Negociação do Acordo Coletivo de Trabalho

Na última semana (2/7), os Correios deram início às negociações entre os representantes da empresa e dos empregados para assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2019/2020.  Dando sequência ao calendário acordado em mesa de negociação, a primeira semana de reuniões destinou-se às apresentações do cenário econômico-financeiro e da proposta de acordo da empresa, com exceção do índice de ajuste econômico, do registro de ponto e da cláusula 28 – que serão oficializadas pelos Correios até o dia 11 de julho.

 

Conforme destacado pela área financeira para os representantes dos empregados, apesar de o resultado contábil ter sido levemente favorável até o mês de maio, as projeções para os demais meses do ano não indicam resultados positivos. O cenário de caixa aponta para dificuldade de liquidez de recursos, em função do crescente consumo de disponibilidades verificado no ano, o que torna fundamental manter as ações focadas na sustentabilidade da empresa.

 

A proposta de ACT formulada pelos Correios – manutenção de 45 cláusulas, adequação de 19 e alteração de apenas 15 – será levada para discussão nas assembleias, marcadas para acontecer até 15 de julho. A retomada das negociações está agendada para o próximo dia 16, quando serão oficializados os resultados das assembleias e apresentada a análise das federações quanto à proposta da empresa, bem como suas principais reivindicações.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *