Correios comemora 356 anos e Dia do Carteiro

Nesta sexta-feira (25), os Correios comemoram 356 anos de serviço postal no Brasil e também dedicam o dia a um dos profissionais responsáveis pela credibilidade e reconhecimento da população à instituição: o carteiro.  A data resgata a memória da criação, em 25 de janeiro de 1663, do Correio-Mor no Brasil, cujo primeiro titular foi Luiz Gomes da Matta Neto, que já era o Correio-Mor do Reino, em Portugal.

No entanto, o serviço de carteiro, tal como é conhecido hoje, somente teve início no país, no período da Regência, no século XIX. O passo inicial para que isso ocorresse foi dado por Paulo Bregaro, considerado o primeiro carteiro do Brasil. O mensageiro entregou a D. Pedro I, no dia 7 de setembro de 1822, correspondência da Imperatriz Leopoldina informando sobre novas exigências de Portugal. Ao recebê-la, às margens do Riacho do Ipiranga, D. Pedro reagiu às imposições da Corte e declarou no ato a Independência do Brasil, associando assim os Correios a um dos mais importantes momentos brasileiros. Por seu feito, Paulo Bregaro é o patrono da empresa.

Desde então, faça chuva, sol, calor ou frio, os cerca de 57 mil carteiros cruzam o país, de norte a sul. A pé, de bicicleta, carro ou barco, eles percorrem juntos, diariamente, quase 24 voltas completas ao redor da Terra, nos 5.570 municípios brasileiros.

Evento

Para celebrar a ocasião, os Correios realizaram, ontem em Brasília, cerimônia com carteiros de todos os estados do Brasil. O evento contou com a presença do presidente da república em exercício, Hamilton Mourão, o presidente dos Correios, Juarez Cunha, e o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Julio Francisco Semeghini Neto, que representou o ministro Marcos Pontes.

O presidente em exercício lembrou a importância que os Correios tiveram em uma fase de sua vida. “Durante sete anos, meu meio de comunicação com o mundo foi a carta. Foram três anos de internato e quatro de academia militar e era por meio de carta que eu me comunicava com minha família e com minha então namorada, hoje minha esposa”, contou Mourão.

Já o presidente dos Correios enalteceu o papel da empresa na história do país. “Desde janeiro de 1663, os Correios cumprem a missão de encurtar distâncias, como agente de integração nacional”, afirmou. “O que não muda é a importância dos carteiros e o respeito da população por esses homens e mulheres que conectam a nação, seja no dia a dia dos grandes centros urbanos ou nas pequenas cidades do interior, onde ninguém mais chega, só os Correios”, enfatizou o general, que ressaltou ainda a melhora da qualidade operacional da empresa, que passou de 83% para 99% no último ano.

Durante a cerimônia, também foi exibido o primeiro episódio da série “Isso é o que nos move” que mostra história de vidas inspiradoras contadas pelos empregados dos Correios. Em seguida, o carteiro Marcos Paulo Franco da Silva, do CDD Brasília Asa Sul (DF), entregou uma carta ao presidente da república, em que apresenta os Correios e ressalta a importância da empresa para a sociedade.


Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.