Reunião define nova proposta para encerrar paralisação dos trabalhadores

Em reunião ocorrida hoje, dia 4, em Brasília, Correios e federações representantes dos trabalhadores chegaram a uma nova proposta para o encerramento da paralisação parcial dos empregados.

Confira os principais pontos da proposta:

– Reabertura do PDI, caso aprovado pela SEST e demais órgãos competentes, para fins de evitar a possibilidade de demissão motivada em massa;

– Suspensão da medida relativa às férias nos meses de maio e junho de 2017 e reavaliação com 30 e 60 dias;

– Suspensão de novas implantações de DDA, OAI e CDD Centralizador. O assunto será tratado em comissão a ser criada para avaliação dos casos onde estão ocorrendo problemas, buscando soluções para os temas. Além destes assuntos serão discutidos segurança do trabalhador (atendimento e distribuição), entrega matutina e SD/SDE;

– Compensação no prazo de 60 dias, a partir de 6 de maio de 2017. Confira com o seu gestor qual é a forma de compensação. A proposta não é válida para o dia 28 de abril, que será descontado dos empregados que participaram do movimento de greve;

– Enquanto não houver o encerramento da mediação do Plano de Saúde dos Correios no TST, a empresa não judicializará o assunto.

Ressalta-se que esta proposta só terá validade com o retorno das atividades a partir de 22h de hoje.

A empresa confia no bom senso de seus empregados para encerrar a paralisação parcial, de forma a não prejudicar, ainda mais, sua sustentabilidade e a qualidade dos serviços prestados à população.

Clique AQUI e veja a ata da reunião com a proposta.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

11 respostas a Reunião define nova proposta para encerrar paralisação dos trabalhadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *