Assinado Acordo Coletivo de Trabalho 2014/2015

Os Correios e as entidades sindicais assinaram nesta quarta-feira (24) o Acordo Coletivo de Trabalho 2014/2015. A Findect e os sindicatos do Acre, Alagoas, Amapá, Brasília, Espírito Santo, Goiás, Juiz de Fora (MG), Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Ribeirão Preto (SP), Santa Maria (RS), Santos (SP) e Tocantins fecharam o acordo no Tribunal Superior do Trabalho, na presença do vice-presidente do TST, ministro Ives Gandra.

O acordo foi construído em conjunto com as entidades sindicais e com a intermediação do TST, e contempla diversos avanços para os trabalhadores, como na área de saúde, cláusulas sociais e na entrega matutina, atendendo às reivindicações da categoria.

O ministro Ives Gandra ressaltou a disposição das partes para a negociação. “Chegamos ao limite de elasticidade dos dois lados. Com o comprometimento de todos, conseguimos provar que a greve não é mais o melhor caminho, e sim a negociação. Hoje é um dia histórico para os Correios e para as entidades sindicais da empresa”.

Mais de 70% dos empregados serão atendidos pela assinatura do acordo.

A empresa continua à disposição de todos os sindicatos que queiram assinar o acordo para estender todos os benefícios conquistados para suas bases.

Clique AQUI e veja a versão final do ACT 2014/2015.

 

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

2 respostas a Assinado Acordo Coletivo de Trabalho 2014/2015

  1. funcionária indignada disse:

    Tenho direito de receber o mesmo valor da PLR que os outros funcionários receberam, caso contrário devo trabalhar menos, já que os valores foram menores. Acho profunda falta de respeito, ou paga oque é meu por direito, ou não venha exigir metas, pois tenho direito a trabalhar menos, assim como diz o ditado: Cada ação, provoca uma reação!
    E a minha é de repúdio as ações que a Empresa vem demonstrando a seus funcionários!

  2. Edenilson disse:

    Acordo assinado, PLR paga a menor, e para completar a empresa novamente descumpre o acordo coletivo, estamos no final de dezembro e os créditos do vale cultura referentes a novembro e dezembro não ocorreram! Lamentável o desrespreito da empresa para com os funcionários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *