Saúde do trabalhador é tema das negociações dessa quinta (25)

Continuaram ontem (25) as negociações entre a empresa e as representações dos trabalhadores para o Acordo Coletivo de Trabalho 2016/2017, com o tema “Saúde do Trabalhador”. Estiveram presentes na reunião o vice-presidente de Gestão de Pessoas dos Correios, Heli Siqueira; o presidente da Postal Saúde, Ariovaldo Aparecido; além dos representantes das entidades sindicais. Foram apresentados dados sobre a forma de custeio do plano Postal Saúde e a sua comparação com outros planos de servidores e empregados públicos (Cassi e GEAP, por exemplo), sendo que o plano dos Correios demonstrou ser muito mais vantajoso para os empregados.

Também foram repassados números relacionados aos gastos médicos com os empregados e dependentes, projeções de custeio, despesas administrativas e comparações entre o antigo plano (Correios Saúde administrado diretamente pelos Correios) e o atual (administrado pela Postal Saúde). Os dados apontam a necessidade urgente de revisão da forma de custeio (empresa e empregado), de modo a garantir a sustentabilidade do plano, a exemplo de outros planos que possuem participação patronal bastante inferior na comparação com o modelo implantado nos Correios (onde a empresa arca com aproximadamente 97% das despesas, em um cenário de fragilidade econômico-financeira).

Como foram detectados alguns problemas na implementação do plano atual, algumas ações já foram realizadas, com o objetivo de corrigi-los: proposta em curso para solução do impasse com a Unimed; reposicionamento estratégico das unidades regionais da Postal Saúde, visando maior satisfação do beneficiário e rede credenciada; redução de despesas por meio de alterações do Plano Postal Benefícios Medicamento; e negociação com os 50 maiores hospitais, dentre outras.

Com relação às cláusulas da Saúde e do Trabalhador, a empresa propôs itens e alterações relacionadas a Atestado de Saúde na Demissão, Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e Saúde do Empregado e da Empregada. Em especial, na cláusula Assistência Médica/ Hospitalar e Odontológica, a empresa sugeriu a construção de uma proposta em conjunto com as representações dos trabalhadores que altere a forma de custeio para garantir a sustentabilidade do plano de saúde.

As federações também apresentaram suas sugestões e demandas, com objetivo de aprimorar o acordo.

As reuniões da Mesa de Negociação continuarão na próxima terça-feira (30).

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

26 respostas a Saúde do trabalhador é tema das negociações dessa quinta (25)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *