Vencedores do Concurso Internacional de Redação de Cartas são premiados em Brasília

Como parte das comemorações do Dia Mundial dos Correios, celebrado em 9 de outubro, os Correios realizaram nesta terça-feira (16), no Museu Correios, em Brasília, a premiação da fase nacional do 47º Concurso Internacional de Redação de Cartas. Na ocasião, a vencedora Clarice Rilyane Oliveira da Silva, de 15 anos, recebeu certificado, troféu e prêmio em dinheiro.

Com o tema “Imagine que você é uma carta que viaja no tempo. Que mensagem você quer deixar para seus leitores?”, a estudante do primeiro ano do ensino médio de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal (RN), abordou a violência sofrida por mulheres ao redor do mundo. Sob o pseudônimo “A Flor de Mandacaru”, Clarice mistura protesto e poesia ao listar fatos históricos e estatísticos envolvendo a questão.

Também foram premiados os três primeiros colocados da etapa estadual de Brasília: Viviane dos Santos Fontoura, do Centro Educacional Leonardo da Vinci, Yasmim Silva Souza, do Centro Educacional 8 do Gama, e Hermínio Joaquim da Silva Junior, do Colégio Militar Dom Pedro II.

Durante a cerimônia, a atleta de saltos ornamentais Luana Lira fez a leitura da carta do diretor da União Postal Universal (UPU) sobre o Dia Mundial dos Correios, comemorado em 9 de outubro.

Brasil em destaque – O Concurso Internacional de Redação de Cartas é promovido pela UPU desde 1972, e realizado no Brasil pelos Correios, reforçando o papel da empresa como agente social do governo. “Os Correios não apenas transportam cartas e encomendas, mas também levam, de porta a porta, amor, esperanças, alegrias, numa ação que simboliza a cidadania no contexto universal”, disse o presidente da estatal, Carlos Fortner.

Dentre os concursos promovidos pela UPU, o de redação de cartas tem um significado especial, pois desperta nos estudantes o gosto pela leitura, pela redação e ainda, o interesse pelos serviços postais universais. O Brasil já venceu a fase internacional do concurso em três edições, sendo o segundo colocado em número de vitórias, atrás apenas da China, que tem cinco medalhas de ouro.


Esta entrada foi publicada em Institucional e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.