Esclarecimento sobre penalidade à Siemens

Em relação às reportagens que têm sido veiculadas na imprensa a respeito da penalidade aplicada à empresa Siemens, os Correios esclarecem que as irregularidades contratuais em licitações ocorridas entre 1999 e 2004 foram detectadas por meio de seus mecanismos de fiscalização e controle interno.

Os fatos foram apurados e os responsáveis, punidos. Mediante processo administrativo, os Correios penalizaram a Siemens com a suspensão do direito de licitar e o impedimento de contratar com a Administração.

Em decisões judiciais de primeira e segunda instância em 2013 e 2014, a Justiça reconheceu a legalidade do ato dos Correios e manteve a aplicação da penalidade.

Os outros fatos de 2005 também foram objeto de apuração interna, que resultou em mais de 30 demissões por justa causa.

A partir da aprovação de seu novo estatuto e da sanção da Lei 12.490, em 2011, a estatal adotou práticas mais modernas de gestão corporativa, controle e transparência.

Os Correios obtiveram parecer da Controladoria Geral da União (CGU) ressaltando a regularidade dos atos de gestão relativos a 2012, no processo de auditoria anual de contas, e em 2013, a estatal foi premiada no 1º Concurso de Boas Práticas da CGU.


Esta entrada foi publicada em Correios na midia e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

Os comentários estão encerrados.