Esclarecimento sobre matéria do jornal Valor Econômico

Com relação à matéria divulgada pelo jornal Valor Econômico nesta quarta-feira (27), os Correios esclarecem que não houve qualquer tipo de “manobra” para fechamento do balanço contábil 2014 da empresa.

Na verdade, o balanço da empresa foi adequado às normas internacionais de contabilidade, o que é um marco de transparência e melhoria de gestão na estatal e resultou na aprovação sem qualquer ressalva pela auditoria externa independente, quando chegou a possuir 12 ressalvas em 2010. Pela primeira vez, os Correios assumiram os compromissos de previdência e de saúde (benefício pós emprego) de seus 120 mil trabalhadores, provisionando cerca de R$ 1 bilhão para esse fim. O impacto foi significativo no resultado final, que ainda assim manteve lucro líquido de cerca de R$ 10 milhões. Caso esse provisionamento não fosse realizado, o lucro registrado superaria R$ 1 bilhão. Há ainda que se considerar o desembolso de R$ 235 milhões para o plano de demissão incentivada. Também causou impacto significativo no resultado da empresa o não realinhamento das tarifas postais — que, caso tivesse ocorrido, renderia R$ 482 milhões de acréscimo na receita.

Diferentemente do que diz o Valor, a empresa vive um acelerado processo de revitalização de sua gestão e de seus processos operacionais.

Já presente em todos os municípios do Brasil, em 2014 os Correios chegaram também a 97% dos distritos com mais de 500 habitantes, conforme estabelecem as normas governamentais. Com relação à entrega de cartas e encomendas, a empresa superou sua meta e expandiu o serviço de distribuição postal externa a 84,7% da população brasileira. Além da expansão, a estatal tem buscado o aprimoramento dos serviços postais, por meio de investimentos de aproximadamente R$ 2 bilhões nos últimos cinco anos — sendo que em 2014 o montante atingiu R$ 551 milhões, com destaque para o investimento de R$ 182 milhões em modernização de veículos, R$ 121 milhões na instalação e manutenção da rede de atendimento e R$ 146 milhões em equipamentos de informática.

Em uma empresa de proporções gigantescas como os Correios, é um erro usar números absolutos desprovidos de contexto. É o que faz o Valor, ao citar que a empresa atingiu “um pico de 1 milhão de reclamações mensais”, omitindo que este volume é ínfimo perto do total de entregas realizadas no período. Somente em um dia, os Correios entregam 36 milhões de cartas e encomendas em todo o Brasil. O dado correto a ser considerado pela população brasileira é que, em 2014, o percentual de reclamações sobre o tráfego de objetos registrados no País foi inferior a 0,1%.

Não há que se comparar o resultado atual com o de 2012, já que, conforme amplamente divulgado à imprensa, inclusive ao Valor Econômico, o lucro de 2012 deveu-se quase que exclusivamente ao rendimento de aplicações financeiras e não à operação postal. A verdade é que, ao longo dos últimos cinco anos, os Correios apresentaram expansão sustentável de seus negócios, com aumento de 32% na receita de vendas e de 33% na receita total — o equivalente a um adicional médio anual de R$ 1 bilhão na receita de vendas. O crescimento nominal da receita total dos Correios, entre 2010 e 2014, foi de R$ 4,4 bilhões. Só em 2014, a receita de vendas cresceu 8,4 %, passando de R$ 15,4 bilhões em 2013 para R$ 16,6 bilhões em 2014. A receita total cresceu 6,2%, passando de R$ 16,6 bilhões para R$ 17,7 bilhões. A base de clientes com contrato foi ampliada em 8,6%.

Essa situação é muito diversa de outros operadores postais de mesmo tamanho que os Correios. Em 2014, por exemplo, o operador postal indiano registrou prejuízo de US$ 868 milhões e o dos Estados Unidos, prejuízo de US$ 5,5 bilhões.

Enfim, os Correios tomaram as medidas necessárias para garantir o crescimento seguro e atualmente estão em uma posição sólida e ajustada para enfrentar um novo ciclo de crescimento nos próximos anos. Sem cortar empregos ou perder receita e, ainda, mantendo um serviço postal acessível e de qualidade.

Publicado em Correios na midia, Institucional | Com a tag , , | Deixar um comentário

Exposição conta história de uma das principais obras sobre o Rio de Janeiro

Um novo marco nas comemorações dos 450 anos da cidade, a exposição “A muito leal e heroica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro” segue em cartaz até o dia 12 de julho, no Centro Cultural Correios Rio de Janeiro. De autoria de Gilberto Ferrez e concebida pelo empresário e colecionador Raymundo de Castro Maya, o livro que dá nome à mostra foi lançado em 1965, sendo um divisor de águas no panorama editorial brasileiro. Agora, com design de montagem assinado por Daniela Thomas e Felipe Tassara, a obra sai de sua condição de raridade, ganhando uma grande exposição que revela todo o making-of da publicação.

Várias das obras originais reproduzidas no livro, que jamais foram reunidas, poderão ser vistas gratuitamente pelo público, que irá conhecer as minúcias de um projeto editorial inovador, realizado com técnicas artesanais e cercado de extremo cuidado. A seleção inclui a famosa tela de João Francisco Muzzi que retrata o incêndio que reduziu a cinzas o antigo recolhimento de Nossa Senhora do Parto, em 1789. Há litografias de G. Engelmann do início do século XIX, com vistas da entrada da Baía do Rio de Janeiro e da Igreja da Glória, entre outras.

A mostra reúne ainda litografias, aquarelas e desenhos de Debret e os tipos e vendedores ambulantes retratados por Lopes, editados entre 1840 e 1841 pela litografia Briggs. Mapas, esboços, correspondência, layouts e documentos originais de várias épocas, que poucas vezes são exibidos ao público, completam a exposição, que conta também com a publicação de uma edição fac-símile do livro, em tamanho reduzido.

“A muito leal e heroica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro” pode ser conferida de terça-feira a domingo, das 12h às 19h. O Centro Cultural Correios RJ está situado na Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro.

Publicado em Agenda cultural | Com a tag , | Deixar um comentário

Correios lança hotsite baseado no conceito “Isso é entrega”

Já está no ar o hotsite da campanha institucional dos Correios para os Jogos Rio 2016. Baseada no conceito “Isso é entrega”, a ação destaca o filme criado para divulgar  a empresa como operadora logística oficial dos Jogos Rio 2016, além de apresentar filmetes com atletas e pessoas comuns compartilhando um pouco de suas “entregas” em busca da superação dos próprios limites. A ideia é estimular os visitantes a interagirem, compartilhando suas opiniões e conquistas pessoais, aproximando a sociedade dos atletas que integram o Time Brasil.

Para estimular a interação com os visitantes-torcedores de todo o País, a página difunde a utilização da hashtag  #ISSOÉENTREGA, que reúne e compartilha em uma área específica do próprio hotsite todos os posts com comentários, fotos e vídeos relacionados à iniciativa. Além de visualizar uma galeria com todo esse material, o visitante também pode responder, na própria página, à pergunta “Qual a sua entrega?”, tendo o comentário postado em sua conta pessoal no Twitter.

A página realiza ainda a apresentação dos atletas brasileiros que, junto com suas equipes, mostram a importância de se entregar para atingir metas e encher de orgulho os brasileiros. Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil e patrocinado pelos Correios, o time de atletas da natação, saltos ornamentais, nado sincronizado, handebol e tênis é apresentado individualmente, com as fichas técnicas pessoais e principais conquistas de cada esportista.

Para conhecer o hotsite acesse http://issoeentrega.com.br/. Já para fazer parte desse grande time de vencedores, utilize a hashtag #ISSOÉENTREGA em suas publicações, compartilhe suas vitórias e seja você também inspiração para outras pessoas!

Publicado em Institucional, Patrocínios | Com a tag , , , , | 1 comentário

Esportes patrocinados pelos Correios movimentam campeonatos decisivos

Até o dia 28 de maio, a Seleção Feminina de Handebol irá disputar o Campeonato Pan-Americano da modalidade, em Havana, Cuba. O Brasil está no grupo A, ao lado de Estados Unidos, Paraguai, Groenlândia, Venezuela e Porto Rico, tendo estreado nesta quinta-feira (21) com pé direito, superando com tranquilidade as americanas, por 28 a 14. O grupo B é composto por Argentina, Uruguai, Chile, México, Cuba e Guatemala.

Criado em 1986, o Campeonato é a competição oficial de seleções de handebol da América do Norte, América Central e Caribe e América do Sul, sendo realizado atualmente a cada dois anos.

Nos esportes aquáticos, será a vez do Troféu Brasil de Saltos Ornamentais, que acontece de 28 a 31 de maio, na Universidade de Brasília (UnB). A competição irá definir quais atletas brasileiros disputarão as provas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e no Mundial de Kazan. Esta será a última seletiva para a formação da equipe nacional.

A poucos dias do evento, os principais saltadores do Brasil mantêm a rotina de treinos no Centro de Excelência da UNB. São eles: Andressa Mendes, Gabriela Jade, Giovana Pedroso, Ingrid Oliveira, Juliana Veloso, Luana Lira, Milena Canto Sae, Natalie Cruz, Nicoli Cruz, Tammy Galera Takagi, Hugo Parisi, Ian Matos, Isaac Souza, Jackson Rondinelli e Luiz Felipe Outerelo.

Patrocínios – Patrocinadores oficiais da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) desde 2012, os Correios já viabilizaram, em parceria com a Confederação, a criação de 15 núcleos do MiniHand, projeto social de iniciação à modalidade que ensina o esporte a crianças de escolas públicas. A estatal também é a patrocinadora oficial da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) desde 1991, apoio que possibilita fomentar as modalidades que integram a Confederação e o desenvolvimento dos atletas, além de manter projetos sociais que beneficiam milhares de crianças e adolescentes.

Publicado em Patrocínios | Com a tag , , | Deixar um comentário

Selos valorizam importância das abelhas sem ferrão

Na sexta-feira (22), os Correios colocam em circulação a emissão especial “Abelhas Brasileiras Melíponas – Abelhas sem ferrão”, composta por seis selos que homenageiam a importância e a originalidade desses insetos brasileiros, apresentando espécies consideradas relevantes para a preservação do equilíbrio ecológico e a exploração sustentável da meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão).

A minifolha apresenta seis espécies de abelhas melíponas presentes no território brasileiro em meio à natureza, a partir das características e do habitat de cada uma das espécies destacadas.

Criados por José Carlos Braga, os selos contam com a utilização de técnicas de quadricromia com aplicação serigráfica de verniz aromático e computação gráfica. tiragem é de 720 mil selos, com valor de R$ 2,50 cada. As peças podem ser adquiridas nas agências dos Correios, na loja virtual e na Central de Vendas a Distância.

Publicado em Institucional | Com a tag , , | Deixar um comentário

Olimpíada de Matemática tem logística dos Correios

Os Correios já iniciaram as atividades para a realização da operação logística da 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP). Há 10 anos a empresa é responsável pela logística do projeto, que inclui a distribuição dos kits de divulgação da OBMEP, do material de provas e do material didático. Neste ano, os kits de divulgação foram enviados pelos Correios para 67 mil destinatários e o material de provas, para cerca de 48 mil escolas inscritas. O projeto alcança 5.538 municípios brasileiros.

Em 2015, a OBMEP vai premiar 6,5 mil alunos com medalhas — dentre elas, 500 de ouro, 1.500 de prata e 4.500 de bronze -, além de cerca de 46,2 mil menções honrosas. Os medalhistas também vão receber convites para participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC), ao longo de 2016.

A olimpíada tem três níveis de participação (alunos dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental; alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental; e alunos do Ensino Médio), e é dividida em duas etapas, sendo a primeira realizada na escola do aluno e a segunda realizada em centros de aplicação implementados pela OBMEP.

A primeira edição da olimpíada foi realizada em 2005 e envolveu 10,5 milhões de alunos, contemplando 31 mil escolas. Na 10ª edição, em 2014, o projeto contou com a participação de aproximadamente 18,2 milhões de alunos, contemplando 47 mil escolas e nesse ano já está confirmada a participação de aproximadamente 18 milhões de alunos, contemplando 48 mil escolas, na 1ª fase da OBMEP.

Publicado em Institucional | Com a tag , | Deixar um comentário

Seminário comemora três anos do Serviço de Informação ao Cidadão nos Correios

Para marcar os três anos da implantação do Serviço de Informações ao Cidadão (SIC) dos Correios, a empresa realizou, na manhã desta terça-feira (19), um seminário com a presença do ouvidor-geral adjunto da União, Gilberto Waller Junior, que traçou um panorama desde a implementação da Lei de Acesso à Informação (LAI) até os dias atuais.

Desde que o SIC foi implantado na empresa, em maio de 2012, os Correios receberam cerca de seis mil pedidos de informação, dos quais 94,3% foram respondidos — pouco mais de 300 foram negados devido às restrições previstas na legislação. O prazo médio de resposta foi de 21 dias. Para a vice-presidenta de Negócios dos Correios, Morgana Cristina Santos, que participou da abertura do evento, os números demonstram “a ética na gestão da estatal”.

De acordo com o ouvidor-geral adjunto da União, a legislação surgiu a partir da necessidade de regulamentação do texto constitucional que trata dos direitos e garantias fundamentais. Waller informou ainda que, desde a publicação da LAI até maio deste ano, foram feitos, junto ao Poder Executivo Federal, 265 mil pedidos de informação.

Transparência e publicidade  -  Desde a aprovação de seu novo Estatuto Social e a sanção da Lei 12.490 pela presidenta Dilma Rousseff, em 2011, os Correios vêm implantando medidas para aprimorar a transparência e o relacionamento com a sociedade, entre as quais a reativação da Ouvidoria, a implantação do Serviço de Informações ao Cidadão e a publicação da Carta de Serviços ao Cidadão.

Por meio da LAI o cidadão tem acesso a informações públicas, sob a guarda dos Correios, e que são de interesse coletivo. Caso a informação não seja localizada, é possível solicitá-la por meio do Serviço de Informações ao Cidadão (SIC) da empresa. As perguntas cadastradas neste canal são respondidas em até 20 dias, prorrogáveis por mais 10.

Publicado em Institucional | Com a tag , | Deixar um comentário

Correios transporta sêmen bovino por Sedex

Responsável por entregar mais de 35 milhões de cartas e encomendas em todo o Brasil diariamente, os Correios transportam alguns produtos inusitados, entre eles material genético de bovinos. A transação, que visa possibilitar a inseminação artificial com sêmen de animais com porte e potencial genético de alto padrão, tem como principais benefícios a manutenção das características do rebanho e, até mesmo, o controle de doenças. Outra vantagem é que a reprodução pode ser realizada a distância.

O envio do material genético para qualquer lugar do País pode ser feito por meio do Sedex, com os mesmos valores usualmente cobrados para remessas de outros itens. O acondicionamento do material fica a cargo do cliente, que deve atentar ao padrão estabelecido pela Associação Internacional de Transporte Aéreo, que prevê embalagem tríplice para insumos biológicos.

O serviço permite ainda rastreamento e seguro automático da remessa e o objeto é identificado por etiquetas que orientam a maneira adequada de manuseio, devolução imediata após três tentativas de entrega, entre outros cuidados. Para os pecuaristas, a comercialização do sêmen para a reprodução é, atualmente, o negócio mais lucrativo, uma vez que muitos desses animais não estão à venda.

Um dos clientes que utilizam o serviço é o empresário Murilo Silveira Machado, dono de uma revenda e distribuidora de sêmen bovino em Goiás. Pela rede dos Correios, ele envia material para vários Estados e destaca que entre as vantagens de enviar pelo Sedex estão o alcance dos Correios e a segurança. A estatal também atende diretamente o pecuarista. “Temos um contrato especial para esse serviço e orientamos quanto à agência mais pertinente para as postagens”, explica o diretor regional dos Correios em Goiás, Sérgio Repolho.

Publicado em Institucional | Com a tag , , , | 2 comentários

Mostra endossa respeito aos direitos humanos e amplia debate contra à homofobia

O Espaço Cultural Correios Fortaleza apresenta, a partir desta sexta-feira (15),  a exposição “Condenados – no meu país, minha sexualidade é um crime”, que exibe 50 autorretratos e depoimentos contra a discriminação sexual. Colhido em pesquisas e contatos realizados em 80 países pelo fotógrafo e jornalista francês Philippe Castetbon, o material reúne imagens com rostos encobertos por mãos ou objetos, aliadas a fortes testemunhos do que enfrentam – ou têm que driblar – os retratados, habitantes de países como Bangladesh, Uganda, Síria, Iémen, Líbano, Etiópia e Granada, onde a homossexualidade é crime e destrato cotidiano.

Por meio de sua arte, Castetbon conseguiu exprimir a dualidade entre a necessidade de exposição dos retratados para encontros amorosos fortuitos, mesmo diante do medo de serem reconhecidos, e a discriminação, nada velada, que lhes pode tomar os direitos civis, quando não, as próprias vidas. Impactante e discriminatória, esta realidade também permeia e predomina nas histórias que acompanham as fotos, nas quais o jornalista e fotógrafo mostra como esses homens, condenados ao terror, humilhação, exclusão, prisão, violência, fuga ou morte, convivem com regimes de opressão e perseguição, e como a internet virou um escapatório alento.

Além da exposição, o projeto também amplia as discussões, por meio de outras atividades e visitas guiadas, incluindo duas monitorias especiais, realizadas pelo próprio curador, Philippe Castetbon, e abertas ao público nos dias 02 e 03 de junho, às 15h. Já no dia 23/06,  haverá o lançamento do livro “Condenados – no meu país, minha sexualidade é um crime”, às 19h, no Auditório do Dragão do Mar, seguido de debate em torno da temática “Os Direitos Humanos e a homossexualidade no Brasil e no mundo”. Ainda acontecerão outros dois encontros com as abordagens “Saúde física e psíquica das minorias sexuais” e “O papel social da arte”, nos dias 30/06 e 07/07, respectivamente, também às 19h, no Auditório do Dragão do Mar.

A exposição pode ser visitada gratuitamente até 8 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, de 8h às 12h.  O Espaço Cultural Correios Fortaleza fica na R. Senador Alencar, 38 – Centro.

Publicado em Agenda cultural | Com a tag , , | 2 comentários

Correios apresenta soluções durante evento de sustentabilidade urbana

As soluções oferecidas pelos Correios para melhorar processos das prefeituras foram apresentadas pela estatal no III Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (III EMDS), realizado em abril, em Brasília (DF). Com o tema “Nova governança federativa e o papel das cidades no Brasil e no mundo”, o evento – considerado um dos maiores na área de sustentabilidade urbana do País –,  prestou consultoria a prefeitos, secretários e outros gestores municipais sobre as soluções voltadas aos órgãos públicos.

Uma das patrocinadoras do evento, além de contar com equipe de vendas no encontro, a estatal esteve presente no fórum que reuniu palestrantes nacionais e internacionais. Na ocasião, além das soluções logísticas customizadas para melhoria dos processos no município, os Correios falaram sobre a parceria com a Secretaria de Educação de Belo Horizonte/MG.

Para os organizadores do III Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, a relevância do encontro está na possibilidade de disseminar serviços e boas práticas voltadas à administração dos municípios. Neste sentido, durante os três dias de evento, autoridades de vários poderes, empresários e técnicos de diversos setores debateram temas importantes, como pacto federativo, gestão eficiente dos gastos públicos e desenvolvimento regional.

Publicado em Institucional | Com a tag , | Deixar um comentário