Se tem infância, tem vacinação

Entre os dias 6 e 31 de agosto, a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo vai reforçar a proteção de crianças de um a menores de cinco anos contra essas doenças. E é Xuxa, a eterna rainha dos baixinhos, quem vai mobilizar os pais para alcançar o objetivo de vacinar todo mundo dessa faixa etária.

Sábado,18 de agosto, será o Dia D da vacinação, quando unidades de saúde do todo o país irão funcionar para vacinar milhares de crianças. Mesmo que a criança já tenha sido vacinada em algum momento, é preciso levá-la a um posto para que a caderneta de vacinação seja avaliada e atualizada se for preciso.

Vacinação em dia

Os baixos índices vacinais apresentados nos últimos anos deixam o Brasil em alerta diante da possibilidade do reaparecimento de doenças que já foram eliminadas, como o sarampo e a poliomielite. O último caso dessa última foi registrado no país, por exemplo, em 1989. Mesmo assim, ainda existe risco, pois os agentes infecciosos que causam essas doenças continuam em circulação em algumas partes do mundo. E a vacinação é essencial para que exista continuidade no controle, na eliminação e na erradicação de determinada doença.

O SUS oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Calendário Nacional de Vacinação. Atualmente, são disponibilizadas pela rede pública de saúde, de todo o país, cerca de 300 milhões de doses ao ano. São 19 vacinas para combater mais de 20 doenças, em diversas faixas etárias.

Com proteção, as doenças não voltarão. Saiba mais.


Esta entrada foi publicada em Responsabilidade Socioambiental e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.