Selo dos Correios comemora 50 anos da Funai

Os Correios lançaram, na última terça-feira (5), selo e carimbo comemorativos pelos 50 anos da criação da Fundação Nacional do Índio (Funai).  Principal executora da política indigenista do governo federal, a Funai tem a missão de proteger e promover os direitos dos povos indígenas, o desenvolvimento de políticas sustentáveis, além da demarcação, regularização e registro das terras ocupadas por esses povos.

A cerimônia de lançamento foi realizada na sede da Funai, em Brasília, e contou com a presença do vice-presidente de Administração dos Correios, Demétrius Torres Guiô, do presidente do órgão, Franklimberg Ribeiro, do cacique do Fórum dos Terenas (MS), Janis Reginaldo, e da diretora de Proteção Territorial da Funai, Azelene Inácio, entre outros. 

Segundo Demétrius Torres Guiô, para os Correios é uma grande honra celebrar os 50 anos da entidade, que tem a difícil missão de promover e proteger os povos indígenas. “Os Correios também contribuem para a preservação e difusão da história do Brasil, por meio de ações filatélicas como essa, que homenageia a simbólica Funai. A partir de agora, a Funai e o importante trabalho por ela desenvolvido nesse meio século de criação passa a integrar o rico acervo filatélico nacional”. Azelene Inácio agradeceu aos Correios. Para ela, a importância do evento está ligada ao trabalho realizado pelo órgão e em relação à diversidade do país. “O Brasil é diverso. O Brasil dos povos indígenas é um Brasil de muitos brasis e de cada povo indígena. É preciso repensar a política indigenista para que ela possa contemplar essas diversas etnias. E conquistar da autonomia dos povos indígenas, onde o respeito a cada realidade passa pelo nosso trabalho”.

Para o presidente da Funai, o lançamento do selo evidencia que o trabalho promovido pelo órgão é perene. “São 305 etnias. São 374 idiomas falados por essas etnias. Essa população indígena ocupa hoje 14% do território nacional. Hoje, essas são as áreas mais preservadas do nosso país. E toda essa responsabilidade é atribuída aos servidores da Fundação Nacional do Índio, a quem faço meu agradecimento pelo trabalho em prol da política indigenista nacional. As pessoas passam, mas a instituição fica. E nosso muito obrigado aos Correios, por essa celebração e por essa oportunidade”.

O cacique Janis Reginaldo fez um agradecimento emocionado, onde lembrou a importância da história da Funai. “Não falo aqui em nome de outras comunidades. Estou aqui representando o povo terena, com tantas diferenças entre cada etnia. Mas como ser humano, uma pessoa só. Eu sou grato por esse momento. Jamais vou esquecer. É um momento inédito. Tem uma história que construiu isto aqui. E que não fica só nisso. Essa é uma missão muito árdua, ainda mais no momento que passa o Brasil. Levarei essa novidade para a minha comunidade”.

O selo dos 50 anos da Funai apresenta o desenho do mapa do Brasil formado por objetos da cultura indígena e traz abaixo os dizeres “Funai – 50 anos de promoção e proteção dos direitos dos povos indígenas”.


Esta entrada foi publicada em Filatelia e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *