Gatos estampam selos da Romênia

Impossível não se apaixonar por estes selos postais que os correios da Romênia colocam em circulação nesta sexta-feira (7). A emissão Gatos com certeza fará a alegria tanto de amantes de pet quanto de filatelistas.

O gato doméstico (Felis catus) é um pequeno mamífero carnívoro e o único domesticado da família Felidae. Gatos podem ser de três tipos: doméstico, de guarda (de fazenda) ou selvagem. Diferente de gatos selvagens, que vivem livres e evitam contato com seres humanos, o gato doméstico vive próximo das pessoas e limita seu instinto de caça a espécies como roedores e pequenos pássaros da região.

Anatomicamente similar a outras espécies de Felidae, o gato doméstico tem reflexos rápidos, dentes afiados e um corpo forte e flexível, além de garras retráteis adaptadas para pequenas presas. Olfato superdesenvolvido e visão noturna lhe garantem uma grande vantagem na caça.

Embora seja uma espécie sociável, o gato doméstico caça sozinho. O jeito de os gatos se comunicarem incluem vocalizações como miado, trinado, ronronado, rosnado, sibilado e grunhido, além de uma linguagem corporal específica. Eles ouvem sons com frequências muito baixas e muito altas para os ouvidos humanos. Como um animal predador, a atividade do gato doméstico é mais dinâmica ao entardecer e ao amanhecer.

O gato Persa, retratado em selo com valor facial de Lei 1.80 (equivalente a R$ 1,76), é uma raça de pelo comprido, caracterizada pelo rosto redondo, cabeça larga com orelhas afastadas, olhos grandes, focinho e pernas curtas. No Oriente Médio, é conhecido como gato iraniano ou gato Shiraz. Essa espécie pode ter várias combinações de cores ou marcas no pelo. O persa é geralmente descrito como um gato quieto e com um temperamento pacífico.

O gato Siamês é motivo do selo com valor facial de Lei 2 (equivalente a R$ 1,96). Esta é uma das raças mais distintas de gato asiático. O siamês moderno se destaca por seu corpo cilíndrico, alongado e musculoso, bem como por sua cabeça, que forma um triângulo perfeito, da ponta do nariz às pontas das orelhas.

Os olhos são em forma de amêndoa e de cor azul e as orelhas, grandes, são largas na base e posicionadas em direção aos lados da cabeça. Esta raça tem um pescoço alongado, cauda estreita e fina e pelo curto e brilhante. Gatos siameses são inteligentes, sociáveis e afetivos, desde quando são filhotes até a vida adulta. Eles sentem a necessidade de interagir com as pessoas e procuram a companhia de outros gatos.

O Shorthair britânico, retratado no selo com valor facial de Lei 3.30 (equivalente a R$ 3,23) é uma raça tradicional britânica. Ele é reconhecido por seus pelos grossos, corpo grosso e cara larga. Esta é uma raça com características fortes, peito amplo, pernas grossas e fortes, patas arredondadas e cauda de tamanho médio. A cabeça é relativamente larga e arredondada, com um focinho curto, bochechas amplase grandes olhos redondos. As orelhas são largas e distantes uma da outra. A cor mais comum nesta raça é o Azul Britânico, que ilustra o selo de Lei 8.50 (equivalente a R$ 8,33), caracterizado pelo cinza monocromático com tonalidades azuis e olhos laranja. O pelo do shorthair britânico é uma das características que definem a raça. A pelagem é muito densa mas não tem subpelo e, portanto, possui uma textura macia e não lanosa.

O gato de Bengala, que aparece no selo com valor facial de Lei 5 (equivalente a R$ 4,90), foi criado a partir do cruzamento de gatos domésticos com o gato leopardo asiático (Prionailurus bengalensis) e o Egyptian Mau, o que dá a esta raça o brilho dourado do pelo. Uma das características mais marcantes deste felino é seu padrão e coloração exclusivos.

Esses gatos têm uma aparência selvagem e seu pelo pode apresentar manchas, rosetas, flechas ou um padrão de mármore. Gatos de Bengala têm uma aparência atlética, com músculos bem definidos, criando uma imagem sóbria e equilibrada. Eles têm bochechas altas, contornos escuros ao redor dos olhos e as orelhas são pequenas e pontudas.

O gato Sphinx, conhecido por não ter pelos, ilustra o selo com valor facial de Lei 11.50 (equivalente a R$ 11,27). A falta de pelo decorre de uma mutação genética de origem natural, embora esta raça em particular tenha sido obtida por meio de procriação seletiva.

Eles têm uma cabeça longa e estreita e a pele exibe a cor que o pelo teria, portanto pode ter uma coloração manchada, listrada ou difusa em pontos estratégicos do corpo. Os dedos das patas são unidos por uma membrana e, devido à falta de pelos, eles perdem a temperatura do corpo mais rapidamente do que outros gatos, forçando-os a procurar outras fontes de calor.

Foram produzidas apenas 225 peças do álbum filatélico, que traz o bloco da emissão (contendo seis selos não destacados) folha com 32 selos, minifolha com 5 selos, uma etiqueta e dois envelopes com o carimbo do “primeiro dia” impresso.

A emissão Gatos estará disponível no site http://romfilatelia.ro/store/.

Fonte: Public Relation Office – Romfilatelia

Publicado em Filatelia, Selos estrangeiros | Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *