Empresa negocia e apresenta nova proposta aos sindicatos

A direção dos Correios apresentou ontem, dia 1o, uma nova proposta de acordo para encerrar a paralisação parcial (clique AQUI e veja a ata). O presidente da empresa, Guilherme Campos, reuniu-se com as representações sindicais, mesmo no emblemático feriado do Dia do Trabalho, para tentar chegar a um consenso.

Conheça a proposta:

– Férias: revogação, por 90 dias, da medida de suspensão. Para os empregados que irão gozar as férias nesses 90 dias, a empresa realizará o pagamento dos valores até o teto de R$ 3,5 mil por empregado – o restante será parcelado em cinco vezes;

– Plano de saúde: os sindicatos poderão apresentar uma contraproposta. Caso haja acordo, os Correios retirarão a solicitação de mediação que haviam feito junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST);

– Operação: suspensão de novas implantações da Distribuição Domiciliária Alternada (DDS), do CDD centralizador e da Organização das Atividades Internas (OAI). Será formada uma comissão para negociação desses temas, que também irá avaliar a entrega matutina e a SD/SDE. Os casos locais e os que apresentarem maior dificuldade serão prioridade na negociação;

– Dias parados: desconto referente à sexta-feira (28). Os outros dois dias serão compensados.

A empresa espera que os trabalhadores tenham bom senso na avaliação da nova proposta e encerrem a paralisação parcial, de forma a não prejudicar, ainda mais, a sustentabilidade dos Correios, os próprios trabalhadores, suas famílias e a sociedade brasileira.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

11 respostas a Empresa negocia e apresenta nova proposta aos sindicatos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *