Arte contemporânea em cartaz no Espaço Cultural Correios Niterói

 

 

 

 

 

Uma fração dos embates com o real que caracterizam o contemporâneo compõe a exposição “Daquilo que nos cerca”, em cartaz no Espaço Cultural Correios Niterói, de 28 de maio a 29 de julho. Com curadoria de Luiz Sérgio de Oliveira, a mostra apresenta obras de Angelo Issa, Daniel Moreira e Leandro Gabriel, cada um a seu modo e com diferentes meios de produção de arte – pintura, fotografia e escultura – em um embate inglório e fantástico com o real.

Considerada pela revista Veja Rio, edição de 16/04/2017, como uma das cinco melhores em exposições em cartaz enquanto esteve no CCC/RJ, reúne cerca de 50 obras que apresentam paisagens de fantasmagoria e de encantamento, propondo um diálogo com o público, estimulando o debate sobre a produção no campo das artes visuais e trazendo à tona as implicações da tarefa de tentar compreender e dominar as complexidades da vida.

Um convite a esse permanente enfrentamento mundano, “Daquilo que nos cerca” pode ser visitada gratuitamente de segunda-feira a sábado, das 11h às 18h, exceto feriados. O Espaço Cultural Correios Niterói está situado na Avenida Visconde do Rio Branco, 481 – Centro – Niterói.

Publicado em Agenda cultural | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Os Correios apresentaram, nesta quinta-feira (25), uma nova estratégia e um novo modelo de estrutura organizacional. A mudança é mais uma das medidas que vêm sendo adotadas para recuperação financeira da empresa e seu reposicionamento no mercado. A iniciativa irá otimizar os processos e aumentar a eficácia dos serviços, rentabilizar a rede e oferecer soluções inovadoras à sociedade.

Com a nova estratégia e a nova estrutura, a estatal reformulará as áreas de atuação de suas vice-presidências, com destaque para a de Setor Público, que será responsável por estreitar o relacionamento com os clientes integrantes dos governos federal, estaduais e municipais.

O objetivo da mudança é intensificar o foco no cliente e aumentar a eficiência e a produtividade corporativa, enquanto explora melhor as sinergias entre os departamentos, aumenta o controle e a responsabilização de suas ações e reforça sua capacidade digital e de inovação.

“Os Correios precisam, não só, defender e estender seus negócios principais, postal e encomendas, potencializar sua presença nacional e sua capilaridade, mas também têm que inovar e apresentar soluções digitais aos seus clientes, além de aumentar o foco em outros serviços enquanto investem em novos negócios”, frisou o presidente da empresa, Guilherme Campos.

A nova estratégia e a nova estrutura fazem parte do programa de transformação da estatal, chamado Dez em 1, que também estabeleceu outras medidas como uma gestão de custos por meio da metodologia Orçamento Base Zero e a priorização de processos-chave para aumentar a produtividade.

Nova Identidade Corporativa – Integridade, respeito às pessoas, compromisso com o resultado, responsabilidade, orgulho e orientação ao futuro para responder às necessidades dos clientes com agilidade passam ser os novos valores da empresa. Com a visão de ser a primeira escolha do cliente nos produtos e serviços oferecidos, os Correios cumprem a missão de conectar pessoas, instituições e negócios por meio de soluções postais e logística acessíveis, confiáveis e competitivas.

Publicado em Institucional | Com a tag , , , | 1 comentário

Flávio Migliaccio apresenta espetáculo autoral no Centro Cultural Correios Rio de Janeiro

Está em cartaz no Centro Cultural Correios Rio de Janeiro o espetáculo “Confissões de um senhor de idade”, idealizado pelo mestre do humor no teatro, no cinema e na televisão, Flavio Migliaccio. No palco, o ator, e também autor, apresenta seus 82 anos de vida através do próprio olhar.
 
Num diálogo com Deus, Flávio conta suas histórias, suas experiências, suas memórias, saudades e até tristezas, tudo com o bom humor que sempre foi a sua marca. Detalhes da vida íntima do artista também serão revelados – uma forma de presentear o público, em agradecimento ao carinho recebido pela comemoração dos 60 anos de carreira.

No elenco estão Flávio Migliaccio e Luciano Paixão, que interpreta Deus encarnado no corpo de um simples mortal para propor um estranho pacto: se Flávio ajudar a desvendar um caso estranho que está acontecendo no céu, receberá a recompensa da vida eterna.

“Confissões de um senhor de idade” está em cartaz até 09 de julho de 2017, de quinta-feira a domingo, às 19h. O
 Teatro Centro Cultural Correios está localizado na Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, Rio de Janeiro. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) e a bilheteria está aberta de quarta-feira a domingo, das 15h às 19h.

Telefone: (21) 2219-5165 Classificação Indicativa: 14 anos Duração: 90 minutos

Publicado em Agenda cultural | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Inscrições abertas para cursos a distância da Universidade dos Correios

A Universidade dos Correios está com inscrições abertas para novas turmas de cursos a distância. São 150 vagas para cada uma das seis modalidades, todas ofertadas gratuitamente.

A comunidade pode se capacitar nos seguintes cursos: Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (4h); Aprendendo Libras como Segunda Língua – Nível Básico (16h); Braille para Aprendizagem (3h); Estudo e Aprendizado a Distância (8h); Etiqueta Empresarial (4h) e Redação Técnica (16h).

Os treinamentos estão disponíveis no Portal de Educação dos Correios, exclusivamente para o grupo de acesso Comunidade. Para se inscrever, basta selecionar a opção desejada e realizar login. Caso seja o primeiro acesso, é preciso realizar um cadastro para identificação no sistema.

Certificados serão emitidos pelo próprio ambiente de estudos, em caso de aprovação nas avaliações finais.

Publicado em Institucional | Com a tag , , , | 10 comentários

Criação do CEP completa 46 anos

Você provavelmente sabe de cor o CEP da sua casa, certo? O número é solicitado sempre que vamos fazer um cadastro ou comprar algum produto pela internet. É uma mão na roda tê-lo na memória! Mas você sabe para que ele serve e o que significa cada um de seus números?

CEP é a sigla para Código de Endereçamento Postal. Ele foi criado pelos Correios em maio de 1971, há 46 anos, para facilitar o tratamento das correspondências. É o que garante que a sua encomenda ou mensagem chegará ao local correto. Pode-se dizer que o CEP está para o endereço assim como o CPF está para o cidadão.

No tratamento automatizado, o CEP é a chave para que as máquinas façam a separação adequada dos objetos por destino: uma máquina de tratamento automatizado de cartas tem a capacidade de triar 36 mil correspondências por hora; já a de encomendas tem velocidade máxima de 12 mil objetos por hora.

Caso o CEP esteja errado, a carta ou o pacote podem ser direcionados para um endereço incorreto ou ser encaminhados para a seção de pesquisa, onde o tratamento é manual, processo que pode atrasar o prazo de entrega, pois cada objeto é tratado um a um, de acordo com o problema encontrado.

 

 

Em 1971, quando foi criado, o CEP era composto por cinco dígitos. Em maio de 1992, sua estrutura foi alterada para oito dígitos.

Para a definição dos códigos, o Brasil é dividido em dez regiões, utilizando como parâmetro o desenvolvimento socioeconômico e fatores de crescimento demográfico de cada unidade da federação ou conjunto delas. A partir do estado de São Paulo, a distribuição do CEP é feita no sentido anti-horário, pelo primeiro algarismo.

Assim, a região é representada pelo primeiro algarismo do CEP e os demais números designam suas subdivisões.

* Clique na imagem para entender o significado de cada dígito.

Se hoje, o tratamento de objetos tem, graças ao CEP, uma lógica fácil de ser aprendida pelos empregados e possível de ser lida por sistemas automatizados, antes, trabalhar na expedição dos objetos era um grande desafio. Até 1971, o tratamento dos objetos transportados pelos Correios exigia que o operador memorizasse diversos códigos referentes às cidades.

O postalista – nome do cargo à época – Julani Assunção Rodrigues, que participou da criação do CEP, deixou registrado um relato sobre essa habilidade exigida dos empregados.

“O código da Transorma (nome da máquina de triagem utilizada na época) não era escrito na sobrecarta. Para ser usado era necessário que o operador, então chamado de transormista, memorizasse o número aliado à cidade. Por aí se pode avaliar o grau de dificuldade, pois era necessário muito tempo para que o servidor conseguisse um reflexo instantâneo de forma que ao ler o nome da cidade fosse automático em sua mente o número a ela atribuído. Na Transorma de São Paulo houve notáveis operadores que conseguiram marcas incríveis de manipulação” (trecho retirado do documento “E assim foi feito o CEP”, integrante do acervo do Museu dos Correios).

Aumentar a velocidade do encaminhamento dos objetos está no propósito do CEP desde a sua criação. Em maio de 1971, quando o código foi lançado, a campanha publicitária para informar a população sobre a nova ferramenta tinha como personagem um coelho astronauta e, como slogan, a frase “Ponha sua carta para correr. Use o código de endereçamento postal”.

Antigamente, os CEPs eram divulgados por meio do Guia Postal Brasileiro. A primeira edição do guia foi impressa em 1971, quando foram distribuídos em todo o Brasil um milhão e cem mil exemplares do Guia, além de 250 mil folhetos e 50 mil cartazes. Naquele ano, os CEPs também foram incluídos nos catálogos telefônicos. Clique aqui para conferir a primeira versão do guia, que integra o acervo do Museu Correios.


Por muito tempo, o Guia Postal Brasileiro foi a principal referência de consulta dos códigos postais. Atualmente, o CEP está acessível a um clique de distância, por meio do sistema Busca CEP. Disponível no Portal Correios, o sistema permite consultas individuais por CEP, endereço, localidade ou logradouro.

O Busca CEP é o segundo sistema dos Correios mais utilizado, perdendo apenas para o rastreamento de objetos. São cerca de 10 milhões de acessos mensais!

Para as empresas, existe a opção de aquisição do Diretório Nacional de Endereços (DNE), um banco de dados que contém mais de 900 mil registros de CEP e elementos de endereçamento (descrição de logradouros, bairros, municípios, vilas, povoados). É a base oficial e exclusiva dos Correios, portanto, a informação é confiável e atualizada. A compra ocorre exclusivamente pela Internet, na loja eletrônica dos Correios.

Todas as cidades brasileiras têm CEPs. Algumas delas possuem um único CEP para toda a cidade. Outras têm a codificação postal até o nível de seus logradouros (ruas).

Atualmente, 395 localidades possuem CEPs que incluem o desdobramento de ruas. Mas esse número não é estático. Mensalmente, novas cidades recebem o detalhamento da codificação postal. Para isso, o município precisa ter mais de 50 mil habitantes, ser atendido por pelo menos um Centro de Distribuição Domiciliária, ter faixa de CEP disponível e fornecer insumos para que os Correios consigam fazer a codificação.

Esses insumos são, por exemplo, oficialização dos logradouros junto à prefeitura, delimitação geográfica dos bairros e ruas bem definida, entre outros. No processo de codificação da cidade, a prefeitura também tem um papel importante e deve manter um fluxo rotineiro de comunicação com os Correios.

Nas cidades já codificadas por logradouros, basta que haja uma única unidade de entrega – por exemplo, uma única casa habitada em um novo loteamento – para que a codificação postal seja ampliada para aquele local. No site dos Correios é possível saber quais são as cidades codificadas por logradouros.

Como as cidades são muito dinâmicas, crescem para novas regiões, ampliam suas ruas, alteram a nomenclatura de seus bairros, praças…, os CEPs precisam acompanhar essas alterações. Por isso, os Correios têm, em todos os estados e no Distrito Federal, equipes responsáveis por garantir que os CEPs estejam sempre atualizados, refletindo a realidade das cidades.

Todos os meses, a base de CEP dos Correios tem uma média de 5 mil atualizações, que abrangem inclusão de novas cidades codificadas por logradouros, surgimento de novos bairros, alterações de nomenclaturas, entre outras modificações.

Além de utilizar corretamente o CEP, é importante ficar atento à forma de endereçamento de seus envelopes e caixas. A adoção dos padrões de endereçamento definidos pelos Correios tem impactos diretos na efetividade da entrega dentro dos prazos estabelecidos.

Você encontra todas as orientações no site dos Correios e pode, inclusive, utilizar uma ferramenta web para a geração e impressão de etiquetas seguindo as melhores práticas de endereçamento.

Aproveite para conferir também as orientações de acondicionamento das suas encomendas, disponíveis no Guia Técnico de Embalagens dos Correios.

Publicado em Institucional | Com a tag , , | 4 comentários

Entidades do terceiro setor podem receber doações feitas em agências dos Correios

A rede de agências dos Correios, presente em todos os 5.570 municípios do Brasil, pode ser usada para captar doações a entidades do terceiro setor. A solução não exige boleto bancário; basta que o doador utilize um código de barras, fornecido pela entidade, e se dirija a uma agência da estatal. Os Correios cobram R$ 1,38 para cada doação efetivada.

O serviço é apenas um dos benefícios da Solução Integrada para Captação de Recursos, lançada pelos Correios na quinta-feira (18), em São Paulo, durante o 9º Festival ABCR, organizado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos.

O evento, voltado a entidades do terceiro setor, reuniu diversos potenciais clientes. A apresentação do novo serviço dos Correios foi realizada pelo gerente de Marketing Postal e Vendas, Fauzi Tauaf Toute, e contou com abertura do assessor da presidência dos Correios, Geraldo Thadeu Pedreira dos Santos.

