Esclarecimento dos Correios sobre matérias com informações inverídicas em relação a sites chineses

Em relação às matérias que vêm sendo divulgadas em diversos veículos afirmando que os Correios “acusam” o correio chinês de “manobras” e “trapaças”, a empresa vem esclarecer: em momento algum os Correios acusaram a China de fazer qualquer tipo de manobra ou trapaça. Há, sim, uma constatação, não apenas do Brasil, mas dos correios de outros países que recebem importações do país asiático, sobre problemas percebidos nesses objetos: o não envio das informações eletrônicas, a utilização de etiquetas fora do padrão, que impossibilitam que essa carga seja induzida em máquina de triagem automatizada, além de etiquetas com impressão em baixa qualidade. Essas questões elevam os custos da operação dos correios no país de destino e aumentam ainda mais os prazos de entrega, causando nos consumidores a impressão de que o processo de correio, de forma geral, é ineficiente.

Em outras palavras, embora existam normas internacionais da União Postal Universal (UPU) que permitem aos operadores postais enviar objetos de até 2kg de um país a outro contendo documentos ou mercadorias sem registro, o que tem sido praticado pela maioria dos sites de compras chineses, essa modalidade de envio de objetos não possui rastreamento, o que impacta diretamente o consumidor, que não tem informações sobre a postagem nem garantia de prazo ou de entrega definidos.

Ainda, quando o envio possui registro, é de um serviço econômico/não urgente, que oferece apenas dois eventos de rastreamento (chegada no Brasil e entrega ao destinatário). Esses objetos possuem prazos de nacionalização e entrega mais dilatados, com toda a logística realizada via terrestre. O prazo estimado que os Correios possuem para entregar essas encomendas é de 40 dias úteis após a liberação pela fiscalização alfandegária. Em média, desde a postagem até a entrega, a espera pela encomenda pode chegar a 60 dias úteis (cerca de 3 meses). Cabe ressaltar que esses serviços existem apenas no contexto de objetos internacionais. No Brasil é proibido o envio nacional de produtos por meio desse tipo de serviço, que é exclusivo para envio de correspondências.

É importante que o consumidor brasileiro habituado a fazer compras em sites chineses tenha conhecimento dessas informações para entender melhor como funciona o processo como um todo e possa ter o direito de optar por serviços que melhor atendam a suas necessidades como importador.

Para garantir essa melhora do serviço ao consumidor, é necessário que os sites chineses encaminhem as mercadorias com as etiquetas no padrão recomendado pelo Brasil, incluindo a informação do CEP, que é essencial para otimizar o processo de entrega desses objetos. Além disso, os Correios têm a expectativa de que a China passe a enviar as informações eletrônicas de todos os pedidos. Recentemente, os Correios lançaram, em parceria com a Receita Federal, o Novo Modelo de Importação, com uma plataforma eletrônica que permite o pagamento de impostos e o desembaraço aduaneiro de forma mais simplificada. Mas para que o modelo funcione, o país de origem precisa encaminhar as informações eletronicamente. Caso contrário, os Correios são obrigados a digitar todas as informações, aumentando os custos e o prazo.

Outra necessidade é que os sites deixem claro para o comprador que tipo de serviço está por trás do frete grátis oferecido e o prazo de entrega no país de destino, além de fornecerem opções de serviços mais qualificados, para melhorar a experiência de quem compra naqueles sites.

Cientes dessa situação, os Correios já estão desenvolvendo, em parceria com órgãos internacionais, ações que visam sanar essas dificuldades. O assunto já foi tratado em conjunto com a UPU e, no congresso da União Postal das Américas, Espanha e Portugal (UPAEP), que está sendo realizado nesta semana, os Correios voltaram a expor a situação e propuseram soluções, que vão desde a obrigatoriedade do envio de objetos com informação eletrônica de qualidade à padronização dos códigos de endereçamento e rastreamento. A empresa também está em contato com os principais sites chineses para oferecer-lhes novos serviços que garantam a entrega dos objetos em prazos menores, de até 10 dias, na mesma plataforma do serviço doméstico PAC.

Tais medidas visam facilitar o processo operacional dos Correios e também trazer benefícios ao consumidor, que poderá optar pelo tipo de serviço mais conveniente, de acordo com suas necessidades, além de lhe proporcionar mais segurança e garantia sobre o envio da mercadoria.

De forma alguma os Correios são contrários ao e-commerce chinês. Pelo contrário, a empresa acredita, fomenta e valoriza o comércio internacional como um todo. Todas as ações que vêm sendo feitas, como os acordos e as aproximações com outros países, têm o objetivo de esclarecer o consumidor brasileiro e melhorar a experiência daqueles que compram em sites internacionais e dos empresários que exportam seus produtos.

Publicado em Correios na midia | Com a tag | Deixar um comentário

Ainda tem cartinhas para o Papai Noel à espera de adoção

O Papai Noel dos Correios precisa de ajuda! Ainda há milhares de cartas de crianças à espera de interessados em adotá-las em todo o Brasil. Os moradores de Belém, Cuiabá, Porto Alegre, Recife e São Paulo (região metropolitana) também podem adotar uma cartinha pela internet até a próxima sexta-feira (24).

No resto do país, os padrinhos devem comparecer à casa do Papai Noel ou às unidades dos Correios listadas como pontos de adoção e escolher uma ou mais cartas. As datas e locais variam conforme o Estado e podem ser conferidas no hotsite da campanha.

Os presentes devem ser entregues nos pontos divulgados pelos Correios, que realizam a entrega para as crianças. Não é permitida a doação do presente diretamente pelo padrinho e o endereço da criança não é informado.

Carta em braile – O programa Bom Dia Brasil, exibido pela TV Globo na última segunda-feira (20), falou da campanha e mostrou a emoção causada por uma cartinha muito especial, escrita em braile pela estudante Gabriela, de 8 anos, moradora de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Assista ao vídeo.

 

 

Publicado em Institucional, Responsabilidade Socioambiental, Sem categoria | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Correios entrega provas do Encceja

Os Correios foram os responsáveis pela entrega das provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). A operação, realizada no último domingo (19), foi um sucesso, com a distribuição e coleta de mais de 5,3 milhões de objetos em 564 municípios.

Mais de 2 mil empregados participaram de mais essa grande operação logística, com a utilização de cerca de 600 veículos. Para armazenar as provas, cerca de 480 unidades foram envolvidas, entre distribuidoras e centralizadoras de carga.

Os Correios fazem a distribuição desse exame desde 2010, mas a prova não era realizada desde 2014. A operação tem crescido, já que a certificação, que era obtida por meio do Enem até o ano passado, voltou a fazer parte do Encceja a partir de 2017.

Sobre o exame — O Encceja é um exame que tem o objetivo de avaliar os conhecimentos de jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada, de modo a certificá-los nos ensinos fundamental e médio.

Publicado em Negócios e Mercado | Com a tag , , | Deixar um comentário

Centro Cultural Correios do Rio recebe certificado de excelência

O Centro Cultural Correios do Rio de Janeiro recebeu da Embaixada da Áustria, na última semana, o certificado de reconhecimento de Complexo Cultural de Excelência. O documento foi entregue pela embaixadora do país, Irene Ginner-Reich, ao presidente dos Correios, Guilherme Campos.

O texto do certificado diz o seguinte: “A Embaixadora da República da Áustria declara reconhecer o Centro Cultural Correios da cidade do Rio de Janeiro como um Complexo Cultural de Excelência, dado seu compromisso com a pluralidade de linguagens artísticas oferecidas à frequentação pública, o volume de projetos abarcados e a qualidade das instalações das áreas expositivas”.

O Centro Cultural Correios foi inaugurado em agosto de 1993. Desde então, vem marcando presença no Estado do Rio de Janeiro com a promoção de eventos em áreas diversas, como teatro, vídeo, música, artes plásticas, cinema e demais atividades voltadas à integração da população fluminense com formas variadas de expressão artística.

Suas instalações ocupam 3.480 m², divididos em três andares. No térreo, está localizado o teatro com capacidade para 200 pessoas e uma galeria para pequenas mostras. Na área externa, fica a Praça dos Correios, na qual são realizados shows e grandes eventos. No outros pavimentos, há 11 salas de exposições, com infraestrutura para eventos de grande porte, e um auditório com 50 lugares.

Publicado em Institucional | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Zico participa da Campanha Papai Noel dos Correios

O lançamento da Campanha Papai Noel dos Correios no Rio de Janeiro contou com uma participação especial: o ex-jogador de futebol Zico, que é o padrinho número 1 do Papai Noel dos Correios 2017 no Estado.

A alegria das crianças presentes foi grande na chegada do Carteirinho e do Papai Noel. Mas a animação foi ainda maior quando o galinho de Quintino, o Zico, foi chamado para vestir a camisa oficial número 10 da campanha e participar da comemoração.

“Me sinto muito orgulhoso em ser padrinho da Campanha Papai Noel dos Correios e em poder incentivar as pessoas a adotar as cartinhas das crianças. Fico ainda mais feliz porque a festa de lançamento está acontecendo em Quintino, na Escola Municipal Rocha Pombo, onde estudei por cinco anos durante a infância e tive uma ótima educação com a professora Neide”, disse o Zico.

Como funciona – A campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil: os Correios recebem cartas para o Papai Noel de crianças da sociedade, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. As cartas são lidas, selecionadas e disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. Elas ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa.

Os presentes são recebidos nos pontos divulgados e entregues às crianças pelos Correios. Não é permitida a entrega direta do presente e o endereço da criança não é informado ao padrinho.

As datas da campanha podem variar em cada Estado. Todas as informações sobre o Papai Noel dos Correios 2017 estão no hotsite.

 

 

Publicado em Institucional, Responsabilidade Socioambiental | Com a tag , , , | 2 comentários

CCCSP recebe mostra “Williamsburg – paisagem em transformação”

Está em cartaz no Centro Cultural Correios São Paulo (CCCSP), a exposição ‘Williamsburg – paisagem em transformação’, composta por fotografias do carioca Caique Cunha registradas em Williamsburg, Nova Iorque (EUA). As imagens abordam o processo de gentrificação, o movimento das alterações urbanas e a dissonância entre a cultura local e o novo. A entrada é gratuita.

Nos registros, Caique Cunha percorre Williamsburg, trecho do bairro nova-iorquino Brooklyn, revelando mudanças e costumes de grandes centros urbanos que vivem em constante transformação. As fotos em preto e branco contrastam com esta parte de Nova York, uma cidade repleta de cores, e retratam cenas do dia a dia, como um jogo de dominó na praça, uma mulher passeando com seus cães e pessoas caminhando pelas ruas.

A mostra, que tem curadoria de Rodrigo Santana, já passou por Nova York, Rio de Janeiro, Niterói (RJ) e Garanhuns (PE) e pode ser vista até o 7 de janeiro de 2018, das 11h às 17h. Ela é composta por vídeos e fotografias feitos com equipamento analógico, mas o artista também usou câmera digital.

Serviço:

‘Williamsburg – Paisagem em transformação’
Onde:
Centro Cultural Correios São Paulo (CCCSP)
Endereço: 
Av. São João, s/ nº, Vale do Anhangabaú, São Paulo – SP (Metrô São Bento)
Quando: 
de terça a domingo, das 11h às 17h, até 7/1/18
Com acessibilidade
Entrada franca
Acesso livre

Publicado em Agenda cultural | Com a tag , , , | 2 comentários

Já é Natal nos Correios

Crianças ou adultos, não há quem segure a emoção quando Papai e Mamãe Noel chegam. É sempre assim e não foi diferente na última sexta-feira (10), quando foi aberta a Campanha Papai Noel dos Correios 2017. O local escolhido para o lançamento nacional da campanha foi o Prédio Histórico dos Correios, no centro de São Paulo, reunindo empregados, parceiros, clientes, e, claro, as crianças. Cerca de 50 meninos e meninas de escolas públicas trouxeram suas cartinhas com pedidos para o bom velhinho.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, conduziu a cerimônia, destacando o fato dos empregados terem iniciado esta ação. “Hoje gostaria de pedir aplausos para os empregados dos Correios que há 28 anos começaram a responder às cartinhas que chegavam para o Papai Noel, sem imaginar que essa inciativa se transformaria nessa gigante ação de solidariedade em todo o Brasil”, elogiou o presidente, ao lado do vice-presidente de Negócios Públicos dos Correios, José Furian Filho; do superintendente estadual de operações de SPM, Sergio Repolho Negri; e do carteiro Alexandre Souza Gomes, que representou todos os empregados.

Somente nos últimos três anos, foram recebidos mais de 2,5 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios. O objetivo principal da ação é responder às cartas das crianças e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que estão em situação de vulnerabilidade social.

Entre os convidados, estavam o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo, Felipe Sabará, representando o prefeito João Dória; e os atletas Gabriel Santos, nadador medalha de prata no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste, e Danielle Joia, armadora central da Seleção Brasileira Feminina de Handebol. “Há uns sete anos, participo adotando cartinhas. Já avisei minhas colegas de equipe que a campanha está começando”, disse Danielle. “Para mim, é uma honra estar aqui representando todos os atletas de esportes aquáticos”, falou Gabriel.

Na solenidade, houve o lançamento dos tradicionais selos de Natal, que foram obliterados por Papai e Mamãe Noel, por convidados, entre eles a artista que criou os quatro selos, Nathanna Érica, e também por uma criança, Gabriel Aparecido Ferreira Alonso, de 8 anos, filho da empregada dos Correios Jeisa Ferreira Alonso.

Oficina cultural para crianças – Soltar a criatividade foi a ordem na oficina cultural para as crianças. O objetivo era criar um selo de natal. E elas se divertiram com a atividade. “Eu estava esperando o Natal desde o meu aniversário, que foi em agosto, e agora ele chegou”, disse Beatriz Campos, 8 anos. “Achei a festa muito legal e maneira. Hoje foi a quarta vez que eu vi o Papai Noel”, falou Ana Clara Sampaio, de 8 anos. “Sabe, agora eu acredito que Papai Noel existe de verdade”, revelou Gustavo Ferreira, de 7 anos.

Todas as informações sobre o Papai Noel dos Correios 2017 estão no hotsite da campanha.

Publicado em Institucional, Responsabilidade Socioambiental | Com a tag , , , | 10 comentários

Museu Correios disponibiliza coleções digitalizadas

Já é possível conhecer parte do acervo histórico do Museu Correios pela internet. No terminal Saber + estão disponíveis duas coleções digitalizadas: Editais de Selos dos anos 30 e Relógios Antigos. Novas peças estão sendo inseridas gradualmente no sistema.

A coleção Editais de Selos trata das peças emitidas pela Casa da Moeda do Brasil a partir da década de 30. A Relógios apresenta verdadeiras relíquias esculpidas em madeira e com funcionamento a corda em bom estado de conservação.

Para consultar toda essa cultura e história dos Correios, basta utilizar uma palavra-chave no campo busca do Saber + e o sistema irá apresentar todos os arquivos disponíveis relacionados à pesquisa. Para visualizar as imagens desejadas, basta um clique no item Detalhes.

A disponibilização do sistema Saber + pela internet é mais uma etapa de lançamento do terminal unificado de consulta aos acervos bibliográfico, arquivístico e museológico dos Correios. A ferramenta é uma novidade no mercado e foi desenvolvida especialmente para atender à demanda da empresa de integrar o acesso aos seus acervos.

Conheça um pouco mais sobre as coleções digitalizadas que o Museu Correios já disponibiliza no Saber +.

Editais – Edital é o documento de criação, a “certidão de nascimento” de uma peça postal (selo, carimbo, folhinha etc). Segundo o dicionário Filatélico do Portal Filatelia.com, edital é um “impresso emitido pelas administrações postais com a finalidade de tornar público e oficializar o lançamento de uma peça filatélica. Contém o histórico da peça e seus detalhes técnicos.” O Museu Correios possui em seu acervo mais de 2.500 editais de selos, emitidos a partir da década de 30, além de milhares de editais de carimbos e outras peças postais. Os primeiros documentos cadastrados como editais são apenas uma reprodução dos dados dos editais, emitidos pela Casa da Moeda do Brasil.

Relógios – A racionalização do tempo nas operações logísticas sempre esteve incorporada nas atividades dos Correios, por isso o relógio traz a simbologia de operar soluções não apenas eficientes, como também dentro dos prazos estabelecidos. A coleção de relógios do Museu Correios é composta por 127 peças, sendo a maioria confeccionada em madeira e funcionamento a corda.  A preservação dos relógios constitui um testemunho da importância do tempo e sua marcação no desenvolvimento das atividades dos correios.

Para mais informações, acesse o Portal dos Correios.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Papai Noel dos Correios está chegando

Ouvir   Baixar 

Repórter: Sonho. O sonho que só o natal pode despertar na mente de uma criança. o encanto da noite, a espera pelo Papai Noel e um desejo: que ele traga um presente. Aquele que esperou o ano inteiro, que irá fazer os olhos brilharem e o coração bater de felicidade.

Nesse contexto, nasceu o Papai Noel dos correios, campanha que faz a ponte entre os pedidos das crianças e o bom velhinho. Por meio de cartas, os pequenos pedem um presente ao Papai Noel dos Correios. a empresa realiza toda a logística do recebimento e disponibiliza as cartas para os padrinhos adotarem as suas. o presidente dos Correios, Guilherme Campos, explica como é a campanha:

Guilherme Campos: Maior ação social da empresa, a campanha tem como objetivo manter viva a magia do natal, estimulando o voluntariado e a solidariedade dos trabalhadores e da sociedade, além de promover junto às crianças o desenvolvimento das habilidades de redação de cartas, do endereçamento correto e do uso do CEP e do selo postal.

Repórter: A emoção é o fio que conduz o Papai Noel dos Correios, que nasceu no coração de alguns empregados da empresa, há 28 anos. Na rotina de trabalho, recebiam cartas escritas por crianças e direcionadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, resolveram “apadrinhar” os pequeninos, adotando eles mesmos as cartinhas e enviando os presentes. Magada Susel, empregada aposentada dos Correios, conta como foi sua experiência com a campanha:

Magda Susel: Há vários anos eu participo da campanha Papai Noel na qual crianças escrevem uma cartinha destinada ao bom velhinho. Ao longo desses anos, foram muitas emoções vividas: as crianças escrevem com tanta esperança, depositam nas suas cartinhas seus sonhos.

Repórter: As crianças Samira, de sete anos, e Kawan, de dez anos, revelam o que pediram ao Papai Noel:

Samira: Papai Noel, meu nome é Samira, eu fiquei muito feliz de escolher uma cartinha de Natal pra o senhor me dar um cavalo da Lullie no Natal e que abençoasse todas as crianças e desse presentes, amém. Beijos.

Kawan: Eu pedi pro Papai Noel um patins de cor preta porque o meu pai trabalha muito aí ele não tem condições de comprar um patins.

Repórter: A campanha Papai Noel dos Correios acontece todos os anos, nos meses de novembro e dezembro. Este ano, será lançada dia 10 de novembro. Informações como datas e pontos de adoção de cartas, entrega dos presentes nas agências e entrega dos presentes às crianças serão divulgadas no blog dos correios, no endereço: https://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios/. Participe, adote uma cartinha e ajude a tirar os sonhos das crianças do papel. Ouça aqui

Publicado em Áudio | 10 comentários

Selo dos Correios celebra os 200 anos da vinda de Maria Leopoldina ao Brasil

A Câmara dos Deputados realizou em Brasília, nesta terça-feira (7), sessão solene pelo bicentenário da chegada da imperatriz Maria Leopoldina ao Brasil. A homenagem foi marcada pelo lançamento de selo dos Correios alusivo à data, além da entrega de prêmios aos estudantes vencedores dos concursos de vídeo e de desenho sobre a importância histórica da personagem, que nasceu na Áustria, mas adotou o Brasil como sua nova pátria, tendo uma forte atuação no processo de aceitação da nacionalidade brasileira por Portugal.

A emissão em homenagem à imperatriz é a primeira de uma série de seis selos denominada “Brasil, 200 anos de Independência”, fruto de uma parceria entre a Câmara dos Deputados e os Correios. A solenidade de lançamento contou com a presença do presidente dos Correios, Guilherme Campos e do vice-presidente de Tecnologia dos Correios, Eugênio Montenegro. Para o presidente dos Correios, além de prestar uma merecida homenagem à memória de da imperatriz do Brasil, a parceria entre os Correios e a Câmara dos Deputados relembra a relação entre a estatal e as próprias origens do País.

“O carteiro Paulo Bregaro, patrono dos Correios, foi o responsável por entregar a Dom Pedro I a carta de Maria Leopoldina com as notícias que desencadearam a Independência do Brasil. Desta forma, podemos considerar que o Brasil existe porque existe carteiro, porque existem os Correios”, ressaltou Guilherme Campos.

Resgate histórico – Para o deputado Evandro Gussi, o Brasil vive um momento em que muitos dos brasileiros não conhecem suas origens e como foram constituídos, por isso a importância de lembrá-los. Neste sentido, o vice-presidente de Tecnologia dos Correios, Eugênio Montenegro, destacou que a memória da imperatriz agora passará a integrar o rico acervo filatélico nacional, “não apenas relembrando a nossa história, mas reconhecendo, homenageando e ampliando o conhecimento sobre as pessoas e as realizações que estão na gênesis do nosso país e de todos nós, que hoje formamos esta forte nação”, afirmou.

Para confecção do selo foram utilizados recursos de tinta calcográfica e computação gráfica. O uso das cores de um nascer do sol identifica o alvorecer de uma nação. A seguir, a representação da nau D. João VI, navio que em 1817 trouxe a princesa ao Rio de Janeiro, em aquarela de Franz Joseph Frühbeck. Abaixo, o retrato da Princesa Leopoldina, gravura feita por Jean F. Baddoureau a partir da obra do artista Jules A. Vauthier, mostra toda sua jovialidade na época da viagem ao Brasil. Por último, sua assinatura, em tinta calcográfica (relevo), já com a adoção do nome Maria Leopoldina, em homenagem à nova pátria. Com valor facial de R$4,20, a emissão comemorativa pode ser adquirida na loja virtual dos Correios.

Também estiveram presentes na sessão solene o deputado Evandro Gussi, corregedor da Câmara dos Deputados e coordenador da Comissão Especial Curadora destinada a elaborar as comemorações relativas aos 200 anos da Independência; Dom Gabriel de Orleans Bragança, representando a alteza imperial e real, o príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, chefe da Casa Imperial do Brasil; o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral; a embaixadora da Áustria no Brasil, Irene Giner-Reichl, e a vice-presidente do Conselho Federal da Áustria, Íngrid Winkler.

Publicado em Filatelia, Institucional | Com a tag , , , | 4 comentários