Comissão Paritária para melhorias no CorreiosSaúde

As representações dos trabalhadores e dos Correios estiveram reunidas durante toda a semana passada em Brasília, dando prosseguimento aos trabalhos da Comissão Paritária para proposição de melhorias no CorreiosSaúde. Os temas discutidos foram o redimensionamento da rede credenciada e o custeio do plano de saúde.

Sobre redimensionamento da rede, valorizando o diálogo, foi realizado um amplo debate. Após a análise de cada umas das partes, foram colhidas várias propostas de melhoria, que serão submetidas à aprovação dos trabalhadores e da empresa, conforme ACT 2016/2017, cláusula 28, parágrafo 10º. Destacam-se:

• Buscar a ampliação da rede credenciada em regiões descobertas/vulneráveis e adequar nos locais com maior oferta, garantindo qualidade e melhor custo;

• Orientar os beneficiários quanto a melhor utilização da rede credenciada, garantindo a opção de escolha de atendimento;

• Aprimorar os canais de atendimento (0800 e outros canais), com ênfase na agilidade e resolução das demandas.

Todas as propostas podem ser consultadas nas atas disponíveis neste Blog dos Correios – Negociação Permanente.

A apresentação sobre o custeio levou em conta os cálculos atuariais, que tiveram como base a utilização do plano no período de 18 meses (janeiro de 2015 a junho de 2016). Ficou constatado que o custo subiu em decorrência de alguns fatores, principalmente o aumento da utilização do plano, a inflação médica e o envelhecimento dos beneficiários.

A comissão voltará a se reunir na próxima semana, quando haverá continuidade à discussão sobre custeio e também sobre os critérios para elegibilidade de beneficiários e o custo do pós-emprego.

Encontrar soluções para preservar o CorreiosSaúde é responsabilidade de todos.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

11 respostas a Comissão Paritária para melhorias no CorreiosSaúde

  1. Irno Jacobsen disse:

    Quando da criação do Postal Saude, os Sindicatos e representações NÃO foram chamados para a discussão. Agora que precisam resolver o problema financeiro do Postal Saúde, resolvem chamar os Sindicatos. Difícil entender. Ou não…

  2. j disse:

    estou vendo que mesmo que se faça a cobrança do plano de saude , um exemplo 3% do salario base só exemplo , mas como se pretende cobrir essa subida do plano acima e muito acima da inflação , se os salarios do coorreios não estão subindo .
    A empresa arcará com essa diferença do plano acima sempre da inflação .?

  3. Jura disse:

    Isso tá virando um Saco sem Fundo.

  4. car disse:

    Envelhecimento do beneficiarios? Não; quem mais usa são os carteiros com filhos e pais, o periódico tambem é um absurdo para que tanto exames em pessoas saudaveis?

  5. MIGUEL disse:

    Olá, avisa aí que o Plano é POSTAL SAÚDE e não CORREIOS SAÚDE. Querem enganar quem?.

  6. j disse:

    Realmente quando a empresa resolveu criar o postal saúde impos sem nem perguntar, mesmo os sindicatos e federações e funcionários sendo contra , pois a gestão dos próprios correios erra boa , mesmo porque outra estatais continuam a própria gestão do plano e até agora , sem privisão de mudarem por enquanto pelo menos . AGORA que estão vendo o erro, o problema de gestão, a necessidade de mais dinheiro , o sucateamento no atendimento, as reclamações de muitos beneficiários e credenciados . convogam os sindicatos, federações e os funcionários para resolver essa batata quente . um absurdo, injusto, desigual. e vai sobrar para todos nós . Infelizmente .

  7. j disse:

    Pelo video conferencia 29/11/2016 apresentaram que será necessário o empregado ter maior participação no plano, então teria que ser criado faixas de participação ou seja no minimo 1 faixa – individual . 2 faixa – familiar, com subgrupos A- de 1 a , B- tantos filhos , 3 faixa – com todas as faixas mais os pais que se colocou como dependentes . poIs caso contrário seria injusto pagar por todos , e participação completa da empresa em todo o processo , Pois pelo que se ganha não tem empregado que sustente sozinho o plano . fora que se dará adeus ao postalis e postal prev nos seus descontos atuais . vamos ter que ver o que é mais importante entre a familia e decidir o melhor , É só uma ideia podem creticar .

  8. Menino Malukinho disse:

    Sobre o desperdício com periódicos ninguém discute. Na última vez que fui fazer o meu periódico, juro que a minha consulta não levou nem 10 segundos. O médico me perguntou se eu tinha algum problema de saúde, eu disse que não e ele carimbou o atestado e tchau. Assim fica fácil mamar nas tetas do correio! Um absurdo isso. Gastar tanto dinheiro com essas consultas de m… Para mim, isso só pode ser algum trambique, mais um né…

  9. Ecetista Esperançoso disse:

    Os tempos são outros. Agora vivemos tempo de vacas magras, dificuldades… Arrebentaram a Empresa e agora jogam a culpa em nós, principalmente os mais velhos e mais antigos de casa… Muito fácil nos culpar por algo que não fizemos. Nos dedicamos, trabalhamos, lutamos, demos o sangue… Mas quem quebrou a Empresa está bem tranquilo fazendo seus malfeitos em outros lugares. É de chorar e de lamentar…

  10. MARCO TERÊNCIO DA SILVA SAMPAIO disse:

    O que está sendo feito para minimizar os impactos de excesso de abono de tratamento outros profissionais de saúde? Há como ser visulizado no PGP? Temos vários empregados que fazem fisioterapia interminaveis e não vejo progresso neste tratamento, só enxergo dinheiro saindo pelo ralo sem retorno nem para o empregado e nem para os Correios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *