um mutirão nacional para colocar em dia a entrega de cartas e encomendas. Cerca de 25 mil trabalhadores participaram do mutirão, entre eles, mais de 22 mil carteiros e 2,8 mil funcionários administrativos realocados para a atividade. Foram triadas e entregues 23,7 milhões de cartas e encomendas.

A ação faz parte do plano de contingência da empresa para garantir a prestação de serviços à população durante a paralisação de parte dos trabalhadores. A rede de agências no País está aberta e funciona normalmente, sendo, também, uma alternativa de atendimento bancário, por meio do Banco Postal.

Todos os serviços de entrega dos Correios, inclusive o SEDEX, estão disponíveis, com exceção dos que têm “hora marcada” (SEDEX 10, SEDEX 12 e SEDEX Hoje e o Disque-Coleta) destinados a São Paulo capital e região metropolitana, Tocantins, Distrito Federal, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. No Rio de Janeiro, estão suspensos apenas a entrega de SEDEX Hoje e o Disque-Coleta.


Esta entrada foi publicada em Institucional e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

18 respostas a Mutirão coloca em dia a entrega de cartas e encomendas

  1. Gilmar Farias disse:

    Que legal.. A empresa está unida para um propósito de unir as categorias, tanto administrativo, como carteiros e atendentes. Desse modo, gostaria de saber se estão sendo contratados novos funcionários nesse período tão difícil de greve. E o novo concurso sai quando..?
    Parabéns, a todos que ficaram trabalhando como aqueles que estão lutando por um direito.
    att

  2. sonhador disse:

    ESSSE MULTIRÃO NAO FUNCIONOU PARA MIM POIS ESTOU COM AS MINHAS FATURAS TODAS ATRASADAS

  3. sonhador disse:

    SE OS CORREIOS DESSEM VALOR AOS SEUS FUNCIONARIOS NAO HAVERIA NESCESSIDADE DE GREVE

  4. Fabiano disse:

    Impressionante como “meia dúzia de funcionários parados” causa interrupção de serviços.Significa que o efetivo está baixo. E que o carteiro está sobrecarregado. E que tem muita gente em funções administrativas ganhando muito e fazendo pouco. Convido vocês a refletirem…

  5. Carequinha (MG) disse:

    Se valorizasse os funcionários não teria greve, logo não precisaria de mutirão.

  6. Carequinha (MG) disse:

    Fabiano,
    São tipo de trabalhos diferentes com complexidades diferentes, logo têm remuneração diferente. Teoricamente, o salário é baseado na escolaridade e complexidade da atividade e não no esforço despreendido.

  7. Pensador disse:

    Carequinha,

    O colega não se refere ao esforço ou à complexidade do serviço. No setor administrativo da empresa está cheio de empregados que não fazem nada e a chefia nem se lembra mais que eles tem função. Isso custa muito caro para a Empresa. No operacional, se o cara enrolar está fora.

  8. Monica disse:

    Que mentira, minha encomenda saiu de um lugar no sábado pra ficar parado em outro na semana sendo que ambos os lugares ficam muito próximos a minha residencia, pior eu não posso buscar o que é meu, o que faz a gente se sentir refém de vocês, não tenho nada contra reivindicar seus direitos mas façam pelo que vocês apresentaram de bom não pelo que vocês podem fazer de pior, eu não pretendo usar mais os correios para entregas graças a deus existem as transportadoras, as pessoas se cansam e quando vocês se tornarem inúteis nem emprego vão ter mais pra reivindicar aumento, cada um tem o patrão que merece.

  9. Adriana P disse:

    Se Correios esta realmente preocupado com a POPULAÇÃO que é a mais prejudicada com a GREVE, por que o “Plano de contingencia só acontece depois que Unidades de entrega estão atoladas de cartas e objetos em atrasos. o plano de Contingencia não deveria começar aparecer apartir do momento da PARALIZAÇÃO??? Fica um pouci Ilógico usar quase uma semana depois do movimento acontecer.

  10. LM disse:

    Também seria muito bom que os dirigentes tratassem os empregados que estão dispostos a auxiliar no multirão com respeito e não enviassem uma mensagem nos termos utilizados, como se fossem “donos” dos empregados. O tempo de escravidão acabou a muito tempo e todos os que continuam trabalhando normalmente merecem o devido respeito.

  11. Sandro Rafael Rodrigues disse:

    Engraçado , ouvir isso . Pois todo ano em nosso dissidio ouvimos os mesmos absurdos , o que a população não sabe é que toads as transportadoras ,recorrem aos serviços dos correios por ter-mos uma malha postal ampla .

  12. Ataliba disse:

    Sandro,

    eu ainda acho que o melhor caminho é a queda do monopólio. Temos direito de escolher quem nos presta serviço.

    De resto, continuem lutando, porque eu mesmo já estou no preju …

  13. MINEIRO disse:

    Com certeza esse multirão colocou em dia as entregas de correspondências , porém pergunto como foram entregues ? Vencidas ? No endereço correto ? Certamente que não pois meu carteiro é insubstituível , ele conhece toda a numeração irregular da minha rua , todos os nomes de logradouro e tenho certeza que empregados de outra área não o substituiria com a mesma qualidade . Correios , vocês deveriam mudar a distribuição domiciliar para a manhã , é desumano entregar neste sol do periodo da tarde . O gabinete da chefia deve ter ar condicionado , só por isso não mudam ! Muda Brasil!!!!!!!!!

  14. WELINGTON GRACIANO disse:

    TEM UMA PONTINHA DE INDIGNAÇÃO AÍ, LM?

  15. Mais um... disse:

    Ataliba,

    A que monopolio vc se refere???

    Porque, se for do de encomendas, NAO HA MONOPOLIO, o cliente tem a livre opcao, mercado aberto.

    Resta saber se as empresas de logistica vao entregar encomenda no interior, o que acho dificil, pois hj elas ja usam os Correios para tal.

  16. Gilmar Farias disse:

    olá bom dia correios

    Nesse plano contigência como e que funciona? A empresa tem contrato novos funcionários como também temporários nessa situação tão complicada de greve?
    Parabéns a todos que estão possibilitado a entrega de cartas..

  17. Ataliba disse:

    De serviços postais, isto ficou bem entendido quando se diz monopólio, já que o correio detém isto, não é ?
    ( http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u605420.shtml)

    Eu sou a favor desta quebra de monopólio.

    O restante, realmente, que bom que temos opção. E nem sempre são entregues pelo correio.

    Eu mesmo já usei transportadoras para entregar coisas para amigos/parentes no interior que não usam os correios.

  18. ROSANGELA disse:

    DEVERIA É CONTRATAR MAIS FUNCIONÁRIOS