Série Relações Diplomáticas: Brasil – República Dominicana

A República Dominicana ocupa dois terços do lado leste da ilha Hispaniola, que divide com a República do Haiti, e é o segundo maior e mais diverso país do Caribe. Tem uma população de cerca de 10.5 milhões de habitantes e desfruta de um clima tropical ensolarado durante todo o ano. Cercada pelo Oceano Atlântico ao Norte e pelo Mar do Caribe ao Sul, esta exuberante ilha tropical, além de possuir algumas das praias mais paradisíacas do mundo, sua capital, Santo Domingo, é a cidade mais antiga do Novo Mundo, por isso, em 1990 foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

No dia 19 de abril de 1911, Brasil e República Dominicana decidiram estreitar laços estabelecendo relações formais entre as nações, por meio do decreto presidencial 8.684, pelo qual foi criado um consulado brasileiro em Santo Domingo.

A Embaixadora da República Dominicana no Brasil, senhora Patricia Villegas de Jorge, disse em seu discurso que:

“110 años dspués ambas naciones han construído puentes que se consolidan en il siglo XXI, la emisión de este Sello Especial de los Correios de Brasil brinda homenaje a nuestra nación al presentear uma muestra las belezas naturales de República Dominicana, retratadas en esta hermosa acuarela…”

Nas redes sociais oficiais dos Correios e da Embaixada da República Dominicana assista o lançamento virtual da emissão postal e a íntegra do discurso da embaixadora.

Arte Correios Filatelia

Hoje, 19 de abril de 2021, os Correios celebram as relações diplomáticas entre os países e homenageiam com o selo postal a Cigua palmera (Dulus dominicus), a Rosa de Bayahíbe, (Pereskia quisqueyana), respectivamente pássaro e flor nacionais da República Dominicana, e a Bahía de las Águilas, considerada a praia mais cristalina do mundo.

Publicado em Programação Filatélica 2019 | 1 comentário
  1. JÚLIO CESAR FABRO disse:

    A imagem do selo ficou simples e bonita, uma singela composição ecoturística. Importante sempre referenciar no selo postal a autoria específica da arte, não apenas genericamente como consta no edital do selo, a fim de registro a facilitar o histórico em pesquisas futuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *