Resposta dos Correios a editorial publicado em O Globo

A respeito do editorial “Candidatos precisam debater o déficit nas estatais”, publicado nesta segunda-feira (27), em O Globo, consideramos imprescindível, para melhor compreensão do leitor, a elucidação de alguns pontos abordados no texto.

Ao contrário do que informa o editorial, os Correios não são dependentes do Tesouro Nacional. A empresa se mantém com receitas próprias, geradas por suas atividades, que abrangem a oferta de serviços postais e de encomendas, correspondente financeiro e de logística integrada, dentre outros.

Após quatro anos consecutivos de prejuízos, os Correios registraram lucro de R$ 667 milhões no balanço contábil de 2017. A empresa também apresentou lucro líquido de R$ 111 milhões no 2º trimestre de 2018. Esses resultados foram possíveis graças ao processo de reestruturação institucional, em curso desde 2016, que tem foco na otimização da gestão e no apurado controle de despesas para garantir a sustentabilidade da empresa.

Os Correios estão promovendo, ainda, uma cultura de compliance, com a conscientização e educação dos empregados e dos demais stakeholders quanto à adoção de comportamento ético e íntegro. No início deste ano, foi implantado o Programa de Integridade da empresa, que contempla mecanismos internos de prevenção e combate à corrupção, desvios, fraudes, irregularidades e demais atos ilícitos.

Por fim, é fato que o volume de mensagens vem tendo uma queda expressiva nos últimos anos. Diante desse cenário, os Correios estão mudando sua mentalidade de negócio, migrando do monopólio para o concorrencial. Hoje, o segmento de encomendas é responsável por 55% da receita total e já supera o monopólio, cuja receita é de 45%. Ainda atenta ao novo cenário, a empresa está diversificando seus negócios, a exemplo da oferta do Correios Celular, em parceria com a EUTV, e da joint venture com a empresa aérea Azul, que potencializará a malha aérea nacional e permitirá aos Correios oferecerem novos produtos a preços mais competitivos e prestarem serviços cada vez mais eficientes, melhorando a experiência dos seus clientes.


Esta entrada foi publicada em Institucional e marcada com a tag . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.