A solução logística completa oferecida pelos Correios para entidades realizarem a captação de recursos envolve comunicação com os doadores, gestão completa de brindes de fidelização (incluindo coleta no fornecedor, armazenagem, preparação e atendimento pós venda) e prospecção de novos doadores, entre outros benefícios.

Credibilidade – A apresentação demonstrou como a solução integrada une serviços de eficiência já reconhecida pelo mercado – como a mala direta, a logística reversa e a carta-resposta – a novidades como o Correios Listas, disponível na Grande São Paulo e cidades do litoral, que permite ao cliente selecionar seu público alvo por segmento de negócio.

O gerente apresentou dados de pesquisa realizada pelos Correios em 2015 com clientes de agências, que mostra que a à maior parte prefere receber panfletos e mala direta em casa ao invés de na rua ou nos semáforos, bem como que consideram essa forma de comunicação a mais confiável, em comparação a informações divulgadas em TV, rádio, jornais, revistas e internet ou recebidas por e-mail.

Entre os diferenciais oferecidos pelos Correios, foram destacadas a credibilidade e a presença nacional. No caso do uso das agências como ponto de captação de doações, por exemplo, o doador tem a comodidade de contar com um local próximo e a certeza de que sua doação chegará ao destino, enquanto o captador ganha ao ampliar os pontos de recebimento.

A nova solução lançada pela empresa é mais uma ação que visa rentabilizar a rede já instalada da estatal, gerando mais receita por meio da diversificação dos serviços disponibilizados à sociedade.

 

Publicado em Negócios e Mercado | Com a tag , , , , | 2 comentários

Evento marca lançamento de selo em comemoração aos 500 anos da Reforma Luterana

Nesta quarta-feira (17), os Correios lançaram, em Brasília, o selo em comemoração aos 500 anos da Reforma Luterana. A cerimônia foi realizada na Embaixada da Alemanha e contou com a participação de convidados da Igreja Luterana.

O embaixador, Doutor Georg Witschel, reforçou a importância de Martinho Lutero não apenas para a Igreja, mas também para a música mundial. “A música afugenta o diabo e alegra o coração das pessoas. Essa frase, de Martinho Lutero, mostra o quanto a música teve importância na vida desse teólogo que deixou seu legado em toda a História”.

Além do lançamento do selo, o evento também contou com a apresentação do jovem violoncelista alemão Friederich Thiele.

Sobre o selo – O selo “Lutero 2017 – 500 Anos da Reforma – No início era a Palavra” foi lançado, simultaneamente, no Brasil e na Alemanha. Produzido em parceria com o serviço postal alemão, a peça filatélica tem a mesma imagem para as duas edições, diferente apenas no idioma.

Criada pela artista alemã Antonia Graschberger, a emissão traz um retrato bastante conhecido de Martinho Lutero. Com valor facial de R$ 4,15 pode ser adquirida em todas as agências dos Correios e também na loja virtual.

Publicado em Filatelia | Com a tag , , | 1 comentário

Correios inaugura Centro de Cinesioterapia Laboral no RJ

Os Correios inauguraram, na última segunda-feira (15), o Centro de Cinesioterapia Laboral do Rio de Janeiro, no Centro de Tratamento de Encomendas Benfica. O objetivo do centro é fortalecer o sistema muscular e melhorar o condicionamento físico dos empregados, por meio de técnicas terapêuticas aplicadas por profissionais especializados: médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e educadores físicos.

O Centro de Cinesioterapia Laboral do Rio de Janeiro é o quarto do país – o primeiro foi inaugurado em Salvador (BA), o segundo no Complexo Vila Maria (SP) e o terceiro em Campinas (SP). O bairro de Benfica foi escolhido para receber o projeto por ser o “coração da logística” dos Correios no Estado, concentrando o tratamento do maior número de cargas. Além disso, o CTE/Benfica tem o maior número de empregados reabilitados no Rio de Janeiro e a maior taxa de absenteísmo por problemas de saúde ligados ao sistema osteomuscular.

A operadora de triagem e transbordo (OTT), Marcela da Costa Lima, já esteve afastada por dores na coluna e está otimista com o início do tratamento. “Nosso trabalho exige esforço constante. Pretendo corrigir minha postura ao pegar as encomendas e, assim, melhorar minha saúde e prevenir futuras lesões”, destacou.

A cinesioterapia é uma técnica de tratamento que se baseia nos conhecimentos de anatomia, fisiologia e biomecânica, com utilização de recursos e técnicas variadas. Além de proporcionar condicionamento físico, melhora a força, a massa muscular e óssea, a mobilidade e a flexibilidade. Também reduz doenças ocupacionais, promove reeducação postural, ajuda no controle do estresse e na manutenção da autoestima.

Publicado em Institucional | Com a tag , , | 4 comentários

Serviço de Informação ao Cidadão dos Correios completa cinco anos

O acesso à informação assegura não só a transparência, os princípios éticos e a boa governança de uma organização, mas também é fundamental para o próprio exercício da democracia. Um dos mecanismos fundamentais para o aperfeiçoamento desse processo nos Correios completa cinco anos nesta terça-feira (16): o Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC).

Criado em maio de 2012, quando entrou em vigor o decreto que regulamentou a Lei de Acesso à Informação (LAI), o serviço permite a qualquer pessoa, física ou jurídica, encaminhar pedidos de acesso à informação de caráter institucional, acompanhar o prazo e receber a resposta de solicitações. Também é possível entrar com recursos e apresentar reclamações.

Nesses cinco anos, mais de 9 mil solicitações de informação foram registradas. Só em 2017, já foram recebidos 675 pedidos, com prazo médio de resposta de 7,1 dias, marca que demonstra a eficiência do e-SIC dos Correios. Nos demais órgãos e entidades da administração pública, a média do tempo de atendimento registrada no primeiro trimestre deste ano foi de 11,9 dias.

A LAI estabelece que as respostas devem ser imediatas, quando as informações estão disponíveis. Não sendo possível, é estabelecido um prazo de 20 dias, que pode ser prorrogado por mais 10 dias, mediante justificativa.

Cultura da transparência – Para o gerente de Serviços de Informação ao Cidadão dos Correios, Paulo Belém, ao abrir um canal de diálogo com a sociedade, o serviço ajuda a internalizar a cultura da transparência na empresa e contribui para a adoção das melhores práticas de gestão. “Os cidadãos, ao demandarem informações institucionais, participam, efetivamente, da gestão das organizações, inspirando sua transformação e atuando na direção da evolução dos princípios democráticos”, ressalta o gestor.

Publicado em Institucional | Com a tag , , | 2 comentários

Redação em braille é destaque no Concurso de Cartas

O Concurso Internacional de Redação de Cartas foi vencido na etapa estadual em Goiás pela estudante Emilly Oliveira Rodrigues, de apenas 11 anos de idade, do Colégio Metropolitano de Goiânia. Mas a segunda colocada, a aluna Maria Vitória Gomes da Silva, 15, também ganhou destaque por sua história de superação: estudante de escola pública, Maria Vitória é cega e escreveu sua carta em braille. Ela cursa o 9º ano no Colégio Estadual Jalles Machado, em Goianésia, a 175 km de Goiânia. O aluno Gilberto Gonçalves Gomes Filho, da mesma escola, ficou em terceiro lugar.

Vítima de um glaucoma, Maria Vitória é deficiente visual desde que nasceu. Após escrever sua carta em braille, a jovem ditou, ela própria, o texto para transcrição, já que o regulamento exigia que a redação fosse manuscrita. A carta original foi enviada pela direção da escola à comissão julgadora do concurso. “Eu fiquei muito feliz em saber que o meu texto em braille foi aceito, porque eu vi ali uma preocupação do concurso em que todas as pessoas, mesmo com deficiência, pudessem escrever”, declarou a aluna que apresentou propostas para a erradicação da pobreza.

A adolescente explicou que decidiu participar por se interessar pelo tema: “imagine que você é um assessor (a) do secretário-geral da ONU – qual o problema mundial que você o ajudaria a resolver em primeiro lugar e de que forma você o aconselharia para isso?”. “A proposta deste ano foi muito interessante, pois me fez refletir bastante sobre determinados problemas mundiais. Percebi ali, também, uma forma de me tornar uma pessoa melhor ao me passar por uma personagem que vive uma realidade totalmente diferente da minha”, contou.

Colega de escola de Maria Vitória, o terceiro colocado Gilberto Gonçalves Gomes Filho já conquistou também diversas premiações importantes em Matemática, colecionando medalhas de bronze, prata e 2 de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), Menção Honrosa na Olimpíada de Matemática do Estado de Goiás (OMEG), medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Informática (OBI).

O Concurso Internacional de Redação de Cartas, realizado há 46 anos, é aberto a estudantes de até 15 anos, de escolas públicas e particulares. O concurso é realizado no Brasil pelos Correios e coordenado em todo o mundo pela União Postal Universal (UPU), entidade que reúne 191 países.

Publicado em Institucional | Com a tag , , | 1 comentário