Postal Reverso oferece soluções inteligentes para clientes corporativos

Os Correios lançaram um novo serviço no segmento de mensagem, o Postal Reverso. Por meio dele, bancos, corretoras de seguro, empresas de vigilância e conservação, planos de saúde, cartórios e órgãos de governo podem substituir parte da sua estrutura administrativa, utilizando a capilaridade da estatal para atender seus clientes na oferta de serviços rotineiros.

Com a utilização do serviço, as empresas passam a contar com um combo de soluções que podem ser contratadas, tais como: impressão, manuseio, postagem, entrega, coleta, conferência e devolução de documentos, agregando ainda a possibilidade de monitoramento online. O destinatário final também poderá contar com duas modalidades de devolução de documentos – na agência, por meio de autorização de postagem (e-ticket) e em domicílio, com a coleta do documento na residência.

Apesar de ainda ser um piloto, o Postal Reverso já possui clientes em negociação, entre eles bancos, corretoras de seguro, planos de saúde, cartórios e órgãos de governo, além de a solução ter sido apresentada para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que entendeu ser uma boa opção para os planos de saúde. Para saber mais sobre o serviço, basta entrar em contato com uma das Gerências de Vendas dos Correios.


Esta entrada foi publicada em Institucional e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

8 respostas a Postal Reverso oferece soluções inteligentes para clientes corporativos

  1. Celso Leal Lourenco disse:

    Excelente seguimento! A E C T, em busca de novos caminhos. Proponho o ” BANCO POSTAL” . Totalmente independente. será um grande desafio, mas, um grande passo para a sustentabilidade da empresa!
    Boas festas a todos.

  2. Diorginis Henrique Jovelli Pinho disse:

    Que bacana! É uma forma inteligente de impulsionar o segmento de mensagens, que está em decadência em todos os países dado o desenvolvimento tecnológico. Muito mais do que um simples malote, é um tipo de e-fullfilment, só que para documentos. Tomara que este piloto tenha resultados positivos.

  3. Samuel Melo disse:

    Parabéns!

  4. Alves disse:

    Os Correios continuam a andar na contramão da história, ou, no reverso, rs. Num mundo cada vez mais digital e com menos papel onde até os cartórios estão se digitalizando há quem acredite em criar produtos desta natureza. Invistam em transportes, na redução de prazos e eficiência.

  5. DERONILDE BARRETO DE SOUZA disse:

    Excelente opção para o cliente, só recomendo um pequeno ajuste no serviço de coleta, alguns clientes solicitam coleta mas muitas vezes não conseguem ficar em casa aguardando, e quando recebem o aviso de tentativa de coleta, saem desesperados para uma unidade de correios levando o objetos para devolver. No entanto, como não é autorização de postagem e sim coleta, não podemos resolver o problema do cliente na hora. Nesse caso sugerimos que junto com a autorização/solicitação de coleta o cliente tivesse a opção de autorização de postagem também.

  6. givanildo fabricio da silva disse:

    temos que voltar a crescer..

  7. JURA disse:

    Quando é que saímos na frente da Concorrência, alguém sabe.

  8. Que iniciativa interessante, a coleta ficara mais dinâmica para empresas, irei implementar em minha floricultura em Maceió