Filatelia de A a C

f

f

————————————————————————————————————————————-


Acordo Postal
Contrato ou tratado firmado por dois ou mais países visando o aperfeiçoamento de seus intercâmbios postais.

Acróstica
Tipo de filigrana de selos brasileiros.

Adelgaçado
Selo defeituoso, cuja espessura do papel acha-se mais fina em um ou mais pontos, geralmente ocasionado na retirada de seu suporte (envelope) ou retirada da charneira, o que causa uma redução em seu preço.Este defeito é verificado a olho nu ou por meio de filigranoscópio. O mesmo que aminci.

Adelgação
Diminuição da espessura do papel do selo. Ver adelgaçado.

Aerofilatelia
Modalidade filatélica dedicada ao desenvolvimento, à operação ou a outras facetas dos serviços de Correio Aéreo

Aeropostale
Companhia aérea que realizou vôos postais no Brasil. O nome aparece em carimbos.

Aerograma
Para a Filatelia, aerograma é qualquer envelope circulado por via aérea, com selos e carimbo especial. Chama-se também aerograma a peça especial para cartas aéreas, emitido por várias administrações postais, já com papel de carta, selo (franqueado) e envelope.

Agência Postal
Unidade dos Correios destinada a atendimento postal e outros serviços.

Agência Filatélica
Unidade dos Correios, destinada ao atendimento aos filatelistas, com a venda de peças filatélicas

Álbum
É um livro de folhas apropriado para guardar os selos, podendo ou não ter as imagens dos selos já impressas. Há diversos tipos, por países ou temáticos. O primeiro álbum foi publicado em 1862 por Justin Lallier, com o nome de Timbres Postales.

Alegoria
Imagem representando conceitos abstratos, como República, Liberdade, utilizado em diversos selos. A mais conhecida das alegorias é a Marianne, imagem de uma mulher usando um barrete frígio, que representa a República Francesa.

AMDF
Sigla aportuguesada da WADP – World Association for the Development of Philately ou Associação Mundial para o Desenvolvimento da Filatelia, órgão que congrega as diversas entidades visando o desenvolvimento da Filatelia.

Aminci
Expressão francesa ocasionalmente usada no Brasil. Ver adelgaçado.

Apêndice
Etiqueta aderente ao selo, separada ou não dele por denteação. Ver vinheta.

Arte Final
Detalhamento do desenho de um selo, com todas as especificações técnicas, como a localização do texto, dimensões, cores, etc. É a etapa final do processo de criação de um selo postal.

Autômato
Etiqueta para franqueamento de correspondência impressa por máquina eletrônica.

f


Banda
Nome dado a uma tira horizontal de selos

Bilhete Postal
Cartão destinado à correspondência, contendo selo ou fórmula de franquia impressa no anverso, no ângulo superior direito, geralmente ao lado de uma ilustração (não confundir com cartão-postal). O selo ou forma de franquia impressa torna o bilhete – postal uma peça pré-paga ou Inteiro Postal.

Bloco Postal
Conjunto de um a cinco selos impressos em uma pequena folha, na horizontal ou na vertical, vendidos somente em conjunto, mas podendo ser utilizados no todo ou em parte no porteamento de correspondência.

Bloco Comemorativo
Bloco postal emitido para assinalar a comemoração de um acontecimento especial.

BRAPEX
Sigla da Exposição Filatélica Brasileira, maior evento filatélico nacional realizado, normalmente, pelos Correios e pela Febraf.

BRASILANA
Designação das Exposições Filatélicas Internacionais realizadas no Brasil. A primeira Brasiliana foi realizada no Rio de Janeiro, em 1979.

Burilagem
Fundo de selo, formado por linhas paralelas ou entrecruzadas, sobre o qual é aposto o desenho principal do selo. A burilagem tem por finalidade dificultar as falsificações.

f


Caderno de Selos
Caderno especial com folhas com espaços para aposição de selos, semelhante a um álbum. Geralmente utilizados para trocas ou para selos em duplicata.

Canto Datado
Canto de folha, constituído de um selo e de parte da margem da folha, no qual aparece a data de impressão ou da emissão.

Carimbos
São marcas que registram a geografia e documentam a história, fixando os acontecimentos importantes do País e situando-os no tempo, com a data, e no espaço, com a indicação do local.

Carimbo Comemorativo
É aquele destinado a comemorar eventos importantes ou homenagear personalidades.

Carimbo Datador
Ver Carimbo de Expedição

Carimbo de Expedição
É o instrumento datador existente em todas as agências de correio, destinado a obliterar (carimbar) os selos aplicados nas correspondências postadas e registrar a data de expedição.

Carimbo de Primeiro Dia de Circulação
Tem o objetivo exclusivo de acompanhar e registrar o dia de lançamento de um selo e, por isso mesmo, só pode ser utilizado no dia da emissão. Somente pode ser aplicado sobre o selo ao qual se refere.

Carimbo de Último Dia de Circulação
Carimbo postal usado no último dia de circulação de uma peça. A prática foi adotada por poucos países, como a Argentina, nas décadas de 50/60.

Carimbo Mudo
Carimbo postal, sem legenda (local e data). No Brasil usado na época do Império.

Carta
Mais tradicional serviço postal dos Correios. É o meio de comunicação que você dispõe para a troca de mensagens escritas. O serviço é oferecido nas modalidades: Carta Comercial, Carta não comercial, Carta via Internet e Carta Social.

Cartão Postal
Peça confeccionada em papel resistente, própria para correspondência breve, contendo ilustração ou fotografia no anverso e, no verso, espaços para indicação do franqueamento e do destinatário.

Clube Filatélico
Entidade sem fins lucrativos destinada a congregar colecionadores de selos postais. São também chamadas Sociedades ou Associações filatélicas.

COFI
Sigla da Revista Correio Filatélico, da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT

Cartofilia
Arte de colecionar cartões-postais

Casa da Moeda
Estabelecimento oficial onde são impressos os selos postais brasileiros, as moedas e as cédulas.

Chapa
Peça de metal utilizada na impressão do selo.

Charneira
Retângulo de papel transparente, gomado numa das faces, utilizado para prender o selo na folha de um álbum, funcionando a maneira de uma dobradiça, permite melhor arejamento do selo.

Classificador
Livro de folhas grossas com tiras de papel transparente ou de plástico, utilizado para guardar e classificar os selos postais de um colecionador.

Coleções
Conjunto de peças filatélicas agrupadas de forma lógica, atendendo, sobre tudo, às regras existentes em Filatelia. Nas competições filatélicas, são classificadas em classes temáticas.

Comissão Filatélica Nacional – CFN
Colegiado regido pela Portaria nº. 500/2005 do Ministério das Comunicações que tem a competência de eleger os motivos que irão compor o Programa Anual de Emissão de Selos Comemorativos e Especiais do exercício posterior ao ano em curso.

  1. Paulo Jorge disse:

    E qual a medida desses blocos?

  2. Paulo Jorge disse:

    Boa noite
    Ano 2000 e são 3 Blocos o nome é “O Século XX em Selos”

    • Ivana Garcia disse:

      Prezado Paulo, bom dia!
      Desconhecemos esses blocos. O que verificamos é que os blocos “O Século XX em Selos” foram lançados pelos Correios de Portugal.
      Atte,
      Blog da Filatelia

  3. Paulo Jorge disse:

    Boa tarde
    Será que me podem ajudar a encontrar as medidas dos blocos O SÉCULO XX EM SELOS

    • Ivana Garcia disse:

      Prezado Paulo, bom dia!
      Não sabemos que blocos “O Século XX em Selos” são os que você se refere. Pedimos, por gentileza, que você especifique o nome e o ano dos blocos…
      Atualmente, temos 4 tamanhos de bloco: 100x70mm; 90x70mm; 117x85mm; 127x85mm. Mas há 20, 30 anos ou mais, temos selos e blocos de outros tamanho também.
      Atte,
      Blog da Filatelia

    • Ivana Garcia disse:

      Prezado Paulo, bom dia!
      Não sabemos que blocos “O Século XX em Selos” são os que você se refere. Pedimos, por gentileza, que você especifique o nome e o ano dos blocos…
      Atualmente, temos 4 tamanhos de bloco: 100x70mm; 90x70mm; 117x85mm; 127x85mm. Mas há 20, 30 anos ou mais, temos selos e blocos de outros tamanho também.
      Atte,
      Blog da Filatelia

  4. Ester disse:

    Também trabalho em Central de Atendimento e há muito tempo que sempre navego no site e blog dos correios, aprendi muito mesmo. Gostei principalmente da Campanha Sua Ideia pode Virar selo e de conhecer o Guia (em PDF) Técnico das Embalagens Recomendadas pelos Correios – RPC.

  5. JAIR CAMARGO disse:

    EU ESTOU COM130 SELOS ANTIGOS PARA VENDER MAS EU NÃO ENTENDO NADA SOBRE SELOS EU SÓ SEI QUE TEM SELOS 1831 QUE ERA DE UM COLECIONADOR QUE JA É FALECIDO . QUERO ACHAR ALGUEM QUE ME AJUDE POR PORQUE EU NÃO ENTENDO DE COLEÇÃO . SE FOR PRECISO EU MANDO FOTOS, COPIAS OU UM ESCANEAMENTO COMPLETO DOS SELOS. MEU EMAI É negocioskamargu@hotmail.com E NO FACEBOOK SOU O JOTA KAMAR

  6. glaci disse:

    Também trabalho com telemarketing e compartilho do mesmo sentimento.Só tenho acesso ao site dos correios

  7. jose everaldo alberti disse:

    tenho dois asas da america e dois bejamim franklin e gostaria de saber se sao mesmo valiosos se alguem poder me ajudar agradeço

  8. JOÃO REIS disse:

    tenho mais de 5000 selos antigos , visitas do papa ,gol 1000 do pelé selos municipais e comemorativos de datas desde 1964 até 1995.

  9. Rafaela Thais disse:

    eu gostei mto da materia da filateria…gostaria de sabe mais um pouco….

  10. Onde posso encontrar tudo para um filatélico entusiasmado, como: Album, pinça, lente,
    catálogo; etc.
    Fico no aguardo, Atenciosamente,

  11. beatriz souza dos santos disse:

    Estou vendendo uma coleçao de selos do correio antigos brasileiros e estrangeiros,228 selos do Brasil,60Japones,158 selos de outros paises Argentina,USA, Portugal,Coreia,Angola,Romenia,Espanha,Uruguai enteresados entra encontato com Daniel no telefone : 041-3667-6392

  12. junior disse:

    Oi boa noite gostaria de saber se o concurso 2011 pode ser prorrogado denovo esse ano 2013

  13. LUIZ DO VALLE FONTINHAS SOBRINHO disse:

    PODEMOS TROCAR SELOS SIM.
    ME ACHE NO FASCEBOOK OU PELO MEU E-MAIL.
    Luiz Do V.Fontinhas ou
    luizfontinhas.rocha @gmail.com

  14. Mell Xavier disse:

    Hahahah achei que era a única pessoa que passava meus minutos de pós -atendimento lendo o blog do correios! Vivendo e se surpreendendo.

  15. Jéssica disse:

    Aqui no meu trabalho o unico acesso permitido é dos correios e é um site rico em informações construtivas e passei, pois a olhar sobre filatelia que via algumas vezes em filmes. Gostei, não pretendo seguir, mas é algo construtivo e relevante em se saber. É um hobby e tanto 😀

  16. Mário Valentim Caniatto disse:

    Matéria muito interessante!
    Sou um colecionador de selos e adoro a Filatelia, pois nos proporciona muitas viagens imaginárias e consegue nos transportar para inúmeros lugares maravilhosos que jameis poderemos estar.
    Um grande abraço a todos,
    Mário

  17. D2 disse:

    Onde eu trabalho também é assim!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *