Correios oferece nova funcionalidade para lojas de e-commerce

Empresas de comércio eletrônico já podem interagir com os Correios durante o andamento de uma encomenda para solicitar a suspensão da entrega, nos casos em que perceberem essa necessidade. A funcionalidade faz parte do projeto Entrega Interativa e, a partir desta quarta-feira (31), está disponível exclusivamente para lojas integradas via web services com os Correios.

“O comércio eletrônico tem necessidades bem específicas. Mesmo com todas as análises de riscos realizadas na venda, a loja pode perceber tardiamente que foi vítima de alguma compra fraudulenta e precisar interromper a entrega”, explica o vice-presidente Comercial dos Correios, Francisco Wakebe.

Após ter a suspensão de entrega solicitada, a encomenda é devolvida ao remetente. Essa solicitação é realizada de forma automatizada pelo detentor do contrato com os Correios. Assim, quando se tratar de marketplaces, por exemplo, seus vendedores deverão contatá-los diretamente caso queiram suspender uma entrega. Lojas que ainda não utilizam o web services dos Correios devem se integrar caso queiram ter acesso à suspensão da entrega. Para o comércio eletrônico, a integração via web services com os Correios oferece outras vantagens, como a geração de pré-lista de postagem e a garantia de dados sempre atualizados, entre outras.

“Somos parceiros do comércio eletrônico brasileiro desde sempre. Com esse lançamento, os Correios aumentam as ferramentas para que o e-commerce seja cada vez mais seguro tanto para compradores quanto para vendedores”, ressalta o presidente da empresa, Guilherme Campos.

Os Correios trabalham no desenvolvimento de uma interface no site para disponibilizar essa ferramenta a todos os clientes – mesmo aqueles que não têm integração via web services.

Mais informações sobre a Entrega Interativa estão disponíveis no site dos Correios.


Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

10 respostas a Correios oferece nova funcionalidade para lojas de e-commerce

  1. Antonio carlos disse:

    Vocês protegem as empresas.. e os consumidores nada não é mesmo.. vocês podiam fazer o mesmo com o consumidor para poder reclamar da demora na entrega dos produtos.. só pra ter um exemplo.. eu comprei no mercado livre via PAC.. eu recebi a encomenda com 51 dias angustiante… Isso é uma vergonha pra vocês.. Pelo péssimo serviço na entrega..

    • Leonardo disse:

      Concordo plenamente.
      Eles estão acabando com o E-comerc, Varios brasileiros acharam uma forma de sobrevir nessa crise e os correios atraoalham o comercio dos caras. Antonio to na mesma situação comprei dois livros em 11 de novembro e até agora não saiu do centro de Distribuição

  2. Cesar disse:

    E se o comprador desiste de uma compra por DEMORA DAS ENTREGAS? Então o dinheiro da postagem/Seguro vai ser estornado também? Enviei uma encomenda de São Paulo > Curitiba (450 km), paguei o PAC e o seguro, 30 dias depois a encomenda se encontrava parada na unid. de tratamento de Curitiba, meu Cliente desistiu da compra!! Adiantou pagar o Seguro? Eu não quero meu produto de volta, Eu pagaria até o dobro de frete para que o SEGURO me garantisse a entrega dentro do Prazo! Legal a entrega interativa, se nos garantissem a ENTREGA
    Sou prestador de Serviço e vendo peças de informática, fico pensando:
    – “cobro cerca de 2000,00 para montar uma rede certificada, e faço no prazo de 20 dias, digamos que eu compre material de outro estado, e já cobrei do meu Cliente, se o material não chegar a tempo, desisto dessa compra e compro de outro lugar!!! EU TENHO QUE FAZER MEU SERVIÇO!!” Os correios não estão nem aí para isso.. eles COBRAM o taxa do FRETE e não entrega no Prazo!! e não devolvem o dinheiro caso não cumprirem com o acordo!!

  3. Marlon disse:

    Poxa muito bacana a iniciativa de lançar novos serviços mas vocês poderiam primeiro fazer os transportes e entregas cumprindo os PRAZOS ai depois que conseguirem fazer o serviço de vocês direito aii sim comecem a lançar novos serviços,não fazem o básico direito e querem ficar inventando…

  4. Lucas disse:

    Só acho que adicionar novos serviços, não faz vocês uma empresa melhor, quando se trata de cumprir PRAZOS, primeiro MELHORAR o serviço básico que é ENVIO E ENTREGA DENTRO DO PRAZO.

  5. Pedro - Campo Grande/MS disse:

    Boa iniciativa… Se o “Correios” tivesse a moral para bater no peito e dizer, “nós fazemos”.
    Fazem nada, pura propaganda enganosa… Você paga caro para receber a encomenda com rapidez e eficiência e recebe, como contraprestação, um serviço de péssima qualidade e desrespeitando, e muito, o prazo de entrega (isso quando o objeto não chega danificado ou é extraviado).
    Isso põe em cheque as vendas pela internet, já que cada vez mais o consumidor vai deixando de efetuar suas compras pelo chamado “comércio eletrônico”, justamente pelo aumento da desconfiança na entrega do produto.
    Eu mesmo, estou com um produto comprado pela internet, “perambulando” pelo Brasil há mais de 30 dias.
    Como diria “Bóris Kazoy” (acho que é assim que se encreve) “ISSO É UMA VERGONHA”

  6. Michel da Silva Florencio disse:

    Tem que privatizar logo. Serviço sucateado e ineficiente.

    Você paga caro por um frete e entregam com três vezes mais o prazo. Além do sumiço das mercadorias. Em três meses já tive três celulares extraviados. E não dizem se foi durante a transferência ou se foi internamente.

  7. Juliana disse:

    Eu enviei um envelope via Sedex (entrega em 3 dias!!!!!) em novembro de São Paulo para Brasília e até agora (fevereiro) ele ainda não foi entregue. Uma entrega que deveria ser feita em 3 dias agora já fazem quase 3 meses e nada!
    Já abri reclamação, pedi urgência, pedi reembolso, mas de nada adianta… Nada do envelope chegar, nada de reembolso e nada de resposta…
    Ficamos jogados, dependendo de um serviço que não podemos confiar… lamentável Brasil.

    • Correios disse:

      Juliana,

      Neste caso, você deve abrir uma reclamação na central de relacionamento com os Correios:

      3003 0100 (Capitais e Regiões Metropolitanas)
      0800 725 7282 (Demais localidades)
      0800 725 0100 (reclamações, críticas, sugestões, dúvidas, elogios e denúncias)
      0800 725 0898 (exclusivo para portadores de deficiência auditiva)

  8. Marcelo Simoni disse:

    Todos sabem que os Correios estão passando por problemas de administração e quadro de funcionários, mas todos os usuários deste serviço essencial estão preocupados com suas contas e encomendas em atraso constantes. Quais serão os reais motivos para tantos problemas? Qual explicação pode ser dada a população? Há alguma previsão de normalização? Existe uma conspiração para angariar opinião publica para privatização promovendo o sucateamento da empresa estatal? O que podemos esperar, além de esperar pelas correspondências? Por favor ajude a esclarecer o motivo e solução para atrasos exorbitantes.

    Grato, Marcelo Simoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *