Romênia lança selos da Fauna Polar

Os Correios da Romênia dedicam aos apaixonados pela fauna a nova emissão postal intitulada Fauna Polar, em circulação desde 28 de janeiro de 2020. O tema Fauna está no topo das preferências dos colecionadores de selos postais, que poderão acrescentar às suas coleções quatro espécies polares.

O lobo-do-ártico (Canis lupus arctos), apresentado no selo com valor facial de Lei 1.80 (cerca de R$ 1,76), pertence à familia Canidae e é uma subespécie de lobo cinzento que vive na parte norte da América do Norte. A subespécie equivalente no norte da Ásia é o lobo siberiano (Canis lupus albus), que se distingue por seu pelo branco. Desde 1930, tem havido uma redução progressiva do tamanho do crânio do lobo-do-ártico, provavelmente resultante de hibridização cão-lobo. A cor do seu pelo garante uma boa camuflagem na neve. Ele tem entre 63 e 79 cm de altura, pesa cerca de 45 kg e pode chegar até 1,5 m de comprimento.

A coruja-das-neves (Bubo scandiacus), ou coruja-do-ártico, que ilustra o selo com valor facial de Lei 2 (cerca de R$ 1,96), pertence à ordem dos Strigiformes, família Strigidae. Ela é tipicamente encontrada no norte da região circumpolar. O comprimento do corpo das fêmeas varia entre 55 e 73 cm e o peso vai de 1,6 a 3 kg, com uma envergadura acima de 170 cm, enquanto os machos são menores: o comprimento do seu corpo varia de 51 a 65 cm. O peso do macho pode variar entre 1,4 a 2 kg e sua envergadura vai de 125 a 150 cm, aproximadamente. A fêmea é mais larga, branca com mais manchas pretas na pelagem. Já o macho é menor e quase todo branco.

A raposa-do-ártico (Vulpes lagopus), cuja imagem está reproduzida no selo com valor facial de Lei 7 (cerca de R$ 6,86), é um mamífero carnívoro da ordem Carnivora, família Canidae. Ela vive nas regiões de tundra polar. O animal, muito bem adaptado ao clima frio, tem um pelo grosso e a sola das patas cobertas de pelo. A raposa-do-árticotem entre 65 e 90 cm de comprimento, 30 cm de altura e peso de 5 kg. As fêmeas são quase tão largas quanto os machos. Raposas-do-árticotêm nariz e orelhas curtas. Sua cor varia de acordo com a estação do ano, com pelo preto nas costas e pernas marrons durante o verão e branco ou branco acinzentado no inverno, servindo de camuflagem. Pelos grossos permitem que sobrevivam a temperaturas muito baixas.

A lebre-do-ártico (Lepus arcticus) ou lebre-ártica, ilustrada no selo com valor facial de Lei 19 (cerca de R$ 18,62), é uma espécie de lebre da montanha altamente adaptada para viver na tundra Ártica e em outros biomas gelados. No passado, era considerada uma subespécie de lebre da montanha, mas os cientistas decidiram que deveria ser considerada uma espécie separada.

Este animal sobrevive a condições ambientais adversas devido ao seu pelo grosso e seu modo de vida particular – ele constrói poços embaixo da terra e ou embaixo da neve para dormir e se aquecer. A lebre-do-ártico se parece com coelhos, mas tem orelhas mais curtas, é mais alta quando fica em pé e, ao contrário dos coelhos, pode prosperar no frio extremo. Ela tem entre 55 a 70 cm de comprimento e pesa até 5,5 kg.

O álbum filatélico, limitado a 225 peças, vem com uma folha com 32 selos, um bloco com 4 selos não destacados, minifolha com 5 selos, etiqueta e dois envelopes de 1º Dia de Circulação com o carimbo do 1º Dia impresso em papel alumínio.

A emissão Fauna Polar está disponível no site http://romfilatelia.ro/store/.

Fonte: Public Relation Office – Romfilatelia

Publicado em Filatelia, Programação Filatélica 2019, Selos estrangeiros | Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *