Natal, a magia dos selos 2011

Popularizados a partir de década de 1960, os selos de natal já são uma tradição aguardada com muita expectativa entre os filatelistas. O blog da Filatelia antecipou, neste ano, as imagens da emissão brasileira de natal 2011, lançada em 21 de outubro.

O Brasil não está só! Atualmente, cerca de 150 países emitem anualmente selos especiais para o natal, tornando a data, que celebra o nascimento de Jesus cristo, o mais popular tema filatélico do mundo. Envelopes, cartões e encomendas espalham a magia de natal por meio de selos postais que viajam o planeta…  Em 2011, as emissões mesclaram tradição, arte, religiosidade, arquitetura e diversidade.

Reis Magos - selo argentino de natalAlguns países, como os EUA, abraçaram também outras tradições religiosas nessa época festiva. Além das emissões cristãs clássicas, que neste ano incluem imagem da virgem Maria com o menino Jesus, os Correios norte-americanos prepararam selo especial para a Kwanzza, que celebra, entre os dias 26 de dezembro e  1º de janeiro, a herança afro-americana, a família, os amigos e a comunidade. O Eid ul-Fitr, que marca o fim do Ramadan para muçulmanos, e o Hanukkah, festival das luzes judaíco, também contam com emissões especiais no país.

Entre os mais belos de 2011, estão as emissões de natal da Noruega, por Kristin Granli. Os selos mesclam técnicas fotográficas e de pintura, apresentando crianças em uma atmosférica lírica, nostálgica. O selo argentino com os perfis alinhados dos três reis magos destaca-se pela leveza do traço. No Canadá, os vitrais cristãos inspiraram bloco de selos da emissão especial 2011.

Quer saber mais sobre a história dos selos de natal? Recomendamos artigo artigo “A riqueza dos selos de natal”, publicado pela Abrafite.

Publicado em Filatelia, Natal, Notícias | Com a tag | 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>