Correios forma jovens aprendizes

Com muita comemoração e emoção, foi realizada na última sexta-feira (28), na sede dos Correios em Brasília, a formatura da 8ª turma do Programa Jovens Aprendizes dos Correios. A cerimônia marcou o encerramento do ciclo de aprendizagem 2017/2018, além de permitir o encontro dos jovens com os colegas da empresa com quem conviveram por um ano — e de onde todos saem com um certificado de conclusão do curso de assistente administrativo —, os familiares e os representantes das instituições parceiras.

Realizado em parceria com o Senai, instituição qualificadora dos estudantes, a partir do próximo ano será implantado o curso de assistente em logística para os participantes do Jovem Aprendiz  em nove estados.

Osmany Miranda, representante do Senai DF, agradeceu a participação de todos e disse que esse é um momento para eles refletirem sobre tudo o que aprenderam durante um ano. “Dentro de todo esse processo, há um aperfeiçoamento pessoal, no conhecimento. E isso é o que ficará para eles. Alguns deles, durante um período, chegaram a sustentar a família com o salário de aprendiz. Por isso parabéns a cada um. Vamos continuar formando pessoas que vão fazer diferença profissionalmente daqui para a frente”.

Amanda Cristina da Silva Jesus, de 18 anos, estudante do CEM 2, em Planaltina, conta que este ano foi incrível. Ela diz que nesse tempo amadureceu bastante e que, apesar da tristeza, pois acabou se apegando às pessoas com quem conviveu, o fim do curso é uma realização. “A gente chega aqui vazio e sai tão cheio de experiências, que quando vai para outro trabalho, já chega com algo para mostrar e as pessoas percebem isso na gente”, contou. Além dos planos para continuar trabalhando ou talvez fazer um concurso, ela conta que pretende fazer o Enem e cursar contabilidade.

Veronica Hitzschky Bastos, gerente do Departamento de Gestão de Pessoas dos Correios, explica que o programa começou muito antes de ter o formato atual, em 2011, quando a empresa já fazia a seleção de jovens aprendizes. Ela conta que é comum achar que quem está deste lado é que irá ensinar tudo para eles, sobre como é estar no mercado de trabalho, principalmente numa empresa grande como os Correios.

No entanto, ela diz que muitas vezes são os jovens aprendizes que trazem oxigenação para a empresa, junto com todo o seu vigor e proatividade. “Eles chegam muito ansiosos e cheios de expectativa sobre como conseguir se inserir na equipe em que irão atuar. Mas, no fim do curso, muitos deles saem daqui motivados e até com um trabalho em outra empresa”.


Esta entrada foi publicada em Responsabilidade Socioambiental e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.