Defesa animal é tema de selo dos Correios

Os Correios lançaram, na última semana, a emissão especial Defesa Animal, um reconhecimento ao movimento que luta para o efetivo cumprimento das leis, conscientização e educação em prol da vida animal. A cerimônia foi realizada no Senado Federal com a participação do presidente dos Correios, Guilherme Campos, do vice-presidente de Finanças e Controladoria, Carlos Roberto Fortner, e do senador Hélio José.

Há 40 anos a Declaração dos Direitos dos Animais proclamada pela Unesco é apoio jurídico para os países membros da Organização das Nações Unidas na criação de leis para a proteção animal. Os artigos estipulam, por exemplo, que todo animal tem direito à atenção, aos cuidados e à proteção do homem. Entretanto, a realidade é bem diferente. Estima-se que existam no Brasil 30 milhões de animais abandonados.

Uma vitória para a causa é o apoio do Ministério da Saúde ao financiamento dos “castramóveis”, unidades de controle de zoonoses para os municípios que vão evitar o extermínio cruel de milhares de cães e gatos. A presidente da Confederação Brasileira de Proteção Animal, Carolina Mourão, destaca o Projeto de Lei 3670/2015: “é o projeto que reconhece a natureza jurídica do animal como um ser, ele deixa de ser objeto. Essa é a razão dos grandes problemas que enfrentamos no Brasil”.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos destacou o trabalho dos empregados nos centros de tratamento na identificação de remessas ilegais contendo animais. “Deve-se ressalvar a atividade invisível dos milhares de trabalhadores dos Correios espalhados pelo Brasil, em conjunto com os que defendem essa causa e tiveram a possibilidade de estar representados na filatelia em 2018. O que estamos fazendo hoje vai pra história filatélica dos Correios e mundial”.

Várias organizações engajadas na causa animal participaram das obliterações do selo. Uma oportunidade de reconhecer o esforço e o compromisso com os bichinhos.

Sobre o selo – A cachorra Manchita, de Goiás, e gato Senhor Tapioca, do Rio Grande Norte, ambos sem raça definida e resgatados, homenageiam todos os animais ao estampar o selo criado pela designer Marcela Tenório e pela ilustradora Carolina Spina. As palavras de amor, respeito e vida compõem a criação, significando os sentimentos de acolhimento e proteção dos animais domésticos.

Os selos custam R$ 1,85 cada e estão à venda nas agências dos Correios e na loja virtual no site www.correios.com.br.


Esta entrada foi publicada em Filatelia e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.