Reunião define nova proposta para encerrar paralisação dos trabalhadores

Em reunião ocorrida hoje, dia 4, em Brasília, Correios e federações representantes dos trabalhadores chegaram a uma nova proposta para o encerramento da paralisação parcial dos empregados.

Confira os principais pontos da proposta:

– Reabertura do PDI, caso aprovado pela SEST e demais órgãos competentes, para fins de evitar a possibilidade de demissão motivada em massa;

– Suspensão da medida relativa às férias nos meses de maio e junho de 2017 e reavaliação com 30 e 60 dias;

– Suspensão de novas implantações de DDA, OAI e CDD Centralizador. O assunto será tratado em comissão a ser criada para avaliação dos casos onde estão ocorrendo problemas, buscando soluções para os temas. Além destes assuntos serão discutidos segurança do trabalhador (atendimento e distribuição), entrega matutina e SD/SDE;

– Compensação no prazo de 60 dias, a partir de 6 de maio de 2017. Confira com o seu gestor qual é a forma de compensação. A proposta não é válida para o dia 28 de abril, que será descontado dos empregados que participaram do movimento de greve;

– Enquanto não houver o encerramento da mediação do Plano de Saúde dos Correios no TST, a empresa não judicializará o assunto.

Ressalta-se que esta proposta só terá validade com o retorno das atividades a partir de 22h de hoje.

A empresa confia no bom senso de seus empregados para encerrar a paralisação parcial, de forma a não prejudicar, ainda mais, sua sustentabilidade e a qualidade dos serviços prestados à população.

Clique AQUI e veja a ata da reunião com a proposta.

Esta entrada foi publicada em Negociação Permanente e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Prezado leitor,

Só serão publicados comentários diretamente associados ao tema do post. Comentários com conteúdo ou termos ofensivos não serão publicados. Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações sobre serviços devem ser encaminhadas ao Fale com os Correios

11 respostas a Reunião define nova proposta para encerrar paralisação dos trabalhadores

  1. J.A .G disse:

    vamos ver se a coisa agora caminha , nem que seja por um tempo . precisamos de uma maior tranquilidade e uma maior segurança . está dificil manter a cabeça no foco , sem pensar no pior .

  2. Chico Costa disse:

    Más que proposta!!!
    E quanto as reivindicações.

    => Contra o fechamento das agências;
    => Nenhuma demissão. Contratação já!;
    => Contra o desmonte dos Correios. Não à privatização!;

    Sendo que as principais e digo as mais importantes…
    => Abertura dos livros contábeis da empresa. Auditoria já!
    => Fora Guilherme Campos!

    Para o fim da greve tem que ter é 100% das reivindicações atendidas…

  3. cristiano disse:

    Quanto ao ponto”– Suspensão de novas implantações de DDA, OAI e CDD Centralizador. O assunto será tratado em comissão a ser criada para avaliação dos casos onde estão ocorrendo problemas, buscando soluções para os temas. Além destes assuntos serão discutidos segurança do trabalhador (atendimento e distribuição), entrega matutina e SD/SDE;” Como será formada está comissão? Quais os integrantes desta comissão(visto que o maior prejudicado e pelo visto o que menos importa em toda está briga é o carteiro)?
    Não sou carteiro , mas pelo o que tenho visto no dia a dia de algumas unidades , são unidades abarrotadas de carga (e dizem que a empresa está no vermelho),colegas sobrecarregados(PDI teve , mas reposição das vagas não),colegas adoecendo por N motivos e por aí vai.
    O que mais me impressiona é o discurso da empresa e por vezes a dos sindicatos.Temos cortes nos orçamentos ,mas os maiores prejudicados-como sempre neste nosso Brasil- são sempre os menores salários ou RS’s , nos últimos 10 (dez) anos não vi e nem ouvi falar em arrocho ou aperto dos altos salários ,redução nas funções e cargos do alto escalão da empresa ( e olha que fazendo as estatísticas…não foram as despesas de translado, hospedagem , diárias, cursos em outros estados com participação de carteiros que deixaram nossa empresa nesta situação ).
    Mas infelizmente tem que ser assim, de um lado a empresa tentando ganhar tempo ,de outro lado nós funcionários ,que nada tivemos a ver com as más gestões anteriores (e o aparelhamento político),que me desculpem os defensores , não nos trouxeram benefícios algum , mas está aí para quem quiser ver.
    Em minha humilde visão nossa hora chegou.

  4. Anderson Peres disse:

    “Que Deus tenha misericórdia dessa Nação”.

    by Eduardo Cunha, nosso futuro presidente

  5. PECKER disse:

    Aí se não tiver a quantidade necessária de adesão no PDI, a empresa irá iniciar o processo de demissão geral.

  6. luis 1 disse:

    sempre a mesma ladainha falar que os correios estão em déficit. themer devolve os seis bilhões tirados dos cofres da empresa que resolve o problema

  7. DEO disse:

    esse déficit não foi feito pelo trabalhadores e sim pela mal gestão e pagamento de muitas funções que não traz nada de bom pra ECT acho que na gestão anterior houve facilitação a cargos dentro dos correios tem que fazer um levantamento dos cargos e ver se houve provas para pode esta nesta função.

  8. DIEGO disse:

    E A FINDECT RECOMENDA ACEITAR. TRAIDORES., FORA TALIBAN

  9. odilio grigorio disse:

    Tem é que solicitar a presença da Lava-jato nos Correios, para averiguar a maracutaia aqui instalada. A tramoia nesta Empresa vem desde a CPI dos Correios, que não esclareceu nada .Tem que desmontar a caixa preta da ECT para localizar a “intransparecia” que existe nesta organização que, nesses 10 anos serviu apenas de cabides de empregos para os companheiros e cia.

  10. luis 1 disse:

    PARA TUCANAIADA E PE VERMELHO TAAMBEM

  11. MAIDONICO disse:

    E as férias de Julho !!??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *